POLÍTICA NACIONAL XXII

Área destinada para deixarmos registradas as nossas opiniões sobre tudo o que circunda a Economia, a Política e os Temas Sociais, do Brasil e do Mundo.
Avatar do usuário
Luke
Júnior
Júnior
Mensagens: 1700
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:47

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Luke » 14 Set 2021, 18:07

Temer, um velho bandido da política que tem até vídeos e áudios de propina, corrupção... tá solto auxiliando o bandido bozo e ainda virou referência política da mídia, grandes empresários, elite, na maior crise da sua história. Parece até piada, mas é coerência.
Parece que esse país nasceu predestinado ao fracasso, subdesenvolvimento, corrupção, desigualdade, pobreza...

Avatar do usuário
Ro-crvg
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 9163
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:58
Localização: Natal/RN

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ro-crvg » 14 Set 2021, 19:25

Preço da gasolina sobe pela 6ª semana seguida; postos cobram até R$ 7,18.

https://g1.globo.com/economia/noticia/2 ... -anp.ghtml
Imagem

Avatar do usuário
Ronan
Craque
Craque
Mensagens: 23213
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:53
Localização: Aracruz ( Espírito Santo )

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ronan » 14 Set 2021, 19:28

Ro-crvg escreveu:
14 Set 2021, 19:25
Preço da gasolina sobe pela 6ª semana seguida; postos cobram até R$ 7,18.

https://g1.globo.com/economia/noticia/2 ... -anp.ghtml
Tudo de forma transparente, ninguém pode reclamar de falta de transparência..

✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠


“Follow The Money“

Avatar do usuário
Wagnersac
Craque
Craque
Mensagens: 14923
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:36
Localização: Copacabana - RJ
Contato:

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Wagnersac » 14 Set 2021, 19:33

Walter Viana escreveu:
14 Set 2021, 17:41
Wagnersac escreveu:
14 Set 2021, 11:53
Walter Viana escreveu:
14 Set 2021, 10:30


Meu amiguinho. Foi isso que os PTralhas fizeram ?

Quando me vem a cabeça a palavra banco e PTralhas, a primeira coisa que surge na minha memória são os bilhões de reais enviados para ditaduras de esquerda mundo a fora que o Brasil nunca mais verá a cor do dinheiro.

Tudo bem que foi através do BNDES, mas já que o assunto é a CAIXA e BB, vamos aos fatos:


https://www.istoedinheiro.com.br/os-des ... -da-caixa/

vou deixar apenas alguns trechos que denotam oq foi o PT a frente da Caixa e BB. E onde tem PT e a esquerda a frente de alguma coisa, logicamente espera-se um caminhão de CORRUPÇÃO e LADROAGEM.


A Caixa divulgou um prejuízo recorrente de R$ 303 milhões no último trimestre do ano passado. Os sucessivos governos de Lula e de Dilma Rousseff transformaram o segundo maior banco brasileiro por ativos, maior até que o Itaú Unibanco, em uma instituição que desperta muita preocupação sobre o seu futuro. De depositório das poupanças nacionais e grande financiador da casa própria, a Caixa Econômica Federal tornou-se um instrumento político. Ela não só serviu para azeitar os caminhos tortos da corrupção, viabilizando o pagamento de propinas e as pedaladas fiscais, que somaram mais de R$ 72 bilhões só em 2015, como também inundou o mercado com empréstimos a juros subsidiados, concedidos sem critério.

Como se não bastasse, as investigações da operação Lava Jato mostram que a Caixa foi usada para o pagamento de propinas por meio da liberação de recursos do FGTS para obras superfaturadas.

Em depoimento, Fábio Cleto, ex-vice-presidente do banco, relatou ao menos dez casos de fraudes cometidas no período em que ocupou o cargo. Cerca de 80% do dinheiro teria como destino o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, diz Cleto. Em abril do ano passado, a PF descobriu um esquema de repasse de dinheiro por meio de uma agência de publicidade contratada pela Caixa. Os recursos tinham como destino duas empresas de fachada, ligadas ao ex-deputado André Vargas, do PT. O cenário é de terra arrasada.


Como eu disse no post anterior, fazer uso de uma das maiores especialidades da esquerda, a mentira, que só é menor que roubalheira e corrupção, só funciona em locais onde o índice de desinformados é grande.

Não precisa ser nenhum gênio para percebermos que hoje, com a CAIXA e BB dando BILHÕES DE LUCRO, estamos em situações completamente opostas e o PT e a esquerda não merecem estar na mesma frase do governo federal em nenhuma comparação.
Caro militante, não adianta querer fazer malabarismos retóricos.

Todo mundo aqui conhece as falcatruas do PT e ninguém defende.

O PT usou bancos públicos para várias falcatruas, incluindo isso aí que tá na reportagem (juros subsidiados), e gerou prejuízos milionários.

O Bozo tá usando a CEF pra financiar imóveis com juros subsidiados, na contramão de todo o mercado. Vc acha que, se permanecer nessa toada, a CEF vai continuar dando lucro por quanto tempo???

É só saber usar seus neurônios.

Me parece que vc é quem não leu a reportagem. Mesmíssimo modus operandi. E não estou falando de corrupção. Estou falando de populismo barato.

Mas entendo que seja difícil quando se coloca a razão e a paixão numa balança.

É o mal dos militantes.
Então quer dizer que a Nova Esquerda está condenando o presidente pelo "eu acho que se......."

Tá serto.

Enquanto isso, no mundo real, a CAIXA está dando BILHÕES de lucro e prestando seu papel como banco público, permitir a população fugir dos juros abusivos dos bancos privados, sem corrupção.

Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!
Mais um liberal de conveniência, como todo bolsonarista.

:cfe:
ANNA JULIA VASCAINA

Sempre ao teu lado até o fim
Minha vida é você
E a torcida do vascão
Sempre tão linda
Nós viemos para te apoiar
Juntos vamos ganhar
Na alegria e na dor
O sentimento não pára
Pois todo vascaíno
Tem amor infinito
Cantarei de coooraaaçãoooo
Vasco da gamaaaaaa
Vasco da gamaaaaaa!

Avatar do usuário
Ro-crvg
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 9163
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:58
Localização: Natal/RN

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ro-crvg » 14 Set 2021, 19:37

Vampirão e seus amigos fazendo bullying com o desmoralizado

Imagem

Avatar do usuário
Wagnersac
Craque
Craque
Mensagens: 14923
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:36
Localização: Copacabana - RJ
Contato:

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Wagnersac » 14 Set 2021, 19:43

Há duas ditaduras no Brasil, a do STF e a dos bolsonaristas, diz Sara Winter

Ativista presa por atos antidemocráticos diz que não é bolsonarista e que vai deixar Brasília

A ativista de direita Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, mostra descontentamento com Jair Bolsonaro, classifica os atos de 7 de setembro como desastre e afirma que no Brasil há duas ditaduras: a do Supremo Tribunal Federal e a bolsonarista.

“De um lado tem a ditadura do STF suprimindo a liberdade de expressão e, do outro, a ditadura bolsonarista que destrói qualquer um que não venere o Jair”, diz Sara.

A ativista, presa em junho de 2020 por ordem de Alexandre de Moraes no inquérito sobre os atos antidemocráticos, afirma que qualquer conservador que faça criticas a Bolsonaro sofre um assassinato de reputação e que o presidente perdeu aliados de “boa fé” vítimas de ataques de seus apoiadores.

“Eu sou católica, conservadora, de direita. Mas eu não sou bolsonarista porque bolsonarismo não é uma vertente política, ou pelo menos não deveria ser”, explica.

Sara classifica os atos de 7 de setembro como desastre e diz não saber se Moraes irá recuar e encerrar os inquéritos em andamento, como afirmam alguns bolsonaristas, após a carta divulgada por Bolsonaro.

Antes de ser presa, a ativista liderou o “300 do Brasil”, grupo de apoio a Bolsonaro responsável pela organização do ato em que foram lançados fogos de artifícios contra o Supremo Tribunal Federal e pela manifestação com referências neonazistas e de supremacistas brancos, realizada em maio de 2020 na capital federal.

Agora, após encerrar o período de prisão domiciliar, Sara diz que vai se mudar para o Rio Grande do Sul e afirma que os bolsonaristas sofrem da mesma mesma “histeria coletiva” dos esquerdistas ao endeusar Jair Bolsonaro.

“Cheguei à conclusão que não existe direita no Brasil. Existe fã do Bolsonaro e eu acho isso muito perigoso”, afirma.

Sara diz ter sido sondada pelo PTB de Roberto Jefferson, atualmente preso, para concorrer a uma vaga de deputada federal por São Paulo, mas que não tem intenção de aceitar porque procura “paz e sossego”.

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/p ... nter.shtml
ANNA JULIA VASCAINA

Sempre ao teu lado até o fim
Minha vida é você
E a torcida do vascão
Sempre tão linda
Nós viemos para te apoiar
Juntos vamos ganhar
Na alegria e na dor
O sentimento não pára
Pois todo vascaíno
Tem amor infinito
Cantarei de coooraaaçãoooo
Vasco da gamaaaaaa
Vasco da gamaaaaaa!

Avatar do usuário
Wagnersac
Craque
Craque
Mensagens: 14923
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:36
Localização: Copacabana - RJ
Contato:

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Wagnersac » 14 Set 2021, 19:45

Quando a Sara Winter parece ser a conservadora sensata, a gente tem uma idéia de como são o resto...
ANNA JULIA VASCAINA

Sempre ao teu lado até o fim
Minha vida é você
E a torcida do vascão
Sempre tão linda
Nós viemos para te apoiar
Juntos vamos ganhar
Na alegria e na dor
O sentimento não pára
Pois todo vascaíno
Tem amor infinito
Cantarei de coooraaaçãoooo
Vasco da gamaaaaaa
Vasco da gamaaaaaa!

Avatar do usuário
Wagnersac
Craque
Craque
Mensagens: 14923
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:36
Localização: Copacabana - RJ
Contato:

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Wagnersac » 14 Set 2021, 20:35

Grupos conspiracionistas de extrema direita aceleram preparação do dia do colapso da ordem

Especialistas veem riscos reais em ideologias que glorificam a violência e apostam em um evento apocalíptico que derrubará regimes e as bases da sociedade

Para os adeptos da teoria da conspiração QAnon é “a tempestade”, quando a violência em massa vai derrubar a elite formada por pedófilos que eles imaginam estar no controle do governo. Grupos supremacistas brancos nos EUA prometeram uma catastrófica guerra racial. Na Alemanha e Áustria, neonazistas defendem um golpe no “Dia X”, quando a ordem democrática desabar e eles assumirem o poder.

Todos são exemplos de ideologias “aceleracionistas”, que prometem um momento em que as instituições de governo, sociedade e economia serão varridas por uma onda de violência, abrindo caminho para as utopias que eles dizem que se seguirá.

O aceleracionismo há tempos faz parte do ideário de grupos supremacistas e milícias de extrema direita. Mas especialistas alertam que, agora, essa linha de pensamento está se disseminando de maneiras que poderão ameaçar não apenas a segurança pública, mas a estabilidade da democracia.

— De muitas maneiras podemos ver como o dia 6 de janeiro foi uma espécie de coalizão formada ao redor da ideia do aceleracionismo — afirmou Cynthia Miller-Idriss, diretora do Laboratório de Pesquisa sobre Polarização e Extremismo e Inovação da Universidade Americana, referindo-se ao ataque ao Congresso dos EUA.

Líderes mundiais, ela diz, não estão levando a sério o risco que essa coalizão pode representar.

— Meu medo é de que nós, como país, estejamos começando a tratar isso como um evento pontual, ao invés de um ponto de virada em potencial.

“Eu penso muito nos paralelos com a República de Weimar”, o frágil período democrático na Alemanha cujo colapso levou à ascensão dos nazistas, afirma Cynthia. Ele foi marcado por ataques, golpes fracassados e outros esforços para minar a democracia. E mesmo ações frustradas, como o Golpe da Cervejaria (1923) de Hitler, mostraram que a democracia alemã não era forte o bastante para suportar o caos.

— Para mim, o paralelo que vejo é que muitos querem observar o 6 de janeiro como o fim de algo — pontua. — Acho que temos que considerar a possibilidade de que ele tenha sido o começo de alguma coisa.

'Dia X'

Grupos neonazistas e demais extremistas há tempos falam do Dia X, um momento de crise, temido e aguardado, quando a ordem social da Alemanha entrará em colapso, exigindo dos comprometidos extremistas de direita, segundo suas narrativas, a tarefa de salvar a nação.

Nordkreuz, um grupo de extrema direita que inclui policiais e ex-soldados que faziam parte de uma rede com base no Telegram, começaram a se preparar para o Dia X de maneiras que pareciam assustadoramente concretas. Os planos incluíam a captura de inimigos políticos e aqueles que defendem imigrantes e refugiados, que seriam colocados em caminhões e levados a um local secreto, segundo relatos de uma testemunha à polícia. Depois, todos seriam executados.

Da QAnon à antivacina: Um mapeamento do conspiracionismo na Europa

Os preparativos também incluíam o armazenamento de bolsas para cadáveres e cal viva. O líder do grupo, um ex-atirador de elite da polícia, foi condenado por acusações relacionadas à posse de armas, enquanto outros dois integrantes são investigados por suspeitas de planejar atos terroristas.

PUBLICIDADE
A linha entre a preparação para o Dia X e sua concretização está cada vez menos clara. O perigo do aceleracionismo é que ele santifica a violência, diz Matthias Quent, especialista na extrema direita e diretor de um instituto que estuda a democracia e a sociedade civil no estado da Turíngia, no Leste da Alemanha. Dias místicos de acerto de contas servem como um chamado para a ação, um pretexto para o terrorismo.

— Quando o Dia X não chegar e as pessoas ficarem frustradas, elas podem começar a planejar ataques terroristas, algo para dar início ao Dia X ou apenas para fazer alguma coisa — afirmou.

Riscos reais

Algo central para compreender este tipo de fantasia apocalíptica é que, para as pessoas que abraçaram esse tipo de ideologia militante de extrema direita, um golpe como o Dia X não é algo que dá início ao apocalipse, mas sim que põe fim a ele, segundo Kathleen Belew, historiadora da Universidade de Chicago e uma das maiores especialistas em movimentos supremacistas brancos nos EUA.

Contra a ciência: Nos EUA, extrema direita muda discurso, de eleições 'fraudadas' para campanha contra a vacina

Na Alemanha, integrantes do grupo terrorista Revolução Chemnitz foram condenados por planejarem um ataque no dia 3 de outubro de 2018, apontado por eles como um “ponto de virada histórico”, quando uma “mudança de regime” seria precipitada.

O atentado contra um prédio federal em Oklahoma (EUA) em 1995, que matou 168 pessoas, incluindo 19 crianças, foi realizado por militantes de extrema direita que se inspiraram no romance “O diário de Turner”, uma história de 1978 que narra uma violenta revolução nos EUA, seguida pelo genocídio de pessoas não brancas. Em 2015, um supremacista citou o desejo de começar uma “guerra racial” como o motivo para matar nove negros em uma igreja de Charleston, na Carolina do Sul.

Muitos participantes do ataque de 6 de janeiro contra o Capitólio viram no ato o primeiro passo para derrubar um governo que veem como corrupto ou a ordem social dos EUA de forma mais ampla, diz Miller-Idriss.

Mas há outros riscos menos diretos, mas talvez mais sérios, segundo os especialistas. É provável que apenas uma pequena parte dos responsáveis pela invasão do Capitólio siga as ideias aceleracionistas da QAnon ou de milícias armadas, diz Miller-Idriss.

A QAnon se tornou um guarda-chuva para muitas teorias da conspiração, e nem todos os seus apoiadores estão esperando pela “tempestade” ou tentando causá-la. Mas ela acredita que isso deve provocar mais, e não menos, preocupação, porque os eventos do dia 6 de janeiro mostram que mesmo uma minoria extremista pode formar uma coalizão ampla, muito mais do que no passado.

— Foi a primeira vez neste país em que vimos uma coalizão de sucesso, mesmo que espontânea, formada por uma grande variedade de grupos no espectro da extrema direita — apontou Miller-Idriss. — Foi uma coalizão que emergiu de forma quase espontânea, mostrando que, apesar das diferenças, esses grupos podem se unir em torno de um tema ou evento.

Ao contrário dos supremacistas brancos dos anos 1980 e 1990, os extremistas de hoje possuem laços com a política tradicional. Vários parlamentares republicanos chegaram a seus cargos ao cultivar o apoio de defensores da QAnon. Na semana passada, republicanos no Senado barraram a criação de uma comissão independente para investigar os ataques do dia 6 de janeiro.

— Os EUA são um país que sempre gostou de se ver como um farol da democracia — concluiu Miller-Idriss. — Por isso mesmo penso que pode ser mais difícil para nós reconhecermos como nossa democracia pode ser frágil, como qualquer outra democracia no mundo.

https://oglobo.globo.com/mundo/2273-gru ... 1-25050695
ANNA JULIA VASCAINA

Sempre ao teu lado até o fim
Minha vida é você
E a torcida do vascão
Sempre tão linda
Nós viemos para te apoiar
Juntos vamos ganhar
Na alegria e na dor
O sentimento não pára
Pois todo vascaíno
Tem amor infinito
Cantarei de coooraaaçãoooo
Vasco da gamaaaaaa
Vasco da gamaaaaaa!

Avatar do usuário
Wagnersac
Craque
Craque
Mensagens: 14923
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:36
Localização: Copacabana - RJ
Contato:

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Wagnersac » 14 Set 2021, 20:43

Alto comando militar americano se preparou para frear tentativa de golpe de Trump

Segundo livro de repórteres do Washington Post, chefes das Forças Armadas discutiram plano para se demitirem, um a um, ao invés de cumprirem ordens dadas pelo presidente que considerassem ilegais ou perigosas

WASHINGTON — As tentativas do então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reverter o resultado da eleição de 2020 preocuparam tanto o chefe do Estado-Maior Conjunto do país, Mark Milley, que o alto comando militar chegou a discutir planos para pará-lo em caso de uma tentativa de golpe. As revelações foram feitas em um livro que será lançado na terça-feira por Carol Leonnig e Philip Rucker, repórteres do Washington Post, e cujos trechos foram obtidos com exclusividade pela CNN.

O livro "I alone can fix it: Donald J. Trump's catastrophic final year" (Só eu posso consertar isso: o catastrófico ano final de Donald J. Trump", em tradução livre) descreve como Milley e os chefes das Forças Armadas debateram a possibilidade de se demitirem, um a um, caso o presidente lhes desse ordens que considerassem ilegais ou perigosas para se manter no poder. Não está claro, contudo, em que momento o encontro teria ocorrido.

O militar mais graduado do país teria conversado com amigos, parlamentares e colegas sobre a ameaça de um golpe e acreditava que precisava estar "vigilante" perante os riscos:

"Eles [Trump e seus aliados] podem tentar, mas não vão conseguir merda nenhuma", Milley teria dito a seus subordinados, segundo o livro. "Não é possível fazer isso sem as Forças Armadas. Não é possível fazer isso sem a CIA e o FBI. Nós somos os caras com as armas."

Os autores comparam o plano do alto comando militar a um "Massacre de sábado à noite ao contrário". Trata-se de uma referência ao episódio de outubro de 1973, quando o então presidente Richard Nixon deu ordens para que seu secretário de Justiça, Elliot Richardson, demitisse Archibald Cox, o promotor especial responsável por investigar o escândalo de Watergate. Richardson e seu vice, William Ruckelshaus, se recusaram a fazê-lo e entregaram suas renúncias.

Preocupação com violência

Leonnig e Rucker, que entrevistaram mais de 140 pessoas — entre elas Trump, por mais de duas horas — narram em sua obra os bastidores do último ano do republicano na Casa Branca. O foco são as semanas entre 3 de novembro, data da eleição, e a posse em 20 de janeiro, período em que a cruzada do então presidente para reverter o voto popular submeteu a democracia americana ao seu maior teste de estresse na História recente.

As preocupações de Milley com as possíveis manobras do presidente, diz o livro, teriam se acirrado pouco após a eleição, com uma série de expurgos de funcionários do Pentágono, substituindo-os por aliados, e com a demissão do secretário de Defesa, Mike Esper, e a renúncia do secretário de Justiça, William Barr.

Nos dias anteriores à invasão do Capitólio em 6 de janeiro, dizem os autores, Milley estava preocupado com a incitação que o presidente fazia de sua base, "dizendo para sua equipe crer que Trump estava fomentando distúrbios, possivelmente com a esperança de ter uma desculpa para invocar o Ato de Insurreição e acionar os militares".

O general referia-se a uma legislação federal de 1807 que dá ao presidente o poder de pôr soldados e a Guarda Nacional nas ruas em circunstâncias como insurreições, desordem ou rebeliões.

'Gospel do Führer'

De acordo com Leonnig e Rucker, Milley via Trump como "um líder autoritário sem nada a perder" e fazia paralelos entre sua retórica e a de Adolf Hitler:

"Este é um momento Reichstag", ele teria dito, referindo-se às declarações do presidente que o pintavam falsamente como a vítima de uma conspiração e como salvador dos EUA. "O gospel do Führer."

Às vésperas de uma marcha convocada pelo presidente pouco após a eleição, chamando seus apoiadores para protestar contra a vitória de Biden, Milley teria dito temer que os aliados mais ferrenhos do então presidente fossem os equivalentes americanos da "SA nas ruas". Era uma referência à Sturmabteilung, o grupo paramilitar que ajudou a levar Hitler ao poder.

Em um evento-teste para posse de Biden, nos dias seguintes à invasão do Capitólio, dizem os autores, Milley teria novamente comparado os apoiadores do presidente a nazistas ao falar com um grupo de líderes da alta cúpula do poder americano. Na época, os arredores da Casa Branca e do Capitólio estavam cercados diante do risco de novas cenas de violência:

"É esta a verdade: esses caras são nazistas, são Boogaloos, são os Proud Boys", referindo-se a dois grupos de extrema direta americanos. "Essas são as mesmas pessoas com quem lutamos na Segunda Guerra Mundial. Vamos pôr uma cerca de aço ao redor desta cidade e esses nazistas não vão entrar."

Milley, até o momento, não comentou as alegações feitas pelo livro, que o retrata como alguém disposto a fazer frente ao que considerava ser um comportamento antidemocrático do chefe de Estado. A popularidade do militar, como lembra a CNN, andava baixa após ele ter participado, em junho do ano passado, da visita encenada de Trump à Igreja Episcopal de São João, no auge dos protestos antirracismo e contra a violência policial em resposta ao assassinato de George Floyd.

Alívio na posse

Para que o presidente pudesse caminhar até a igreja, nos arredores da Casa Branca, e ser fotografado com um Bíblia na mão, manifestantes pacíficos foram dispersados com balas de borracha e gás lacrimogêneo. Subsequentemente, o general pediu desculpas e disse que não deveria estar presente.

Após a invasão do Capitólio em 6 de janeiro, Milley passou a realizar conferências telefônicas diárias com Mark Meadows, então chefe de Gabinete de Trump, e o secretário de Estado, Mike Pompeo, que usavam a conversa para medir os ânimos e os riscos à transição pacífica de poder. O tom do trio, disseram funcionários do governo aos jornalistas Leonnig e Rucker, era que a passagem de bastão aconteceria, "fizesse chuva ou sol".

Em uma visita particular à casa de Milley pouco antes da eleição, Pompeo teria dito que "você sabe, os loucos estão tomando as rédeas". O ex-secretário, que permaneceu no cargo até o fim do mandato de Trump, negou aos autores, por meio de um intermediário, ter feito o comentário.

Se o posicionamento do chefe do Estado-Maior durante o período após a eleição só veio publicamente à tona agora, ele não era segredo para o novo governo. De acordo com Leonnig e Rucker, após o fim da cerimônia de posse de Biden, da qual Trump quebrou uma tradição de séculos ao faltar, a vice-presidente teria agradecido o general, afirmando que "nós todos sabemos os que você e alguns outros fizeram".

Pouco antes de Biden fazer seu juramento, ele teria confessado seu alívio em uma conversa com a ex-primeira-dama Michelle Obama:

"Hoje ninguém tem um sorriso maior que o meu", ele teria dito, segundo os autores. "Você não pode ver devido à máscara, mas eu tenho."

https://oglobo.globo.com/mundo/alto-com ... p-25110952
ANNA JULIA VASCAINA

Sempre ao teu lado até o fim
Minha vida é você
E a torcida do vascão
Sempre tão linda
Nós viemos para te apoiar
Juntos vamos ganhar
Na alegria e na dor
O sentimento não pára
Pois todo vascaíno
Tem amor infinito
Cantarei de coooraaaçãoooo
Vasco da gamaaaaaa
Vasco da gamaaaaaa!

Avatar do usuário
Wagnersac
Craque
Craque
Mensagens: 14923
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:36
Localização: Copacabana - RJ
Contato:

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Wagnersac » 14 Set 2021, 20:46

Principal general dos EUA fez ligações secretas para China por medo de Trump iniciar guerra no fim do mandato

Essa gente louca precisa ser freada de qualquer forma.

Os militares americanos já perceberam isso.

Espero que os brasileiros tb já tenham percebido.
ANNA JULIA VASCAINA

Sempre ao teu lado até o fim
Minha vida é você
E a torcida do vascão
Sempre tão linda
Nós viemos para te apoiar
Juntos vamos ganhar
Na alegria e na dor
O sentimento não pára
Pois todo vascaíno
Tem amor infinito
Cantarei de coooraaaçãoooo
Vasco da gamaaaaaa
Vasco da gamaaaaaa!

Avatar do usuário
Saver
Júnior
Júnior
Mensagens: 1804
Registrado em: 01 Jul 2016, 12:58
Localização: Bagdá - Hell de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Saver » 14 Set 2021, 20:52

Ro-crvg escreveu:
14 Set 2021, 19:37
Vampirão e seus amigos fazendo bullying com o desmoralizado

Na verdade o Calcinha Jr imitou Ciro, Dória, Bolsonaro, e o próprio Temer. Mas eu acho que vc já sabia disso. :pas:
FORA CARLOS LEITE!

Usou o termo "negacionista"? Ignore, dê descarga.

Avatar do usuário
Ronan
Craque
Craque
Mensagens: 23213
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:53
Localização: Aracruz ( Espírito Santo )

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ronan » 15 Set 2021, 12:40

Wagnersac escreveu:
14 Set 2021, 19:43
Há duas ditaduras no Brasil, a do STF e a dos bolsonaristas, diz Sara Winter

Ativista presa por atos antidemocráticos diz que não é bolsonarista e que vai deixar Brasília

A ativista de direita Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, mostra descontentamento com Jair Bolsonaro, classifica os atos de 7 de setembro como desastre e afirma que no Brasil há duas ditaduras: a do Supremo Tribunal Federal e a bolsonarista.

“De um lado tem a ditadura do STF suprimindo a liberdade de expressão e, do outro, a ditadura bolsonarista que destrói qualquer um que não venere o Jair”, diz Sara.

A ativista, presa em junho de 2020 por ordem de Alexandre de Moraes no inquérito sobre os atos antidemocráticos, afirma que qualquer conservador que faça criticas a Bolsonaro sofre um assassinato de reputação e que o presidente perdeu aliados de “boa fé” vítimas de ataques de seus apoiadores.

“Eu sou católica, conservadora, de direita. Mas eu não sou bolsonarista porque bolsonarismo não é uma vertente política, ou pelo menos não deveria ser”, explica.

Sara classifica os atos de 7 de setembro como desastre e diz não saber se Moraes irá recuar e encerrar os inquéritos em andamento, como afirmam alguns bolsonaristas, após a carta divulgada por Bolsonaro.

Antes de ser presa, a ativista liderou o “300 do Brasil”, grupo de apoio a Bolsonaro responsável pela organização do ato em que foram lançados fogos de artifícios contra o Supremo Tribunal Federal e pela manifestação com referências neonazistas e de supremacistas brancos, realizada em maio de 2020 na capital federal.

Agora, após encerrar o período de prisão domiciliar, Sara diz que vai se mudar para o Rio Grande do Sul e afirma que os bolsonaristas sofrem da mesma mesma “histeria coletiva” dos esquerdistas ao endeusar Jair Bolsonaro.

“Cheguei à conclusão que não existe direita no Brasil. Existe fã do Bolsonaro e eu acho isso muito perigoso”, afirma.

Sara diz ter sido sondada pelo PTB de Roberto Jefferson, atualmente preso, para concorrer a uma vaga de deputada federal por São Paulo, mas que não tem intenção de aceitar porque procura “paz e sossego”.

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/p ... nter.shtml
Essa maluca, como sempre confundindo liberdade de expressão com crime..
E agora quer se fazer de isentona, todo mundo sabe que ela é a mais pura baba reacionária e militante da extrema direita e vai voltar pro buraco de onde saiu.

✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠


“Follow The Money“

Avatar do usuário
Luke
Júnior
Júnior
Mensagens: 1700
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:47

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Luke » 15 Set 2021, 21:30

E o bozo, que entrou dizendo que ia fazer a nova política, mesmo sendo do centrão, como ele mesmo disse " eu sou o centrão! ", e ta sendo assessorado pelo color, temer, valdemar costa neto, roberto jeferson...
Só a seita... Aceita e senta Kkkk

Caldas
Júnior
Júnior
Mensagens: 2764
Registrado em: 31 Dez 2015, 23:21
Localização: Niterói

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Caldas » 15 Set 2021, 21:33

Wagnersac escreveu:
14 Set 2021, 20:35
Grupos conspiracionistas de extrema direita aceleram preparação do dia do colapso da ordem

Especialistas veem riscos reais em ideologias que glorificam a violência e apostam em um evento apocalíptico que derrubará regimes e as bases da sociedade

Para os adeptos da teoria da conspiração QAnon é “a tempestade”, quando a violência em massa vai derrubar a elite formada por pedófilos que eles imaginam estar no controle do governo. Grupos supremacistas brancos nos EUA prometeram uma catastrófica guerra racial. Na Alemanha e Áustria, neonazistas defendem um golpe no “Dia X”, quando a ordem democrática desabar e eles assumirem o poder.

Todos são exemplos de ideologias “aceleracionistas”, que prometem um momento em que as instituições de governo, sociedade e economia serão varridas por uma onda de violência, abrindo caminho para as utopias que eles dizem que se seguirá.

O aceleracionismo há tempos faz parte do ideário de grupos supremacistas e milícias de extrema direita. Mas especialistas alertam que, agora, essa linha de pensamento está se disseminando de maneiras que poderão ameaçar não apenas a segurança pública, mas a estabilidade da democracia.

— De muitas maneiras podemos ver como o dia 6 de janeiro foi uma espécie de coalizão formada ao redor da ideia do aceleracionismo — afirmou Cynthia Miller-Idriss, diretora do Laboratório de Pesquisa sobre Polarização e Extremismo e Inovação da Universidade Americana, referindo-se ao ataque ao Congresso dos EUA.

Líderes mundiais, ela diz, não estão levando a sério o risco que essa coalizão pode representar.

— Meu medo é de que nós, como país, estejamos começando a tratar isso como um evento pontual, ao invés de um ponto de virada em potencial.

“Eu penso muito nos paralelos com a República de Weimar”, o frágil período democrático na Alemanha cujo colapso levou à ascensão dos nazistas, afirma Cynthia. Ele foi marcado por ataques, golpes fracassados e outros esforços para minar a democracia. E mesmo ações frustradas, como o Golpe da Cervejaria (1923) de Hitler, mostraram que a democracia alemã não era forte o bastante para suportar o caos.

— Para mim, o paralelo que vejo é que muitos querem observar o 6 de janeiro como o fim de algo — pontua. — Acho que temos que considerar a possibilidade de que ele tenha sido o começo de alguma coisa.

'Dia X'

Grupos neonazistas e demais extremistas há tempos falam do Dia X, um momento de crise, temido e aguardado, quando a ordem social da Alemanha entrará em colapso, exigindo dos comprometidos extremistas de direita, segundo suas narrativas, a tarefa de salvar a nação.

Nordkreuz, um grupo de extrema direita que inclui policiais e ex-soldados que faziam parte de uma rede com base no Telegram, começaram a se preparar para o Dia X de maneiras que pareciam assustadoramente concretas. Os planos incluíam a captura de inimigos políticos e aqueles que defendem imigrantes e refugiados, que seriam colocados em caminhões e levados a um local secreto, segundo relatos de uma testemunha à polícia. Depois, todos seriam executados.

Da QAnon à antivacina: Um mapeamento do conspiracionismo na Europa

Os preparativos também incluíam o armazenamento de bolsas para cadáveres e cal viva. O líder do grupo, um ex-atirador de elite da polícia, foi condenado por acusações relacionadas à posse de armas, enquanto outros dois integrantes são investigados por suspeitas de planejar atos terroristas.

PUBLICIDADE
A linha entre a preparação para o Dia X e sua concretização está cada vez menos clara. O perigo do aceleracionismo é que ele santifica a violência, diz Matthias Quent, especialista na extrema direita e diretor de um instituto que estuda a democracia e a sociedade civil no estado da Turíngia, no Leste da Alemanha. Dias místicos de acerto de contas servem como um chamado para a ação, um pretexto para o terrorismo.

— Quando o Dia X não chegar e as pessoas ficarem frustradas, elas podem começar a planejar ataques terroristas, algo para dar início ao Dia X ou apenas para fazer alguma coisa — afirmou.

Riscos reais

Algo central para compreender este tipo de fantasia apocalíptica é que, para as pessoas que abraçaram esse tipo de ideologia militante de extrema direita, um golpe como o Dia X não é algo que dá início ao apocalipse, mas sim que põe fim a ele, segundo Kathleen Belew, historiadora da Universidade de Chicago e uma das maiores especialistas em movimentos supremacistas brancos nos EUA.

Contra a ciência: Nos EUA, extrema direita muda discurso, de eleições 'fraudadas' para campanha contra a vacina

Na Alemanha, integrantes do grupo terrorista Revolução Chemnitz foram condenados por planejarem um ataque no dia 3 de outubro de 2018, apontado por eles como um “ponto de virada histórico”, quando uma “mudança de regime” seria precipitada.

O atentado contra um prédio federal em Oklahoma (EUA) em 1995, que matou 168 pessoas, incluindo 19 crianças, foi realizado por militantes de extrema direita que se inspiraram no romance “O diário de Turner”, uma história de 1978 que narra uma violenta revolução nos EUA, seguida pelo genocídio de pessoas não brancas. Em 2015, um supremacista citou o desejo de começar uma “guerra racial” como o motivo para matar nove negros em uma igreja de Charleston, na Carolina do Sul.

Muitos participantes do ataque de 6 de janeiro contra o Capitólio viram no ato o primeiro passo para derrubar um governo que veem como corrupto ou a ordem social dos EUA de forma mais ampla, diz Miller-Idriss.

Mas há outros riscos menos diretos, mas talvez mais sérios, segundo os especialistas. É provável que apenas uma pequena parte dos responsáveis pela invasão do Capitólio siga as ideias aceleracionistas da QAnon ou de milícias armadas, diz Miller-Idriss.

A QAnon se tornou um guarda-chuva para muitas teorias da conspiração, e nem todos os seus apoiadores estão esperando pela “tempestade” ou tentando causá-la. Mas ela acredita que isso deve provocar mais, e não menos, preocupação, porque os eventos do dia 6 de janeiro mostram que mesmo uma minoria extremista pode formar uma coalizão ampla, muito mais do que no passado.

— Foi a primeira vez neste país em que vimos uma coalizão de sucesso, mesmo que espontânea, formada por uma grande variedade de grupos no espectro da extrema direita — apontou Miller-Idriss. — Foi uma coalizão que emergiu de forma quase espontânea, mostrando que, apesar das diferenças, esses grupos podem se unir em torno de um tema ou evento.

Ao contrário dos supremacistas brancos dos anos 1980 e 1990, os extremistas de hoje possuem laços com a política tradicional. Vários parlamentares republicanos chegaram a seus cargos ao cultivar o apoio de defensores da QAnon. Na semana passada, republicanos no Senado barraram a criação de uma comissão independente para investigar os ataques do dia 6 de janeiro.

— Os EUA são um país que sempre gostou de se ver como um farol da democracia — concluiu Miller-Idriss. — Por isso mesmo penso que pode ser mais difícil para nós reconhecermos como nossa democracia pode ser frágil, como qualquer outra democracia no mundo.

https://oglobo.globo.com/mundo/2273-gru ... 1-25050695

O Vasco hoje é inviável. Somente renascerá se algum grupo político trouxer um parceiro econômico com condições de montar e pagar um elenco forte.
É surreal acreditar que renasceremos com elencos com atletas da base ou com jogadores que tiveram algum nome no passado mas que hoje estão com o futebol no seu apogeu.
Manter essa receita destrói a cada ano parte representativa do maior patrimônio do Vasco que garante a sua sustentabilidade: sua torcida.

Avatar do usuário
Ro-crvg
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 9163
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:58
Localização: Natal/RN

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ro-crvg » 15 Set 2021, 21:42

Câmara resgata quarentena para candidatura de juízes, procuradores, militares e policiais a partir de 2026

Após articulação envolvendo líderes do Centrão e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), os deputados decidiram nesta quarta-feira (15) reinserir no Código Eleitoral uma quarentena de quatro anos para juízes, procuradores, militares e policiais que queiram se candidatar já a partir de 2026.


Porque Lira e o centrao está tão empenhados nesse assunto, será porque o centrao diminuiu com os eleitos dessas categorias?
Imagem

Caldas
Júnior
Júnior
Mensagens: 2764
Registrado em: 31 Dez 2015, 23:21
Localização: Niterói

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Caldas » 15 Set 2021, 21:55

O Vasco hoje é inviável. Somente renascerá se algum grupo político trouxer um parceiro econômico com condições de montar e pagar um elenco forte.
É surreal acreditar que renasceremos com elencos com atletas da base ou com jogadores que tiveram algum nome no passado mas que hoje estão com o futebol no seu apogeu.
Manter essa receita destrói a cada ano parte representativa do maior patrimônio do Vasco que garante a sua sustentabilidade: sua torcida.

Avatar do usuário
Ronan
Craque
Craque
Mensagens: 23213
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:53
Localização: Aracruz ( Espírito Santo )

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ronan » 16 Set 2021, 05:49

Luke escreveu:
15 Set 2021, 21:30
E o bozo, que entrou dizendo que ia fazer a nova política, mesmo sendo do centrão, como ele mesmo disse " eu sou o centrão! ", e ta sendo assessorado pelo color, temer, valdemar costa neto, roberto jeferson...
Só a seita... Aceita e senta Kkkk
Se gritar pega centrão...

✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠


“Follow The Money“

Avatar do usuário
VascaoNaFita
Júnior
Júnior
Mensagens: 3688
Registrado em: 09 Jan 2019, 10:11

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por VascaoNaFita » 16 Set 2021, 05:53

O Bozo ainda não foi impeachmado por causa dos evangélicos.

A partir de 2030, goste ou não, o candidato da igreja evangélica será eleito presidente do Brasil.

50% dos brasileiros são católicos, 31%, evangélicos e 10% não têm religião, diz Datafolha

13/01/2020

Evangélicos devem ultrapassar católicos no Brasil a partir de 2032

Imagem

Para o pesquisador, os resultados das últimas eleições gerais, que ampliaram a presença de evangélicos no Congresso, são o reflexo mais direto deste fenômeno no Brasil.

Religião dos brasileiros

Católica: 50%
Evangélica: 31%
Não tem religião: 10%
Espírita: 3%
Umbanda, candomblé ou outras religiões afro-brasileiras: 2%
Outra: 2%
Ateu: 1%
Judaica: 0,3%

Religião por sexo

Católicos:

Mulher: 51%
Homem: 49%

Evangélicos:

Mulher: 58%
Homem: 42%

Religião por cor

Católicos:

Parda: 41%
Branca: 36%
Preta: 14%
Amarela: 2%
Indígena: 2%
Outras: 4%

Evangélicos:

Parda: 43%
Branca: 30%
Preta: 16%
Amarela: 3%
Indígena: 2%
Outras: 5%

Religião por idade

Católicos:

16 a 24 anos: 13%
25 a 34 anos: 17%
35 a 44 anos: 18%
45 a 59 anos: 26%
60 anos ou mais: 25%

Evangélicos:

16 a 24 anos: 19%
25 a 34 anos: 21%
35 a 44 anos: 22%
45 a 59 anos: 23%
60 anos ou mais: 16%

Religião por escolaridade

Católicos

Fundamental: 38%
Médio: 42%
Superior: 20%

Evangélicos

Fundamental: 35%
Médio: 49%
Superior: 15%

Renda

Católicos

Até 2 salários mínimos: 46%
De 2 a 3 salários mínimos: 21%
De 3 a 5 salários mínimos: 17%
de 5 a 10 salários mínimos: 9%
Mais de 10 salários mínimos: 2%

Evangélicos

Até 2 salários mínimos: 48%
De 2 a 3 salários mínimos: 21%
De 3 a 5 salários mínimos: 17%
de 5 a 10 salários mínimos: 7%
Mais de 10 salários mínimos: 2%

Região do país

Católicos

Sudeste: 45%
Sul: 53%
Nordeste: 59%
Centro-Oeste: 49%
Norte: 50%

Evangélicos

Sudeste: 32%
Sul: 30%
Nordeste: 27%
Centro-Oeste: 33%
Norte: 39%

https://g1.globo.com/politica/noticia/2 ... olha.ghtml

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Profissional
Profissional
Mensagens: 5234
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos... Terra dos Índios Goytacazes

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por GilsonVGPR » 16 Set 2021, 09:33

:cfe: Já sei porque o "amigo do queiroz" recuou, e pediu ajuda ao Temer pra redigir uma carta, na qual arrega pro Xandão. :lol:

Como jurisprudência de decisão do TSE sobre rachadinha afeta clã Bolsonaro


A recente decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que tornou inelegível a candidatura de uma vereadora da cidade de São Paulo por praticar rachadinhas cria jurisprudência para futuras decisões da Justiça Eleitoral, o que poderia afetar a família Bolsonaro, que também é investigada por adotar essa conduta criminosa.

No acórdão da decisão unânime do tribunal por 7 a 0, publicado na quinta-feira (9), o relator do caso, o juiz Alexandre de Moraes, afirmou que "o esquema de rachadinha é uma clara e ostensiva modalidade de corrupção".

O julgamento acolheu recurso do Ministério Público eleitoral contra a candidatura de Maria Helena Pereira Fontes (PSL), que concorreu a vereadora por São Paulo em 2020. Isso em razão de uma condenação anterior, de 2011, de improbidade administrativa pela prática da rachadinha em um mandato anterior na Câmara de Vereadores paulistana.

Apesar das palavras enfáticas de Moraes ao definir a rachadinha como um ato de corrupção, a atual decisão deve impactar somente na seara eleitoral do delito, mas não no âmbito penal, onde a rachadinha é mais comumente tipificada como peculato (desvio de bem público).

O julgamento da ex-vereadora se restringiu a um artigo específico Lei Complementar 64/1990 que trata da inelegibilidade de oito anos em crimes de improbidade administrativa. Pelo texto da lei, um legislador só pode ter seus direitos políticos cassados caso se comprove enriquecimento ilícito e, ao mesmo tempo, lesão ao patrimônio público.

Enriquecimento ilícito

No caso de Fontes, a ex-parlamentar foi acusada apenas de enriquecimento ilícito pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo). Já no TSE, para apontar o dano ao erário, Alexandre de Moraes fez uma análise mais ampla da condenação anterior. Ele considerou toda descrição do acórdão, não apenas a condenação.

"Moraes fez construção inteligente com base na particularidade específica da remuneração dos assessores da Câmara Municipal de São Paulo", explica Fernando Neisser, advogado e membro fundador da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político. Na casa paulistana, há uma verba determinada para contratar assessores como quiserem, desde que passe o limite máximo de profissionais.

"Na interpretação do TSE, se um vereador contrata um assessor com salário de R$ 9 mil e pede para que ele devolva R$ 6 mil, na prática, esse profissional exerce uma função que vale apenas R$ 3 mil de remuneração. O que o Moraes está dizendo agora é que o poder público pagou mais do que o serviço daquela pessoa vale, o que configura danos ao erário", diz Neisser.

Na interpretação de Moraes, mesmo que os assessores tenham efetivamente trabalhado, seus salários foram supervalorizados, prejudicando o patrimônio público. Em decisões anteriores de rachadinha, o dano ao erário não se caracterizou sob a argumentação de que os profissionais prestaram serviços.

Família Bolsonaro

No caso das acusações de rachadinha que pesam contra o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) quando era deputado estadual, ele se defendeu no Ministério Público do Rio de Janeiro argumentando que seus assessores trabalharam principalmente durante as campanhas eleitorais.

O caso do senador está parado na Segunda Turma do STF, que avalia o foro privilegiado do parlamentar.

Além de Flávio, o próprio presidente é suspeito de fazer uso da prática na época em que era deputado federal, bem como o filho 02 do mandatário, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

A última decisão de Moraes no TSE abre margem para que o clã Bolsonaro possa perder seus direitos políticos. No entanto, explica Neisser, é preciso que eles sejam "condenados em segunda instância por improbidade administrativa e que os acórdãos condenatórios permitam interpretação semelhante".

Já no âmbito penal, para os especialistas em direito ouvidos pelo UOL, o julgamento do TSE não muda o entendimento sobre o crime de rachadinha.

"No trecho em que Moraes fala em corrupção [no acordão], ele está falando em seu sentido genérico, não no crime de corrupção do Código Penal. No Brasil, a corrente majoritária aceita essa conduta [rachadinha] como peculato", diz Mariana Pinhão, advogada e conselheira do Instituto dos Advogados de São Paulo.

Na lei Penal, peculato é quando funcionário público se apropria ou desvia bens do erário em razão de seu cargo. Já os crimes de corrupção podem ser dois: corrupção ativa, quando uma pessoa oferece ou promete vantagem a um servidor em troca de benefício; ou corrupção passiva, quando o funcionário público exige ou recebe vantagem em troca de um favor.

Mas isso não quer dizer que peculato seja um crime menor. Mariana Pinhão lembra que a pena de peculato no Brasil pode chegar a 12 anos de prisão.

"Eu acho que [a decisão do TSE] passa um sinal para a sociedade de que ministros de tribunais superiores consideram que a prática da rachadinha é socialmente inaceitável e merece reprimenda", finaliza Fernando Neisser.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/politica/ul ... sonaro.htm
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Avatar do usuário
Ronan
Craque
Craque
Mensagens: 23213
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:53
Localização: Aracruz ( Espírito Santo )

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ronan » 16 Set 2021, 11:13

GilsonVGPR escreveu:
16 Set 2021, 09:33
:cfe: Já sei porque o "amigo do queiroz" recuou, e pediu ajuda ao Temer pra redigir uma carta, na qual arrega pro Xandão. :lol:

Como jurisprudência de decisão do TSE sobre rachadinha afeta clã Bolsonaro


A recente decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que tornou inelegível a candidatura de uma vereadora da cidade de São Paulo por praticar rachadinhas cria jurisprudência para futuras decisões da Justiça Eleitoral, o que poderia afetar a família Bolsonaro, que também é investigada por adotar essa conduta criminosa.

No acórdão da decisão unânime do tribunal por 7 a 0, publicado na quinta-feira (9), o relator do caso, o juiz Alexandre de Moraes, afirmou que "o esquema de rachadinha é uma clara e ostensiva modalidade de corrupção".
O julgamento acolheu recurso do Ministério Público eleitoral contra a candidatura de Maria Helena Pereira Fontes (PSL), que concorreu a vereadora por São Paulo em 2020. Isso em razão de uma condenação anterior, de 2011, de improbidade administrativa pela prática da rachadinha em um mandato anterior na Câmara de Vereadores paulistana.

Apesar das palavras enfáticas de Moraes ao definir a rachadinha como um ato de corrupção, a atual decisão deve impactar somente na seara eleitoral do delito, mas não no âmbito penal, onde a rachadinha é mais comumente tipificada como peculato (desvio de bem público).

O julgamento da ex-vereadora se restringiu a um artigo específico Lei Complementar 64/1990 que trata da inelegibilidade de oito anos em crimes de improbidade administrativa. Pelo texto da lei, um legislador só pode ter seus direitos políticos cassados caso se comprove enriquecimento ilícito e, ao mesmo tempo, lesão ao patrimônio público.

Enriquecimento ilícito

No caso de Fontes, a ex-parlamentar foi acusada apenas de enriquecimento ilícito pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo). Já no TSE, para apontar o dano ao erário, Alexandre de Moraes fez uma análise mais ampla da condenação anterior. Ele considerou toda descrição do acórdão, não apenas a condenação.

"Moraes fez construção inteligente com base na particularidade específica da remuneração dos assessores da Câmara Municipal de São Paulo", explica Fernando Neisser, advogado e membro fundador da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político. Na casa paulistana, há uma verba determinada para contratar assessores como quiserem, desde que passe o limite máximo de profissionais.

"Na interpretação do TSE, se um vereador contrata um assessor com salário de R$ 9 mil e pede para que ele devolva R$ 6 mil, na prática, esse profissional exerce uma função que vale apenas R$ 3 mil de remuneração. O que o Moraes está dizendo agora é que o poder público pagou mais do que o serviço daquela pessoa vale, o que configura danos ao erário", diz Neisser.

Na interpretação de Moraes, mesmo que os assessores tenham efetivamente trabalhado, seus salários foram supervalorizados, prejudicando o patrimônio público. Em decisões anteriores de rachadinha, o dano ao erário não se caracterizou sob a argumentação de que os profissionais prestaram serviços.

Família Bolsonaro

No caso das acusações de rachadinha que pesam contra o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) quando era deputado estadual, ele se defendeu no Ministério Público do Rio de Janeiro argumentando que seus assessores trabalharam principalmente durante as campanhas eleitorais.

O caso do senador está parado na Segunda Turma do STF, que avalia o foro privilegiado do parlamentar.

Além de Flávio, o próprio presidente é suspeito de fazer uso da prática na época em que era deputado federal, bem como o filho 02 do mandatário, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

A última decisão de Moraes no TSE abre margem para que o clã Bolsonaro possa perder seus direitos políticos. No entanto, explica Neisser, é preciso que eles sejam "condenados em segunda instância por improbidade administrativa e que os acórdãos condenatórios permitam interpretação semelhante".

Já no âmbito penal, para os especialistas em direito ouvidos pelo UOL, o julgamento do TSE não muda o entendimento sobre o crime de rachadinha.

"No trecho em que Moraes fala em corrupção [no acordão], ele está falando em seu sentido genérico, não no crime de corrupção do Código Penal. No Brasil, a corrente majoritária aceita essa conduta [rachadinha] como peculato", diz Mariana Pinhão, advogada e conselheira do Instituto dos Advogados de São Paulo.

Na lei Penal, peculato é quando funcionário público se apropria ou desvia bens do erário em razão de seu cargo. Já os crimes de corrupção podem ser dois: corrupção ativa, quando uma pessoa oferece ou promete vantagem a um servidor em troca de benefício; ou corrupção passiva, quando o funcionário público exige ou recebe vantagem em troca de um favor.

Mas isso não quer dizer que peculato seja um crime menor. Mariana Pinhão lembra que a pena de peculato no Brasil pode chegar a 12 anos de prisão.

"Eu acho que [a decisão do TSE] passa um sinal para a sociedade de que ministros de tribunais superiores consideram que a prática da rachadinha é socialmente inaceitável e merece reprimenda", finaliza Fernando Neisser.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/politica/ul ... sonaro.htm


Funcionário 'fantasmas' de Carlos tinham endereço de Jair Bolsonaro em cadastros de Receita e Câmara do Rio.
https://www.google.com/amp/s/br.noticia ... 00403.html
À época em que morava no local, Bolsonaro estava casado com a advogada Ana Cristina Siqueira Valle, investigada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro sob suspeita de ser a articuladora de um esquema de "rachadinha" no gabinete do vereador.
De acordo com o MP-RJ, esse mesmo endereço consta nos cadastros de Gilmar Marques (ex-cunhado de Ana Cristina), André Luís Procópio (irmão de Ana Cristina), Andrea Siqueira Valle (irmã de Ana Cristina) e Marta da Silva Valle (cunhada de Ana Cristina).
Quem está surpreso, além de ninguém ? Kkkk
Esse é o moralismo que impera nesse país, e ainda vêm uns trouxas aqui passar pano nisso, os caras já roubam dinheiro público à quase uma década..

✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠


“Follow The Money“

Avatar do usuário
Ronan
Craque
Craque
Mensagens: 23213
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:53
Localização: Aracruz ( Espírito Santo )

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ronan » 16 Set 2021, 11:23

Zé Trovão alega perseguição de Alexandre de Moraes e pede asilo político no México.
https://www.google.com/amp/s/valor.glob ... xico.ghtml
Acho que o tal do Eustáquio, o lambedor de bolas do arruaceiro, também pediu asilo político no México, um país cujo o governo é de esquerda..
Deveria haver um limite para o ridículo, até pra essa canalha.

✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠


“Follow The Money“

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Profissional
Profissional
Mensagens: 5234
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos... Terra dos Índios Goytacazes

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por GilsonVGPR » 16 Set 2021, 11:49

Ronan escreveu:
16 Set 2021, 11:13
GilsonVGPR escreveu:
16 Set 2021, 09:33
:cfe: Já sei porque o "amigo do queiroz" recuou, e pediu ajuda ao Temer pra redigir uma carta, na qual arrega pro Xandão. :lol:

Como jurisprudência de decisão do TSE sobre rachadinha afeta clã Bolsonaro


A recente decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que tornou inelegível a candidatura de uma vereadora da cidade de São Paulo por praticar rachadinhas cria jurisprudência para futuras decisões da Justiça Eleitoral, o que poderia afetar a família Bolsonaro, que também é investigada por adotar essa conduta criminosa.

No acórdão da decisão unânime do tribunal por 7 a 0, publicado na quinta-feira (9), o relator do caso, o juiz Alexandre de Moraes, afirmou que "o esquema de rachadinha é uma clara e ostensiva modalidade de corrupção".
O julgamento acolheu recurso do Ministério Público eleitoral contra a candidatura de Maria Helena Pereira Fontes (PSL), que concorreu a vereadora por São Paulo em 2020. Isso em razão de uma condenação anterior, de 2011, de improbidade administrativa pela prática da rachadinha em um mandato anterior na Câmara de Vereadores paulistana.

Apesar das palavras enfáticas de Moraes ao definir a rachadinha como um ato de corrupção, a atual decisão deve impactar somente na seara eleitoral do delito, mas não no âmbito penal, onde a rachadinha é mais comumente tipificada como peculato (desvio de bem público).

O julgamento da ex-vereadora se restringiu a um artigo específico Lei Complementar 64/1990 que trata da inelegibilidade de oito anos em crimes de improbidade administrativa. Pelo texto da lei, um legislador só pode ter seus direitos políticos cassados caso se comprove enriquecimento ilícito e, ao mesmo tempo, lesão ao patrimônio público.

Enriquecimento ilícito

No caso de Fontes, a ex-parlamentar foi acusada apenas de enriquecimento ilícito pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo). Já no TSE, para apontar o dano ao erário, Alexandre de Moraes fez uma análise mais ampla da condenação anterior. Ele considerou toda descrição do acórdão, não apenas a condenação.

"Moraes fez construção inteligente com base na particularidade específica da remuneração dos assessores da Câmara Municipal de São Paulo", explica Fernando Neisser, advogado e membro fundador da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político. Na casa paulistana, há uma verba determinada para contratar assessores como quiserem, desde que passe o limite máximo de profissionais.

"Na interpretação do TSE, se um vereador contrata um assessor com salário de R$ 9 mil e pede para que ele devolva R$ 6 mil, na prática, esse profissional exerce uma função que vale apenas R$ 3 mil de remuneração. O que o Moraes está dizendo agora é que o poder público pagou mais do que o serviço daquela pessoa vale, o que configura danos ao erário", diz Neisser.

Na interpretação de Moraes, mesmo que os assessores tenham efetivamente trabalhado, seus salários foram supervalorizados, prejudicando o patrimônio público. Em decisões anteriores de rachadinha, o dano ao erário não se caracterizou sob a argumentação de que os profissionais prestaram serviços.

Família Bolsonaro

No caso das acusações de rachadinha que pesam contra o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) quando era deputado estadual, ele se defendeu no Ministério Público do Rio de Janeiro argumentando que seus assessores trabalharam principalmente durante as campanhas eleitorais.

O caso do senador está parado na Segunda Turma do STF, que avalia o foro privilegiado do parlamentar.

Além de Flávio, o próprio presidente é suspeito de fazer uso da prática na época em que era deputado federal, bem como o filho 02 do mandatário, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

A última decisão de Moraes no TSE abre margem para que o clã Bolsonaro possa perder seus direitos políticos. No entanto, explica Neisser, é preciso que eles sejam "condenados em segunda instância por improbidade administrativa e que os acórdãos condenatórios permitam interpretação semelhante".

Já no âmbito penal, para os especialistas em direito ouvidos pelo UOL, o julgamento do TSE não muda o entendimento sobre o crime de rachadinha.

"No trecho em que Moraes fala em corrupção [no acordão], ele está falando em seu sentido genérico, não no crime de corrupção do Código Penal. No Brasil, a corrente majoritária aceita essa conduta [rachadinha] como peculato", diz Mariana Pinhão, advogada e conselheira do Instituto dos Advogados de São Paulo.

Na lei Penal, peculato é quando funcionário público se apropria ou desvia bens do erário em razão de seu cargo. Já os crimes de corrupção podem ser dois: corrupção ativa, quando uma pessoa oferece ou promete vantagem a um servidor em troca de benefício; ou corrupção passiva, quando o funcionário público exige ou recebe vantagem em troca de um favor.

Mas isso não quer dizer que peculato seja um crime menor. Mariana Pinhão lembra que a pena de peculato no Brasil pode chegar a 12 anos de prisão.

"Eu acho que [a decisão do TSE] passa um sinal para a sociedade de que ministros de tribunais superiores consideram que a prática da rachadinha é socialmente inaceitável e merece reprimenda", finaliza Fernando Neisser.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/politica/ul ... sonaro.htm


Funcionário 'fantasmas' de Carlos tinham endereço de Jair Bolsonaro em cadastros de Receita e Câmara do Rio.
https://www.google.com/amp/s/br.noticia ... 00403.html
À época em que morava no local, Bolsonaro estava casado com a advogada Ana Cristina Siqueira Valle, investigada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro sob suspeita de ser a articuladora de um esquema de "rachadinha" no gabinete do vereador.
De acordo com o MP-RJ, esse mesmo endereço consta nos cadastros de Gilmar Marques (ex-cunhado de Ana Cristina), André Luís Procópio (irmão de Ana Cristina), Andrea Siqueira Valle (irmã de Ana Cristina) e Marta da Silva Valle (cunhada de Ana Cristina).
Quem está surpreso, além de ninguém ? Kkkk
Esse é o moralismo que impera nesse país, e ainda vêm uns trouxas aqui passar pano nisso, os caras já roubam dinheiro público à quase uma década..
:cfe: Por falar em funcionários fantasmas... Temos abaixo alguns outros crimes: desvio de função, não cumprimento de obrigações trabalhistas (assinar CTPS como doméstica), uso indevido de recursos públicos (para fins particulares). Mas como você bem escreveu, "ainda vêm uns trouxas aqui passar pano nisso".

Bolsonaro demite assessora fantasma e diz que crime dela foi dar água a cachorros

Bolsonaro demite assessora fantasma e diz que crime dela foi dar água a cachorros 13/08/2018 20:00 - FOLHAPRESS

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL-RJ) demitiu nesta segunda-feira (13) a assessora fantasma Walderice Santos da Conceição, e afirmou que o "crime dela foi dar água para os cachorros".

"Tem dois cachorros lá e pra não morrer de vez em quando ela dá água pros cachorros lá, só isso. O crime dela é esse aí, é dar água pro cachorro", disse.

Em janeiro, a Folha de S.Paulo revelou a existência da funcionária fantasma. De acordo com pessoas da cidade, Wal, como é conhecida, também presta serviços particulares na casa de Bolsonaro, mas tem como principal atividade o comércio de açaí.

Nesta segunda, a Folha de S.Paulo voltou ao local e constatou que a funcionária continuava trabalhando na venda de açaí em horário de expediente da Câmara.

Ela figura desde 2003 como um dos 14 funcionários do gabinete parlamentar de Bolsonaro, em Brasília, recebendo atualmente salário bruto de R$ 1.351,46.

Bolsonaro afirmou que a funcionária ligou pedindo demissão, mas que seria "muito complicado" então ele a exonerou. "Eu fico chateado até, porque ela precisa, é uma pessoa pobre", afirmou o deputado.

Segundo moradores da região, o marido dela, Edenilson, presta serviços de caseiro ao deputado.

Fonte: https://correiodoestado.com.br/politica ... ros/334223
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Avatar do usuário
Luke
Júnior
Júnior
Mensagens: 1700
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:47

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Luke » 16 Set 2021, 11:56

Ronan escreveu:
16 Set 2021, 11:23
Zé Trovão alega perseguição de Alexandre de Moraes e pede asilo político no México.
https://www.google.com/amp/s/valor.glob ... xico.ghtml
Acho que o tal do Eustáquio, o lambedor de bolas do arruaceiro, também pediu asilo político no México, um país cujo o governo é de esquerda..
Deveria haver um limite para o ridículo, até pra essa canalha.
Esses zumbis tem como principal pauta fechar o stf, mas todos recorrem ao mesmo pra não irem à cpi ou pedem hc pra ficarem calados. kkkk Toda essa loucura e retardamento gera muita grana...
Sempre tratei essa seita com o nível que merece , mas tem gente que acha agressivo, radical...
Vei, estamos lidando com uma seita perigosíssima que despreza a vida, que não se comove nem com 600 mil mortes, onde o líder deles jogou a favor do vírus desde o início da pandemia e é o principal culpado dessa tragédia, até pq é o presidente.

É repetitivo até e foge um pouco do teu post, mesmo tudo estando interligado, mas não da pra esquecer o crime contra o próprio povo, contra a humanidade que o assassino bozo promoveu...
Ainda debochava dos doentes e mortos, fez até encenação morrendo por falta de ar, nunca pisou num hospital ou se solidarizou com as vítimas, mas virou até médico receitando remédios, tudo com o motivo óbvio e claro que era a corrupção e lucro nas vacinas que negaram por tempos, enquanto morriam 3 mil por dia, na venda de remédios ineficazes, fraudando até o número de mortos, onde bozo, seus filhos, médicos, aproveitadores e comparsas da quadrilha estão todos envolvidos, inclusive a agu, pf, mp por ação ou prevaricação, como documentos tem mostrado.
Vai faltar cadeia pro bozo, seus filhos e quadrilha.

Avatar do usuário
Ronan
Craque
Craque
Mensagens: 23213
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:53
Localização: Aracruz ( Espírito Santo )

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ronan » 16 Set 2021, 17:41

Luke escreveu:
16 Set 2021, 11:56
Ronan escreveu:
16 Set 2021, 11:23
Zé Trovão alega perseguição de Alexandre de Moraes e pede asilo político no México.
https://www.google.com/amp/s/valor.glob ... xico.ghtml
Acho que o tal do Eustáquio, o lambedor de bolas do arruaceiro, também pediu asilo político no México, um país cujo o governo é de esquerda..
Deveria haver um limite para o ridículo, até pra essa canalha.
Esses zumbis tem como principal pauta fechar o stf, mas todos recorrem ao mesmo pra não irem à cpi ou pedem hc pra ficarem calados. kkkk Toda essa loucura e retardamento gera muita grana...
Sempre tratei essa seita com o nível que merece , mas tem gente que acha agressivo, radical...
Vei, estamos lidando com uma seita perigosíssima que despreza a vida, que não se comove nem com 600 mil mortes, onde o líder deles jogou a favor do vírus desde o início da pandemia e é o principal culpado dessa tragédia, até pq é o presidente.

É repetitivo até e foge um pouco do teu post, mesmo tudo estando interligado, mas não da pra esquecer o crime contra o próprio povo, contra a humanidade que o assassino bozo promoveu...
Ainda debochava dos doentes e mortos, fez até encenação morrendo por falta de ar, nunca pisou num hospital ou se solidarizou com as vítimas, mas virou até médico receitando remédios, tudo com o motivo óbvio e claro que era a corrupção e lucro nas vacinas que negaram por tempos, enquanto morriam 3 mil por dia, na venda de remédios ineficazes, fraudando até o número de mortos, onde bozo, seus filhos, médicos, aproveitadores e comparsas da quadrilha estão todos envolvidos, inclusive a agu, pf, mp por ação ou prevaricação, como documentos tem mostrado.
Vai faltar cadeia pro bozo, seus filhos e quadrilha.
A história está sendo escrita para depois ser contada, pode ter certeza que essa gente maluca vai acabar sendo cassada da política, isso é o mínimo que deverá acontecer.

✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠✠


“Follow The Money“

Avatar do usuário
Ro-crvg
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 9163
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:58
Localização: Natal/RN

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ro-crvg » 16 Set 2021, 17:46

No Datafolha deu 22% de aprovação e 53% de rejeição, mas o pessoal não acredita no Datafolha, vamos esperar o Paraná pesquisas
Imagem

Avatar do usuário
Luke
Júnior
Júnior
Mensagens: 1700
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:47

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Luke » 16 Set 2021, 21:10

Ronan escreveu:
16 Set 2021, 17:41
Luke escreveu:
16 Set 2021, 11:56
Ronan escreveu:
16 Set 2021, 11:23
Zé Trovão alega perseguição de Alexandre de Moraes e pede asilo político no México.
https://www.google.com/amp/s/valor.glob ... xico.ghtml
Acho que o tal do Eustáquio, o lambedor de bolas do arruaceiro, também pediu asilo político no México, um país cujo o governo é de esquerda..
Deveria haver um limite para o ridículo, até pra essa canalha.
Esses zumbis tem como principal pauta fechar o stf, mas todos recorrem ao mesmo pra não irem à cpi ou pedem hc pra ficarem calados. kkkk Toda essa loucura e retardamento gera muita grana...
Sempre tratei essa seita com o nível que merece , mas tem gente que acha agressivo, radical...
Vei, estamos lidando com uma seita perigosíssima que despreza a vida, que não se comove nem com 600 mil mortes, onde o líder deles jogou a favor do vírus desde o início da pandemia e é o principal culpado dessa tragédia, até pq é o presidente.

É repetitivo até e foge um pouco do teu post, mesmo tudo estando interligado, mas não da pra esquecer o crime contra o próprio povo, contra a humanidade que o assassino bozo promoveu...
Ainda debochava dos doentes e mortos, fez até encenação morrendo por falta de ar, nunca pisou num hospital ou se solidarizou com as vítimas, mas virou até médico receitando remédios, tudo com o motivo óbvio e claro que era a corrupção e lucro nas vacinas que negaram por tempos, enquanto morriam 3 mil por dia, na venda de remédios ineficazes, fraudando até o número de mortos, onde bozo, seus filhos, médicos, aproveitadores e comparsas da quadrilha estão todos envolvidos, inclusive a agu, pf, mp por ação ou prevaricação, como documentos tem mostrado.
Vai faltar cadeia pro bozo, seus filhos e quadrilha.
A história está sendo escrita para depois ser contada, pode ter certeza que essa gente maluca vai acabar sendo cassada da política, isso é o mínimo que deverá acontecer.
Sim, até pq político e rico, geralmente não vão em cana nessa bagaça...

Avatar do usuário
Ro-crvg
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 9163
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:58
Localização: Natal/RN

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ro-crvg » 17 Set 2021, 14:57

Bolsa cai quase 2% e dólar passa de R$ 5,30 após aumento do IOF

Medida tomada pelo governo para bancar novo Bolsa Família encarece crédito para empresas e consumidores e pode agravar a inflação.
Imagem

Avatar do usuário
Luke
Júnior
Júnior
Mensagens: 1700
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:47

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Luke » 17 Set 2021, 16:17

" Me chama de corrupto, porra! Acabou a corrupção! Acabou a mamata! " :torc:

O "lobista" amigo do renan, filho 04 do bozo, e integrante do movimento " vem pra rua " marcony faria, cobrava até 400 mil por indicações ao desgoverno, onde até a advogada do bozo, karina kufa e a ex esposa estão envolvidas, como revela as mensagens extraídas do celular do amigo de renan.

Marcony cobrava 40 mil pra que karina kufa levasse indicações capitaneadas por ele para integrantes da alta cúpula do governo federal.
Marco teixeira nunes assumiu o cargo de diretor-adjunto do Instituto Evandro Chagas (órgão do ministério da saúde) indicado por marcony, mas foi preso pela operação da pf por propinas de 1,6 milhões no próprio Instituto. Ora ora...

Agora tudo fez sentido o fato de tanto bandido, retardado e despreparado juntos em um só gov que é o pior da história.
Corrupção acima de tudo, propina e mamata acima de todos!

https://www.oantagonista.com/brasil/lob ... o-federal/

Avatar do usuário
Ro-crvg
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 9163
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:58
Localização: Natal/RN

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ro-crvg » 17 Set 2021, 17:50

Essa tal de ibovespa é comunista tá ok
Imagem

Avatar do usuário
Ro-crvg
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 9163
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:58
Localização: Natal/RN

Re: POLÍTICA NACIONAL XXII

Mensagem por Ro-crvg » 17 Set 2021, 20:45

GilsonVGPR escreveu:
14 Set 2021, 13:22
Ro-crvg escreveu:
12 Set 2021, 14:34
Diegão sumiu, acho que dos 3 era o que mais acreditava
Volte Diego, vamos construir pontes
:lol:

Ele sumiu logo depois daquela reportagem, na qual que o ex-assessor do flavin disse que devolvia 80% do salário pra ex-mulher do "dejair", e que este tirou dela o comando da rachadinha, após descobrir que ela o havia traído com um bombeiro.

Daí a galera começou a zoar. Ele se referiu aos que estavam zoando com a expressão "jardim de infância".

No que o Wagnersac escreveu "acusou o golpe".

Ele então retrucou que o Wagnersac fica estimulando o circo, e por isso as pessoas não se falam, mimimi, pipipi, popopó. E sumiu!
Eu jurava que ele tinha postado alguma depois daquilo
Imagem

Responder

Voltar para “Economia, Política e Temas Sociais”