DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Área reservada para tratarmos de assuntos diversos relativos ao futebol nacional.
Avatar do usuário
scinddan
Grande Benemérito
Grande Benemérito
Mensagens: 1571
Registrado em: 24 Dez 2015, 00:35
Localização: Indaial - SC

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por scinddan » 07 Abr 2016, 14:15

É tão simples, junta todos os clubes e vende o pacote da competição completa, como era no Clube dos 13.
Faz uma divisão mais justa.
Se 18 clubes quiserem se juntar, os outros 2 terão que aceitar.
Imagem

BoB
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 586
Registrado em: 31 Dez 2015, 15:01
Localização: Niterói - RJ

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por BoB » 07 Abr 2016, 14:21

Conhecendo o Eurico e seu poder perante os outros clubes e o futebol Brasileiro.

Eu acredito que o Vasco tenha fechado por uns 20 milhões/ano e já adiantado uns 95% deste valor, afinal de contas, o apartamento precisa ser comprado.

Avatar do usuário
alexandre.vasco
Júnior
Júnior
Mensagens: 2358
Registrado em: 29 Dez 2015, 21:41
Localização: Brasília - DF

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por alexandre.vasco » 07 Abr 2016, 17:56

http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com ... rinthians/

gambás colocando o pau na mesa da globo?!
Imagem

Avatar do usuário
Edinapedro
Júnior
Júnior
Mensagens: 1251
Registrado em: 06 Jan 2016, 07:42

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por Edinapedro » 07 Abr 2016, 20:06

Ridicularização do futebol Brasileiro essas atuais cotas.

Para o Vasco e outros não serem coadjuvantes no futuro, só se a dupla queridinha fazer muita merda ou um milagre como o que está acontecendo no Palmeira.

Avatar do usuário
scinddan
Grande Benemérito
Grande Benemérito
Mensagens: 1571
Registrado em: 24 Dez 2015, 00:35
Localização: Indaial - SC

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por scinddan » 09 Abr 2016, 15:40

http://blogdomenon.blogosfera.uol.com.b ... o-somadas/

Vasco pede regalias dadas a São Paulo e Flamengo. Somadas

O Vasco está propenso a acertar com as Organizações Globo os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de 2o19 a 2024. Negocia as três plataformas conjuntamente – televisão aberta, televisão fechada e direitos de pay per view, ao contrário do São Paulo, que assinou apenas para a televisão fechada.

O pedido vascaíno é baseado justamente nas negociações anteriores feitas pelo São Paulo e pelo Flamengo. Ele pede luvas (dinheiro na mão, sem necessidade de pagamento) de R$ 60 milhões, como o time paulista e pede também uma garantia de 18%na cota de pay-per-view, algo que foi garantido ao Flamengo.

As negociações por cotas de televisão ganharam muita força após a entrada do Esporte Interativo na briga. A emissora, aliada ao grupo Turner, oferece R$ 550 milhões aos clubes pelos direitos de transmissão apenas para a televisão fechada. Nessa plataforma, a Globo oferece R$ 100 milhões. Diante dessa diferença, os clubes passaram a ter mais poder de barganha e passaram a exigir luvas para acertarem com a Globo as três plataformas.

O Cade – Conselho de Administração de Defesa Econômica – tem agido para que a Globo não condicione as negociações à aceitação das três plataformas. Não pode dizer algo do tipo: “se você assinar com o EI, que paga mais na tevê fechada, nós te damos pouco na tevê aberta ou no pay per view''. A Globo, o Esporte Interativo e os clubes estão respondendo a um questionário com detalhadas questões sobre o assunto.
Imagem

Avatar do usuário
rafael.pereira
Júnior
Júnior
Mensagens: 3724
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:57

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por rafael.pereira » 09 Abr 2016, 15:47

scinddan escreveu:http://blogdomenon.blogosfera.uol.com.b ... o-somadas/

Vasco pede regalias dadas a São Paulo e Flamengo. Somadas

O Vasco está propenso a acertar com as Organizações Globo os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de 2o19 a 2024. Negocia as três plataformas conjuntamente – televisão aberta, televisão fechada e direitos de pay per view, ao contrário do São Paulo, que assinou apenas para a televisão fechada.

O pedido vascaíno é baseado justamente nas negociações anteriores feitas pelo São Paulo e pelo Flamengo. Ele pede luvas (dinheiro na mão, sem necessidade de pagamento) de R$ 60 milhões, como o time paulista e pede também uma garantia de 18%na cota de pay-per-view, algo que foi garantido ao Flamengo.

As negociações por cotas de televisão ganharam muita força após a entrada do Esporte Interativo na briga. A emissora, aliada ao grupo Turner, oferece R$ 550 milhões aos clubes pelos direitos de transmissão apenas para a televisão fechada. Nessa plataforma, a Globo oferece R$ 100 milhões. Diante dessa diferença, os clubes passaram a ter mais poder de barganha e passaram a exigir luvas para acertarem com a Globo as três plataformas.

O Cade – Conselho de Administração de Defesa Econômica – tem agido para que a Globo não condicione as negociações à aceitação das três plataformas. Não pode dizer algo do tipo: “se você assinar com o EI, que paga mais na tevê fechada, nós te damos pouco na tevê aberta ou no pay per view''. A Globo, o Esporte Interativo e os clubes estão respondendo a um questionário com detalhadas questões sobre o assunto.
Agora que já fez a besteira de antecipar 40 milhões reduzindo contrato de 2019/20?

E só um detalhe: Nas pesquisa do PPV flamengo nunca passou de 15%! Que porra é essa deles ter 18% fixos garantidos?

18% de 500 milhões (Valor corrigido pela Globo) seria 90 milhões só para os mulambos deixando os 410 milhões pra ser divididos para os demais!
Imagem

Avatar do usuário
rafael.pereira
Júnior
Júnior
Mensagens: 3724
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:57

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por rafael.pereira » 09 Abr 2016, 15:58

Vejam as pesquisas abaixo:

2008: flamengo 13,5%
http://globoesporte.globo.com/platb/olh ... s-numeros/

2010 - 2015: flamengo tem média de 15%
http://globoesporte.globo.com/blogs/esp ... visao.html

Então porque a Globo vai garantir 18% do PPV só pra eles? Que palhaçada é essa?
Imagem

Avatar do usuário
AlmiranteCRVG
Júnior
Júnior
Mensagens: 1769
Registrado em: 29 Dez 2015, 23:09
Localização: Natal - RN
Contato:

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por AlmiranteCRVG » 03 Mai 2016, 10:02

De quase rebaixado a campeão da Premier League: no Brasil, o sonho do Leicester jamais se tornaria real

13 de abril de 2015. 32 rodadas disputadas na Premier League. Restam apenas seis para o fim do campeonato. Com 25 pontos, o recém-promovido Leicester (de volta após 11 anos) ocupa a lanterna da competição. A 19ª rodada consecutiva na última posição. Entretanto, a permanência na elite, antes dada como improvável, já não parece ser assim tão inalcançável. O time tem um jogo a menos e está a apenas três pontos da saída da zona da degola. Cinco vitórias, um empate e só uma derrota depois, as Raposas celebram o que chegou a parecer impossível: a permanência na elite. 2 de maio de 2016. Um dia depois de empatar em 1 a 1 com o maior campeão inglês Man United em Old Trafford, o Leicester sequer precisa voltar a entrar em campo para ver o conto de fadas se tornar real. Com o empate do Tottenham com o Chelsea em Stamford Bridge, o impossível aconteceu: o Leicester conquistou o título inglês pela primeira vez em seus 132 anos de existência. Um cenário improvável até mesmo para um campeonato em que o dinheiro das negociações dos direitos de transmissão é dividido de forma equânime. Mas ainda mais improvável no Brasil, que tem um modelo individualista, egoísta, excludente e injusto.

No livro “Cotas de televisão do campeonato brasileiro: apartheid futebolístico e risco de espanholização” mostro que a Premier League, é a terceira maior liga de esportes (em faturamento) no mundo. Fica atrás apenas da NFL (liga de futebol americano) e MLB (liga de beisebol), à frente da NBA (liga de basquete profissional norte-americana). Desnecessário, dizer, portanto, que a Premier League é o principal campeonato nacional de futebol do mundo. De acordo com levantamento da Deloitte – Football Money League 2015 -, a liga inglesa faturou £ 3,4 bilhões na temporada 2014/15. Nove dos 20 clubes mais ricos do mundo disputam a Premier League, número que sobe para 17 entre os 30.

E, ao contrário do Brasil, a liga de futebol mais rica do planeta possui critérios bem definidos no que tange à distribuição das cotas referentes aos direitos de transmissão. O dinheiro da TV é dividido de duas formas. As vendas para os mercados externos são distribuídas igualitariamente entre todos os clubes – cada um recebe 5% do £ 1 bilhão por temporada. Já a receita obtida no mercado interno, que a partir de 2016/17 vai passar a ser de £ 1,712 bilhão por ano, é distribuído 50% igualitariamente entre todos; 25% baseados na classificação final da temporada anterior (o campeão recebendo 20 vezes mais o valor que recebe o último clube da lista); 25% variáveis de acordo com o número de jogos transmitidos na televisão.

Assim, o pequeno Leicester tenha encaixado £ 71,6 milhões, enquanto o campeão de 2014/15 Chelsea – clube que mais ganhou dinheiro de tevê – tenha recebido £ 99 milhões. Ao passo que o Man United, quarto colocado e maior campeão inglês de todos os tempos, levou £ 96,75 milhões. O clube que menos faturou foi o lanterna Queens Park Rangers: £ 64,9 milhões. A diferença do então campeão Chelsea para o lanterna QPR foi de 1.53:1. No Brasileirão 2016, que se inicia dentro de duas semanas, com os novos contratos, Flamengo e Corinthians vão faturar mais do que o dobro do Santos, clube que ganha mais do que outras 12 agremiações. Flamengo e Corinthians, a propósito, vão receber vão receber R$ 170 milhões, enquanto o Santa Cruz deverá ganhar R$ 26 mi (144 milhões a menos).

Esse modelo, é importante ressaltar, não apenas permitiu ao Leicester se tornar campeão inglês. Isso porque o nível de competitividade de um torneio vai além da possibilidade de um azarão ser campeão. A competitividade também se observa na forma como um time pequeno e com orçamento muito menor consegue fazer bons jogos e em alto nível contra gigantes, com orçamentos surreais. Ou quando você vê jogos espetaculares como foram Everton 3×4 Stoke City ou Everton 2×3 West Ham, ou seja, entre equipes médias e pequenas.

Enquanto no Brasil os novos contratos de TV aberta vão aprofundar ainda mais o fosso que separa alguns poucos incluídos dos muitos excluídos, a Premier League anunciou em janeiro de 2015 os valores do contrato de direitos de transmissão para o período de 2016 a 2019: £ 5,14 bilhões. Graças ao modelo de divisão das “cotas de TV”, a partir da próxima temporada (2016/17) qualquer clube da divisão de elite inglesa vai ser rico ou super rico. No Brasil, infelizmente, vamos ter dois clubes ainda super ricos, uma faixa intermediária de ricos, e um enorme fosso separando os demais protagonistas da competição.

Daniel Taylor, do The Guardian, em artigo que analisava o fenomenal Leicester , fez algumas observações interessantes. Se em 2000, ano em que o Leicester conquistou a Copa da Liga inglesa, o clube não teve como resistir à oferta de £ 11 milhões do Liverpool pelo centroavante Emile Heskey, agora vai ter plenas condições financeiras para segurar sua dupla atacante. A previsão de Taylor fazia sentido. Tanto é assim que o Leicester já renovou com o artilheiro Jamie Vardy e está na iminência de acertar a renovação do craque do camperonato Riyad Mahrez.

Em seu artigo, Taylor diz ainda que um executivo de um dos “big four” da Premier League confidenciou que os grandes esperam por um enorme desafio pela frente, com os bilhões do novo contrato com a TV. Como o próprio Taylor afirma, a diferença entre o topo e a parte de baixo vai se estreitando. Clubes não só como o Leicester, mas também West Ham, Southampton e Everton (que demonstram estar bem organizados), se forem audazes, podem mudar completamente o cenário do futebol inglês, disputando ponto a ponto o título com os grandes e desbancando alguns deles da Champions League.

Como expressão de manifestação cultural que é, o futebol mantém uma relação intrínseca com o meio social em que se encontra inserido. Mais do que qualquer outro esporte, o futebol traz em sua essência a capacidade única da representação simbólica, ajudando-nos a compreender seu meio. O futebol reflete, portanto, a sua realidade social, política e econômica. No Brasil, não seria diferente.

Nós, infelizmente, vivemos em um país de profundas desigualdades sociais, econômicas, raciais e de gênero. Vivemos um país dominado por uma elite excludente, que vê no processo de inclusão de um excluído não algo benéfico ao todo social, mas como uma ameaça aos seus poderes e privilégios estabelecidos.

O futebol brasileiro, portanto, apenas é um reflexo desta lógica excludente e segregadora que ainda persiste em existir no nosso país. É por isso que eu denominei a realidade do futebol nacional de “apartheid futebolístico” e em meu livro eu explico que se trata de uma analogia justamente ao que Cristovam Buarque tão bem definiu por “apartheid social”. Assim como em nossa sociedade, na qual, lamentavelmente, ainda temos uma classe de “incluídos” e excluídos, no futebol brasileiro também existem esses grupos antagônicos. E como tal, há uma luta constante entre aqueles que pretendem manter seus privilégios (os incluídos) e os que querem ter acesso aos recursos, para, assim, terem condições mínimas para que haja uma competição (os excluídos).

Se na Inglaterra o impossível se tornou possível e o improvável Leicester se sagrou campeão nacional, e a perspectiva é de um excitante equilíbrio com o acirramento da disputa pelo topo do maior campeonato de futebol do planeta nas próximas temporadas, no Brasil, infelizmente, tal cenário não passa de uma ilusão. Impossível, pelo menos, enquanto as cotas de TV forem tão injustas e desiguais.

Fonte: porcotasdetvjustas.com.br

Bisnaga
Promessa
Promessa
Mensagens: 44
Registrado em: 07 Jan 2016, 21:23

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por Bisnaga » 03 Mai 2016, 10:10

sinceramente?
acho que no brasil nunca teremos cotas distribuídas igual como é feito na premier league por pura ignorância de nossos cartolas.

Avatar do usuário
alexandre.vasco
Júnior
Júnior
Mensagens: 2358
Registrado em: 29 Dez 2015, 21:41
Localização: Brasília - DF

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por alexandre.vasco » 03 Mai 2016, 10:24

se todos se unissem contra fla e gambá eu queria ver

mas todos só pensam em si e dá nisso.
Imagem

Diego Vascão
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 584
Registrado em: 14 Mar 2016, 13:44

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por Diego Vascão » 03 Mai 2016, 10:39

alexandre.vasco escreveu:se todos se unissem contra fla e gambá eu queria ver

mas todos só pensam em si e dá nisso.
Mitou.

VASCO, Bostafogo, Flores
Sp, Santos, Parmêra
Galinha e as Marias em minas
Inter e Gaymio
+ Times do Nordeste.

Queria ver.

Mas são idiotas e individualistas demais pra isso.

Avatar do usuário
Renan
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 1900
Registrado em: 23 Dez 2015, 21:18
Localização: Rio de Janeiro

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por Renan » 03 Mai 2016, 11:14

Fiz as contas outro dia

Todos os clubes da série A podiam ganhar 80M igualitariamente

Ou 50M/60M e tirar 30M/20M de cada p distribuir para o final do brasileiro , de acordo com tabela

Acho q a globo deveria aumentar esse valor , mas um passo de cada vez
Primeiro vms distribuir melhor os valores p depois aumentar eles

O ideal p mim seria 100M p cada igualitariamente (nesse caso o "ideal" é somente como base analisando os valores , n essa forma de distribuição) ou 80M p cada , tirando 20M de todos os clubes e distribuindo esse valor no final de acordo com a tabela do brasileiro

Agr , sobre a forma de distribuição , respeito qm acha q tem q ser igual p todo mundo , mas discordo
P mim tem q ter uma parte destinada a tabela do brasileiro
Imagem


/+/ RIIIO DE JANEIROOO , BRAAAASILEIROO , MEU IRMÃO , EU SOU EU SOU EU SOU , VAAASCO DA GAMAA , TANTAS VEZES CAMPEÃO /+/

Avatar do usuário
Renan
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 1900
Registrado em: 23 Dez 2015, 21:18
Localização: Rio de Janeiro

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por Renan » 03 Mai 2016, 11:18

Diego Vascão escreveu:
alexandre.vasco escreveu:se todos se unissem contra fla e gambá eu queria ver

mas todos só pensam em si e dá nisso.
Mitou.

VASCO, Bostafogo, Flores
Sp, Santos, Parmêra
Galinha e as Marias em minas
Inter e Gaymio
+ Times do Nordeste.

Queria ver.

Mas são idiotas e individualistas demais pra isso.
o problema é q todos os grandes q vc citou ganham mais do jeito atual , do q se fosse mais divido , por isso n largam o osso

Agr , os clubes nordestinos n tem sentindo nenhum eles serem citados , é claro q eles preferem as cotas divididas , tanto q tão migrando p Turner
Imagem


/+/ RIIIO DE JANEIROOO , BRAAAASILEIROO , MEU IRMÃO , EU SOU EU SOU EU SOU , VAAASCO DA GAMAA , TANTAS VEZES CAMPEÃO /+/

Avatar do usuário
scinddan
Grande Benemérito
Grande Benemérito
Mensagens: 1571
Registrado em: 24 Dez 2015, 00:35
Localização: Indaial - SC

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por scinddan » 03 Mai 2016, 12:14

Totalmente igual é uma utopia, mas e diferença não pode ser tão gritante como é atualmente.
Imagem

SkilsiMet
Promessa
Promessa
Mensagens: 7
Registrado em: 02 Jun 2016, 16:52

Re DIVISAO DAS COTAS DE TV

Mensagem por SkilsiMet » 03 Jun 2016, 10:24

Analise Comparativa dos Numeros sobre Golos e Assistencias dos 3 Grandes por Posicao - Epoca 2014/2015 ate 27?Jornada

_______________
зверополис смотреть онлайн

Avatar do usuário
alexandre.vasco
Júnior
Júnior
Mensagens: 2358
Registrado em: 29 Dez 2015, 21:41
Localização: Brasília - DF

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por alexandre.vasco » 03 Jun 2016, 11:00

''upador'' de tópicos
Imagem

Avatar do usuário
AlmiranteCRVG
Júnior
Júnior
Mensagens: 1769
Registrado em: 29 Dez 2015, 23:09
Localização: Natal - RN
Contato:

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por AlmiranteCRVG » 12 Jul 2016, 09:41

Rever, Rafael Vaz, Leandro Damião, Donatti e possivelmente agora Diego nos Mulambos..

é..parece que o efeito está começando aparecer..

Avatar do usuário
Colina da Vitória
Júnior
Júnior
Mensagens: 2157
Registrado em: 03 Jan 2016, 11:41
Localização: Rio de Janeiro

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por Colina da Vitória » 12 Jul 2016, 09:52

Espanholização é desculpa de quem não consegue aumentar as receitas, apenas diminui-as. Se ao menos conseguíssemos alcançar o patamar de São paulo, Palmeiras e Internacional, poderíamos reclamar de alguma coisa.

Avatar do usuário
vigo
Júnior
Júnior
Mensagens: 3618
Registrado em: 04 Jan 2016, 08:58

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por vigo » 12 Jul 2016, 11:06

Renan escreveu:Fiz as contas outro dia

Todos os clubes da série A podiam ganhar 80M igualitariamente

Ou 50M/60M e tirar 30M/20M de cada p distribuir para o final do brasileiro , de acordo com tabela

Acho q a globo deveria aumentar esse valor , mas um passo de cada vez
Primeiro vms distribuir melhor os valores p depois aumentar eles

O ideal p mim seria 100M p cada igualitariamente (nesse caso o "ideal" é somente como base analisando os valores , n essa forma de distribuição) ou 80M p cada , tirando 20M de todos os clubes e distribuindo esse valor no final de acordo com a tabela do brasileiro

Agr , sobre a forma de distribuição , respeito qm acha q tem q ser igual p todo mundo , mas discordo
P mim tem q ter uma parte destinada a tabela do brasileiro

Pois é, este é o jeito de ter um campeonato melhor e mais equilibrado!
Eu colocaria nesta conta as 20 equipes da Série B e C, não dá pra ter um abismo entre as Séries!
Seriam 50 ou mais equipes botando no rabo da Globo e da dupla mulambetes-gambás, mas aqui cada um prefere ver o seu umbigo, então...
depois ninguém entende a falência do futebol tupiniquim, com Sandros Silva da vida ganhando 100mil/mês, Rafael Vaz - reserva da Série B sendo disputado e recebendo 150mil/mês!

Avatar do usuário
diogobsb81
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 857
Registrado em: 04 Mai 2016, 06:33

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por diogobsb81 » 12 Jul 2016, 11:11

os clubes querem lutar sozinhos por benefícios individuais..como todo brasileiro também faz...o problema da ganancia e do egoismo é do brasileiro e reflete isso nos clubes. cada um por si e os outros que se explodam...ai ta nisso que vemos..estádios vazios e futebol endividado.

Avatar do usuário
VASCORAGEM
Profissional
Profissional
Mensagens: 4569
Registrado em: 31 Dez 2015, 10:01
Localização: Rio de Janeiro - RJ, Brasil

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por VASCORAGEM » 12 Jul 2016, 11:17

Tá na cara que o modelo vigente que impera hoje em dia está errado. Enquanto permanecer errado, o futebol brasileiro continuará com estádios vazios e nível pífio.
Imagem

Avatar do usuário
Cheder
Grande Benemérito
Grande Benemérito
Mensagens: 10323
Registrado em: 23 Dez 2015, 22:13

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por Cheder » 18 Out 2016, 02:56

"Emissoras rivais explicam por que não concorrem com Globo pelo Brasileiro"
http://rodrigomattos.blogosfera.uol.com ... rasileiro/

"Desde o início do ano, o Cade abriu um processo para investigar um possível monopólio da Globo em direitos de transmissão esportivos."


Nossa CADE, será que existe monopólio? será?

"O SBT também se mostrou interessado no Brasileiro e apontou cinco problemas principais no modelo de negociação de direitos da competição. Vamos lista-los abaixo:

a) Falta de uma liga ou associação para negociar em bloco pelos clubes com o fim do Clube dos 13; b) Falta de regulação transparente no processo para definir a venda sem exclusividade; c) Negociação em bloco de todos os campeonatos, regionais, nacionais e sul-americanos; d) Ausência de proibição a pagamentos antecipados na hora da renovação de contratos, o que desestimula a entrada de TVs novas; e) Calendário dos jogos e horários de transmissão que não estimulam presença do público e deixam times dependentes de TVs."


O ponto b levantado pelo SBT bate em cheio no que eu penso. Porque caralhos a transmissão em TV aberta deve ser exclusiva? sendo escolha da TV que comprar repassar ou não. Isso só beneficia a globo.

Por mim, todas as TVs interessadas e que obviamente pagassem o estipulado teriam o direito de transmitir. Daria muito mais dinheiro para os clubes e seria mais democrático com o telespectador que escolheria o jogo ou a transmissão que mais gosta. Quem tem que ter primazia são os clubes e os telespectadores e não porra de canal de televisão.

A coisa se estenderia também pras TVs fechadas. Já no PPV quem tivesse a estrutura necessária tb poderia entrar na disputa.

O SBT, mais uma vez corretíssimo.

Avatar do usuário
Tarcísio
Júnior
Júnior
Mensagens: 3419
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:48

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por Tarcísio » 18 Out 2016, 06:25

Pega a arrecadação do Vasco e da na mão da chapecoense, eles viram uma potência. É muito amadorismo.
Imagem

Avatar do usuário
scinddan
Grande Benemérito
Grande Benemérito
Mensagens: 1571
Registrado em: 24 Dez 2015, 00:35
Localização: Indaial - SC

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por scinddan » 18 Out 2016, 12:12

Cheder escreveu:"Emissoras rivais explicam por que não concorrem com Globo pelo Brasileiro"
http://rodrigomattos.blogosfera.uol.com ... rasileiro/

"Desde o início do ano, o Cade abriu um processo para investigar um possível monopólio da Globo em direitos de transmissão esportivos."


Nossa CADE, será que existe monopólio? será?

"O SBT também se mostrou interessado no Brasileiro e apontou cinco problemas principais no modelo de negociação de direitos da competição. Vamos lista-los abaixo:

a) Falta de uma liga ou associação para negociar em bloco pelos clubes com o fim do Clube dos 13; b) Falta de regulação transparente no processo para definir a venda sem exclusividade; c) Negociação em bloco de todos os campeonatos, regionais, nacionais e sul-americanos; d) Ausência de proibição a pagamentos antecipados na hora da renovação de contratos, o que desestimula a entrada de TVs novas; e) Calendário dos jogos e horários de transmissão que não estimulam presença do público e deixam times dependentes de TVs."


O ponto b levantado pelo SBT bate em cheio no que eu penso. Porque caralhos a transmissão em TV aberta deve ser exclusiva? sendo escolha da TV que comprar repassar ou não. Isso só beneficia a globo.

Por mim, todas as TVs interessadas e que obviamente pagassem o estipulado teriam o direito de transmitir. Daria muito mais dinheiro para os clubes e seria mais democrático com o telespectador que escolheria o jogo ou a transmissão que mais gosta. Quem tem que ter primazia são os clubes e os telespectadores e não porra de canal de televisão.

A coisa se estenderia também pras TVs fechadas. Já no PPV quem tivesse a estrutura necessária tb poderia entrar na disputa.

O SBT, mais uma vez corretíssimo.
A Ponte Preta não tinha assinado com EI e Sportv, alegando que nada impedia ela de assinar com mais e uma emissora?
Por mim o VASCO faria isso tbm.

Mas na verdade o que o futebol brasileiro precisa era a volta do C13 (ou criação de um grupo com outro nome, mas que tenha a mesma função).
Aí sim negociaria o pacote do Campeonato Brasileiro completo.
Imagem

Savatage
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 680
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:00
Localização: Rio Verde - Goiás

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por Savatage » 18 Out 2016, 12:45

eu continuo achando que cada clube deveria negociar com quem quiser, mas deveria impor a quantidade de jogos que deveria ser televisionado no contrato... acho uma merda uns times ter 9/10 jogos outros 3/4, exposição ajuda muito a aumentar torcida, o futebol brasileiro está um fiasco em todos os pontos, acho que a tv tem muito a ver com isso... outra coisa.. todos esses contratos deveriam estar disponíveis em algum portal (talvez no próprio CADE), para que todo mundo tivesse acesso... transparência já começaria por aí.. enfim..

Avatar do usuário
AlmiranteCRVG
Júnior
Júnior
Mensagens: 1769
Registrado em: 29 Dez 2015, 23:09
Localização: Natal - RN
Contato:

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por AlmiranteCRVG » 05 Jan 2017, 23:29

Globo turbina cotas dos 4 grandes e renova Gaúcho e Mineiro por mais 5 anos

A Globo e Globosat renovaram por mais cinco anos os contratos de transmissão do Gaúcho e do Mineiro, pelo período que começa este ano e se estende até 2021, para todas as mídias (TV aberta, fechada e pay-per-view).

Grêmio, Internacional, Atlético-MG e Cruzeiro, os quatro principais clubes das duas praças, tiveram aumento substancial de receitas, fruto da negociação do pacote, realizada pela Globo diretamente com as federações estaduais, o blog apurou.

Entre os principais estaduais, a Globo já havia renovado o contrato de transmissão do Paulista e negocia o do Estadual do Rio, no qual só o Flamengo não fechou ainda.

A negociação esbarra em questões políticas do clube com a Federação do Rio, que respingam na questão de TV.

Como no Brasil o que decide as transmissões é a Lei Pelé e não o mando de campo, caso não assine com a Globo, o Flamengo não terá seus jogos transmitidos por ninguém.

A Lei Pelé dita que para que uma partida seja exibida, os dois times têm que ter contratos com uma mesma emissora.

As tratativas dos direitos de TV passaram a ficar mais acirradas desde a introdução do Esporte Interativo, rival do SporTV, pelos direitos do Brasileiro.

Fonte: Blog do Ohata - UOL

umvascaino
Promessa
Promessa
Mensagens: 149
Registrado em: 05 Ago 2016, 22:58

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por umvascaino » 07 Jan 2017, 23:50

é uma pena ver os clubes reféns da má-fé e incompetência de seus dirigentes

a Globo apenas se aproveita disso

Avatar do usuário
AlmiranteCRVG
Júnior
Júnior
Mensagens: 1769
Registrado em: 29 Dez 2015, 23:09
Localização: Natal - RN
Contato:

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por AlmiranteCRVG » 29 Mar 2017, 11:47

Globo apresenta nova divisão de cotas a clubes
Emissora lançou proposta que deixará distribuição menos desigual

A Globo reuniu no último sábado 21 clubes para apresentar um novo modelo de divisão de cotas de televisão. Os atuais contratos dos times serão encerrados em 2018, e a nova proposta da emissora é para um ciclo de seis anos, a ser iniciado em 2019. A novidade é o modelo mais equilibrado, mais próximo de algumas das ligas europeias.

O novo modelo passará a dividir as cotas da seguinte maneira: 40% da quantia total será espalhada igualmente entre os clubes, 30% será referente ao número de partidas transmitidas para cada equipe e, por fim, os últimos 30% serão distribuídos conforme a performance esportiva no ano anterior.

Como as negociações são individuais, a decisão da Globo não necessariamente será uma realidade. Ainda assim, a apresentação para os clubes é o começo da negociação que visa diminuir o incômodo de alguns times com as disparidades de valores do modelo atual. Desde 2016, a emissora carioca já vinha com o plano de mudar as cotas.

Participaram da reunião do último fim de semana América-MG, Atlético-GO, Atlético-MG, Avaí, Brasil de Pelotas, Chapecoense, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Internacional, Londrina, Náutico, Ponte Preta, São Paulo, Sport, Santa Cruz, Vasco, Vila Nova e Vitória.

A mudança da Globo tem relação com a entrada da Esporte Interativo na luta pelos direitos televisivos do Campeonato Brasileiro. A emissora da Turner conseguiu os contratos de alguns times para os torneios nacionais de 2019 a 2024 na televisão fechada.

Na última quinta-feira, o presidente do Atlético Paranaense, Mario Celso Petraglia, afirmou em reunião no clube que as cinco equipes que fecharam com o Esporte Interativo e estão na Série A (Atlético Paranaense, Coritiba, Palmeiras, Santos e Bahia) negociarão com a Globo em conjunto pelos direitos de televisão na rede aberta no ciclo de 2019 a 2024.

A irritação do dirigente era pela divisão de todos os segmentos que envolvem direitos televisivos. “Há uma grande injustiça na divisão do PPV. O Atlético não se conforma com isso e vamos melhorar, assim como melhoramos a TV fechada, vamos melhorar aberta e PPV. Acreditamos que em 2019 vamos dobrar o que recebemos”, afirmou.

Pelo menos o Santos já confirmou a negociação em conjunto. Os cinco times deverão marcar a primeira reunião em breve.

Fonte: Maquina do Esporte (UOL)

Avatar do usuário
vigo
Júnior
Júnior
Mensagens: 3618
Registrado em: 04 Jan 2016, 08:58

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por vigo » 29 Mar 2017, 11:56

Pau no cu da Globo! O modelo proposto ainda é uma baita merda, pois dá a TV o poder de decidir quem ganha mais.
O modelo tem que ser por mérito técnico acima de tudo, logo:
1) 60% divide igual, afinal o produto é de todos;
2) 30% mérito técnico, isto é colocação no ano anterior e,
3) 10% por exibição/atração.

Digo mais, deveria envolver coletivamente a negociação das Série A, B e C, ou seja 60 times se cuidando e botando no rabo dos gambás/mulambos/grobo.

Avatar do usuário
felippelima
Júnior
Júnior
Mensagens: 1075
Registrado em: 04 Jan 2016, 14:15

Re: DIVISÃO DAS COTAS DE TV

Mensagem por felippelima » 29 Mar 2017, 12:17

Pode igualar a cota de flamengo e Vasco do Eurico que eles ainda vão continuar recebendo uns 200 ou 300 milhões a mais que nós. O problema que os casaquistas acham o maior, é, na verdade, o menor deles. Só um exemplo, só de renda com estádio em 2016 o Palmeiras faturou 90% do valor que arrecada com a Globo

Problema do Vasco é incompetência, não tem nada a ver com Globo


Voltar para “Assuntos Diversos - Futebol Nacional”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante