ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Área Histórica e de História do Fórum NETVASCO, destinada a arquivar os Tópicos antigos de Jogos, Jogadores e integrantes da Comissão Técnica, postadas um dia em nosso Fórum, que tem como um dos principais diferenciais, manter intacta toda a sua História de 2004 até os dias atuais.
fernando_crvg
Promessa
Promessa
Mensagens: 140
Registrado em: 03 Jan 2016, 16:30

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por fernando_crvg » 15 Fev 2018, 14:05

Parabéns Zé Ricardo... excelente trabalho... é nítido que tem a confiança dos jogadores e ele faz por onde para ter esta confiança...

Que continue este trabalho por mt tempo...

Avatar do usuário
ArthurVasco2
Júnior
Júnior
Mensagens: 1077
Registrado em: 05 Jan 2016, 19:15

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por ArthurVasco2 » 15 Fev 2018, 14:24

:pos: :pos: :pos: :pos:

Rodi77
Promessa
Promessa
Mensagens: 12
Registrado em: 23 Jan 2016, 21:13

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Rodi77 » 15 Fev 2018, 14:30

Muito bom treinador.
Boa sorte sempre!

Avatar do usuário
felippelima
Júnior
Júnior
Mensagens: 1209
Registrado em: 04 Jan 2016, 14:15

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por felippelima » 15 Fev 2018, 14:35

Tiago Borges escreveu:
15 Fev 2018, 12:33
felippelima escreveu:
15 Fev 2018, 11:34
Muita gente acha que futebol é igual video game mesmo, se vc tiver alguém jogando mais que o outro, esse cara tem que ser titular e foda-se as características/esquema tático. Eu vejo muita gente pedindo Rildo no lugar do Wagner, Paulinho centralizado, Fabrício na lateral direita e tudo mais. Acontece que isso é um jogo coletivo, e que as características dos jogadores e sua função em campo são mais importantes que a sua simples posição

Por exemplo, ontem o que o Wagner fez ninguém nesse elenco teria condições de fazer. Ele é "ponta" e o Rildo também, mas um procura o fundo e abre o campo, enquanto o outro centraliza e deixa o corredor pro lateral. O Henrique é um jogador de beirada, que vai ao fundo e joga conduzindo a bola. Ou seja, se colocasse um outro jogador de corredor por ali o time ia perder o meio campo, além de ficar menos com a bola num jogo onde era fundamental ter paciência pra furar a retranca. Do outro lado é o contrário, o Pikachu é um lateral de construção, sempre com a cabeça erguida procurando o último passe ou o chute, centralizando o jogo. Quem dá amplitude é o Paulinho, que sempre abre pras jogadas individuais no 1x1. A mesma coisa com relação ao Rios e Riascos, não é questão de quem cria mais ou quem é melhor. O ponto é que são jogadores completamente diferentes, um ataca o espaço e sempre tenta virar de frente pro gol, o outro é mais físico e desafoga o time por fazer sempre o pivô. Com o Riascos se perde o toque de bola e o time ficar bem mais pronto pra contra atacar, entre outras coisas

O que tem que ser entendido é que o Zé Ricardo já deu o seu famoso padrão de jogo pro time, e se for mudar alguma coisa pode ter certeza que ele vai tentar mexer o menos possível nas características das peças, porque é tão difícil ver um time encaixar como o Vasco vem encaixando e não vale a pena colocar isso tudo em cheque pra fulano, que é um pouquinho mais produtivo que ciclano, jogar
Eu penso diferente. Já vi que vc é desses "entendedores de futebol" que amam um centroavante com "função tática" de marcar os zagueiros, rs. Mas vamos lá:
Estamos no início do ano. Carioca está aí para testar formações e combinações de elenco. Wagner vai perder a vaga dele simplesmente pq temos melhores opções no banco. E vc vai ver isso se tornar realidade, pq é óbvio e necessário. Quanto ao Rios, infelizmente não temos ninguém para a posição e se o Zé continuar com a cabeça dura de insistir com ele, o Vasco vai continuar com défict na posição. Esse problema não aparece tanto agora, pegando times pequenos, mas quando o bicho pegar e os jogos difíceis ocorrerem, vamos sentir falta, e talvez já vai ser tarde para experimentar novas opções.
No meio do ano não venha dizer que o Zé é burro, isso ou aquilo. Pq a torcida do vasco é assim: o técnico começa umas partidas bem, ele é ídolo, perde algumas já é uma ameba.
Outra coisa que mostra a cabeça de futebol = video game. Vida real não é só 11 contra 11 dentro de um campo não, tem muita coisa envolvida além de quem produz mais ou menos. Futebol é confiança, ego, torcedor empolgado, entrosamento, combinação, tempo de jogo juntos... Teste de variações táticas se faz em treino, jogo treino ou jogo resolvido, partida oficial é pra chegar com o time pronto e TALVEZ testar algumas peças sem descaracterizar o que estão acostumados a fazer

Ou vc acha que o Vasco, fudido do jeito que tá a quase 20 anos, com o torcedor cansado de tomar porrada como vem tomando, com o filme mais queimado que qualquer outra coisa, pode se dar ao direito de entrar em campo pra testar??? E pior, correr o risco de perder num jogo de carioca que não vale nada e jogar a confiança de um time que tá voando lá em baixo???

Avatar do usuário
Nbreno
Promessa
Promessa
Mensagens: 223
Registrado em: 01 Jan 2016, 19:12
Localização: Petrolina - PE

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Nbreno » 15 Fev 2018, 14:41

Ro-crvg escreveu:
15 Fev 2018, 13:24
felippelima escreveu:
15 Fev 2018, 11:34
Muita gente acha que futebol é igual video game mesmo, se vc tiver alguém jogando mais que o outro, esse cara tem que ser titular e foda-se as características/esquema tático. Eu vejo muita gente pedindo Rildo no lugar do Wagner, Paulinho centralizado, Fabrício na lateral direita e tudo mais. Acontece que isso é um jogo coletivo, e que as características dos jogadores e sua função em campo são mais importantes que a sua simples posição

Por exemplo, ontem o que o Wagner fez ninguém nesse elenco teria condições de fazer. Ele é "ponta" e o Rildo também, mas um procura o fundo e abre o campo, enquanto o outro centraliza e deixa o corredor pro lateral. O Henrique é um jogador de beirada, que vai ao fundo e joga conduzindo a bola. Ou seja, se colocasse um outro jogador de corredor por ali o time ia perder o meio campo, além de ficar menos com a bola num jogo onde era fundamental ter paciência pra furar a retranca. Do outro lado é o contrário, o Pikachu é um lateral de construção, sempre com a cabeça erguida procurando o último passe ou o chute, centralizando o jogo. Quem dá amplitude é o Paulinho, que sempre abre pras jogadas individuais no 1x1. A mesma coisa com relação ao Rios e Riascos, não é questão de quem cria mais ou quem é melhor. O ponto é que são jogadores completamente diferentes, um ataca o espaço e sempre tenta virar de frente pro gol, o outro é mais físico e desafoga o time por fazer sempre o pivô. Com o Riascos se perde o toque de bola e o time ficar bem mais pronto pra contra atacar, entre outras coisas

O que tem que ser entendido é que o Zé Ricardo já deu o seu famoso padrão de jogo pro time, e se for mudar alguma coisa pode ter certeza que ele vai tentar mexer o menos possível nas características das peças, porque é tão difícil ver um time encaixar como o Vasco vem encaixando e não vale a pena colocar isso tudo em cheque pra fulano, que é um pouquinho mais produtivo que ciclano, jogar
perfeito, para o lugar do Wagner o Giovani e o Galhardo seriam o mais indicado, foi nítido e perda de posse de bola quando o Wagner saiu, o Vasco só se recuperou quando o Galhardo entrou.
Perfeito!
✠ Vasco sempre! ✠

Avatar do usuário
Tiago Borges
Júnior
Júnior
Mensagens: 1182
Registrado em: 13 Jan 2018, 21:32

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Tiago Borges » 15 Fev 2018, 15:33

felippelima escreveu:
15 Fev 2018, 14:35
Tiago Borges escreveu:
15 Fev 2018, 12:33
felippelima escreveu:
15 Fev 2018, 11:34
Muita gente acha que futebol é igual video game mesmo, se vc tiver alguém jogando mais que o outro, esse cara tem que ser titular e foda-se as características/esquema tático. Eu vejo muita gente pedindo Rildo no lugar do Wagner, Paulinho centralizado, Fabrício na lateral direita e tudo mais. Acontece que isso é um jogo coletivo, e que as características dos jogadores e sua função em campo são mais importantes que a sua simples posição

Por exemplo, ontem o que o Wagner fez ninguém nesse elenco teria condições de fazer. Ele é "ponta" e o Rildo também, mas um procura o fundo e abre o campo, enquanto o outro centraliza e deixa o corredor pro lateral. O Henrique é um jogador de beirada, que vai ao fundo e joga conduzindo a bola. Ou seja, se colocasse um outro jogador de corredor por ali o time ia perder o meio campo, além de ficar menos com a bola num jogo onde era fundamental ter paciência pra furar a retranca. Do outro lado é o contrário, o Pikachu é um lateral de construção, sempre com a cabeça erguida procurando o último passe ou o chute, centralizando o jogo. Quem dá amplitude é o Paulinho, que sempre abre pras jogadas individuais no 1x1. A mesma coisa com relação ao Rios e Riascos, não é questão de quem cria mais ou quem é melhor. O ponto é que são jogadores completamente diferentes, um ataca o espaço e sempre tenta virar de frente pro gol, o outro é mais físico e desafoga o time por fazer sempre o pivô. Com o Riascos se perde o toque de bola e o time ficar bem mais pronto pra contra atacar, entre outras coisas

O que tem que ser entendido é que o Zé Ricardo já deu o seu famoso padrão de jogo pro time, e se for mudar alguma coisa pode ter certeza que ele vai tentar mexer o menos possível nas características das peças, porque é tão difícil ver um time encaixar como o Vasco vem encaixando e não vale a pena colocar isso tudo em cheque pra fulano, que é um pouquinho mais produtivo que ciclano, jogar
Eu penso diferente. Já vi que vc é desses "entendedores de futebol" que amam um centroavante com "função tática" de marcar os zagueiros, rs. Mas vamos lá:
Estamos no início do ano. Carioca está aí para testar formações e combinações de elenco. Wagner vai perder a vaga dele simplesmente pq temos melhores opções no banco. E vc vai ver isso se tornar realidade, pq é óbvio e necessário. Quanto ao Rios, infelizmente não temos ninguém para a posição e se o Zé continuar com a cabeça dura de insistir com ele, o Vasco vai continuar com défict na posição. Esse problema não aparece tanto agora, pegando times pequenos, mas quando o bicho pegar e os jogos difíceis ocorrerem, vamos sentir falta, e talvez já vai ser tarde para experimentar novas opções.
No meio do ano não venha dizer que o Zé é burro, isso ou aquilo. Pq a torcida do vasco é assim: o técnico começa umas partidas bem, ele é ídolo, perde algumas já é uma ameba.
Outra coisa que mostra a cabeça de futebol = video game. Vida real não é só 11 contra 11 dentro de um campo não, tem muita coisa envolvida além de quem produz mais ou menos. Futebol é confiança, ego, torcedor empolgado, entrosamento, combinação, tempo de jogo juntos... Teste de variações táticas se faz em treino, jogo treino ou jogo resolvido, partida oficial é pra chegar com o time pronto e TALVEZ testar algumas peças sem descaracterizar o que estão acostumados a fazer

Ou vc acha que o Vasco, fudido do jeito que tá a quase 20 anos, com o torcedor cansado de tomar porrada como vem tomando, com o filme mais queimado que qualquer outra coisa, pode se dar ao direito de entrar em campo pra testar??? E pior, correr o risco de perder num jogo de carioca que não vale nada e jogar a confiança de um time que tá voando lá em baixo???
É complicado esse pensamento engessado. Gente que tem medo de arriscar e de experimentar coisas novas (principalmente em jogos que não valem nada, vide carioca) nunca evoluem na vida. Por isso que brasileiro é assim, rs.
Mas vamos lá:
Treino serve, como ja diz a palavra, para TREINAR. Só vai saber se realmente dá certo se colocar para jogar na prática. Esses problemas que o Vasco tem, hão de ser corrigidos uma hora! se não agora, será feito depois. E aí, terá que se "testar" no meio do brasileirão.
Eu voto para testar agora, começo de temporada, carioca, contra times mais fáceis, do que ter que improvisar mudanças às pressas no meio da temporada.
Repito: depois não venham chamar o técnico de burro, vcs tão corroborando para o engessamento tático/técnico do time.
:band: -=/+/A Cruz de Malta é o meu pendão/+/=- :band:

SempreNetVasco
Promessa
Promessa
Mensagens: 494
Registrado em: 16 Jan 2018, 10:09

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por SempreNetVasco » 15 Fev 2018, 16:07

Zé Ricardiola está mitando no Gigante. E tem gente que me achava maluco em acreditar no Título dessa Libertadores . O Vasco atualmente apresenta o melhor futebol do Brasil. Eu acredito sim que essa libertadores será nossa.

Sandro-Louzada
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 973
Registrado em: 01 Jun 2016, 09:50
Localização: Vitoria - ES

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Sandro-Louzada » 15 Fev 2018, 16:58

felippelima escreveu:
15 Fev 2018, 11:34
Muita gente acha que futebol é igual video game mesmo, se vc tiver alguém jogando mais que o outro, esse cara tem que ser titular e foda-se as características/esquema tático. Eu vejo muita gente pedindo Rildo no lugar do Wagner, Paulinho centralizado, Fabrício na lateral direita e tudo mais. Acontece que isso é um jogo coletivo, e que as características dos jogadores e sua função em campo são mais importantes que a sua simples posição

Por exemplo, ontem o que o Wagner fez ninguém nesse elenco teria condições de fazer. Ele é "ponta" e o Rildo também, mas um procura o fundo e abre o campo, enquanto o outro centraliza e deixa o corredor pro lateral. O Henrique é um jogador de beirada, que vai ao fundo e joga conduzindo a bola. Ou seja, se colocasse um outro jogador de corredor por ali o time ia perder o meio campo, além de ficar menos com a bola num jogo onde era fundamental ter paciência pra furar a retranca. Do outro lado é o contrário, o Pikachu é um lateral de construção, sempre com a cabeça erguida procurando o último passe ou o chute, centralizando o jogo. Quem dá amplitude é o Paulinho, que sempre abre pras jogadas individuais no 1x1. A mesma coisa com relação ao Rios e Riascos, não é questão de quem cria mais ou quem é melhor. O ponto é que são jogadores completamente diferentes, um ataca o espaço e sempre tenta virar de frente pro gol, o outro é mais físico e desafoga o time por fazer sempre o pivô. Com o Riascos se perde o toque de bola e o time ficar bem mais pronto pra contra atacar, entre outras coisas

O que tem que ser entendido é que o Zé Ricardo já deu o seu famoso padrão de jogo pro time, e se for mudar alguma coisa pode ter certeza que ele vai tentar mexer o menos possível nas características das peças, porque é tão difícil ver um time encaixar como o Vasco vem encaixando e não vale a pena colocar isso tudo em cheque pra fulano, que é um pouquinho mais produtivo que ciclano, jogar
Exatamente! Pikachu esta jogando bem justamente pq Wellignton tem feito a cobertura e muitas vezes triplicando a marcacao no setor com a ajuda do Paulinho. Isso confunde muito o adversario, Paulinho cai pela esquerda, direita e centro, Evander tem aproveitado muito esse espaco e fazendo muita infiltracao. Tem hora que Pikachu é ponta direita e Paulinho ponta esquerda, Wellington vira lateral direito e Wagner faz o papel de meia, tem hora que Pikachu nao sobe e Wagner avanca, dando espacos ate pro Henrique subir. Se Rildo entrar no lugar do Wagner, perdemos essa movimentacao, Rildo é ponta esquerda e nada mais. Talvez o Galhardo dê mais movimentacao e velocidade que o Wagner, vamos rezar para o Giovanni Augusto estar disposto a mostrar servico, teremos muitas opcoes de meias e pontas, so estou preocupado com um reserva imediato do Desabato.

Avatar do usuário
Stormtrooper
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 892
Registrado em: 12 Jan 2016, 02:03

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Stormtrooper » 15 Fev 2018, 17:34

Ao contrário da maioria, eu não acho que o Vasco precisa de um "goleador". Gosto muito desse estilo de jogo "descentralizado", sem um cara responsável pelos gols, sendo a prioridade o coletivo. Estaria satisfeito com um jogador no estilo do Ríos, só que com mais categoria... pensando assim o Rafael Marques seria até interessante...
Imagem

Avatar do usuário
Pedro Dorileo
Júnior
Júnior
Mensagens: 1106
Registrado em: 03 Jan 2018, 06:29
Localização: Cuiabá - MT
Contato:

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Pedro Dorileo » 15 Fev 2018, 19:22

Stormtrooper escreveu:
15 Fev 2018, 17:34
Ao contrário da maioria, eu não acho que o Vasco precisa de um "goleador". Gosto muito desse estilo de jogo "descentralizado", sem um cara responsável pelos gols, sendo a prioridade o coletivo. Estaria satisfeito com um jogador no estilo do Ríos, só que com mais categoria... pensando assim o Rafael Marques seria até interessante...
pelo amor de deus...se você quer alguém com mais qualidade, não é possivel pedir rafael marques

esse é horrivel, fora que ao contrário de jogar descentralizado, ele vive enfiado no meio dos zagueiros

pelo cruzeiro foi reserva, em 19 jogos meteu 1 gol, 0 assistencias

pelo palmeiras em 2016~~2017 só jogou 35 partidas, fazendo 6 gols e 3 assistencias, muito pouco pelo seu custo.

no melhor ano dele nas pepas paulistas, 2015, jogou 56 jogos, marcando 15 gols e contribuindo com 5 assistencias

temos um jogador visivelmente em declinio físico e técnico, ganhando um salário fora de realidade ( do inflado custo brasil ), e que não resolveria nosso problema, e pásmem, foi reserva nos dois times que jogou nos últimos 3 anos, times que um enfrentaremos na libertadores, enquanto o outro é tido como melhor elenco do pais e rico, que não quis o mesmo.
Imagem

\+\ Enquanto SITUAÇÃO e OPOSIÇÃO brigam, o Vasco sofre. /+/

Avatar do usuário
Matheus
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 5316
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:33

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Matheus » 15 Fev 2018, 20:21

Pra quem gosta dos números:

Imagem
Aproveitamento em criação de tópico de jogos:

36 Jogos: 10 Vitórias / 14 Empates / 12 Derrotas

Luca
Promessa
Promessa
Mensagens: 175
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:29

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Luca » 15 Fev 2018, 21:03

Sobre o jogo:
https://gigantedacolinaexpress.wordpres ... -sintonia/
Procurei focar principalmente nesse estilo de jogo que o Zé procura imprimir. Já tinha alguns resquícios em 2017, principalmente após a entrada de Evander no lugar de Jean. Temos como exemplo o jogo contra o Santos e contra o Atlético-MG. Mas agora após as trocas, utilizando-se da entrada de Desábato e Evander, que para mim são as bases desse estilo de jogo, pôde-se imprimir isto. Não foi falado no texto, mas é bom destacar o papel do Ricardo na saída, também.
Twitter: @gigante_express

Arongar
Promessa
Promessa
Mensagens: 294
Registrado em: 04 Jan 2016, 17:38

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Arongar » 15 Fev 2018, 21:05

Matheus escreveu:
15 Fev 2018, 20:21
Pra quem gosta dos números:

Imagem
Eh ... Pelos números o Vasco tá sobrando nesse início de temporada. Pra desespero do RMP e toda a flapress

Avatar do usuário
Pedro Vieira
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 2043
Registrado em: 02 Jan 2016, 00:18

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Pedro Vieira » 15 Fev 2018, 21:29

Temos mais uma final na semana que vem, contra o Jorge Wilstermann lá.

Precisamos manter o time concentrado, o River tomou de 3 lá, é possível que aconteça uma tragédia se acharmos que já tá ganho, o Vasco não pode entrar em oba oba nenhum.

O Ze Ricardo sabe disso e vai preparar nossa equipe, quanto a isso estou tranquilo.

Entre a segunda partida contra o Jorge Wilstermann e a estreia na fase de grupos contra o Universidad do Chile nós teremos 5 partidas no Carioca, incluindo um clássico contra o Fluminense.

Acredito que é a grande chance de rodar o elenco, espero que o Ze Ricardo faça isso. Só assim saberemos quais as melhores peças para montar o time para encararmos a fase de grupos.

Espero que ele reconheça também até lá a necessidade de contratar um camisa 9. Precisamos de um jogador alto, forte e que seja bom no pivô e no jogo aéreo. Nosso elenco não tem nenhuma peça assim depois das saídas do Thalles e do Luis Fabiano. Considero ambas corretíssimas, mas precisamos de reposição, de pelo menos um nome que jogue como eles.

Jogar com o Rios e o Riascos de Centroavante é tortura, fizemos 10 gols em 3 jogos e nenhum gol foi de um deles. Centroavante precisa fazer gols, é uma posição que vive disso. As opções que temos da base ou não possuem as características necessárias pra jogar de 9 (Paulo Vitor e Caio Monteiro não são esses jogadores, são baixos e franzinos demais pra ser) ou não estão prontos (Hugo Borges não foi unanimidade nem na Copa São Paulo, contestado por muitos por aqui).

Avatar do usuário
Pedro Dorileo
Júnior
Júnior
Mensagens: 1106
Registrado em: 03 Jan 2018, 06:29
Localização: Cuiabá - MT
Contato:

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Pedro Dorileo » 15 Fev 2018, 22:11

fora o medo no meio do ano de vir uma equipe chinesa ou árabe, embora o zé não pareça ser do tipo que abandona a barca
Imagem

\+\ Enquanto SITUAÇÃO e OPOSIÇÃO brigam, o Vasco sofre. /+/

Arongar
Promessa
Promessa
Mensagens: 294
Registrado em: 04 Jan 2016, 17:38

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Arongar » 15 Fev 2018, 22:48

Sandro-Louzada escreveu:
15 Fev 2018, 16:58
felippelima escreveu:
15 Fev 2018, 11:34
Muita gente acha que futebol é igual video game mesmo, se vc tiver alguém jogando mais que o outro, esse cara tem que ser titular e foda-se as características/esquema tático. Eu vejo muita gente pedindo Rildo no lugar do Wagner, Paulinho centralizado, Fabrício na lateral direita e tudo mais. Acontece que isso é um jogo coletivo, e que as características dos jogadores e sua função em campo são mais importantes que a sua simples posição

Por exemplo, ontem o que o Wagner fez ninguém nesse elenco teria condições de fazer. Ele é "ponta" e o Rildo também, mas um procura o fundo e abre o campo, enquanto o outro centraliza e deixa o corredor pro lateral. O Henrique é um jogador de beirada, que vai ao fundo e joga conduzindo a bola. Ou seja, se colocasse um outro jogador de corredor por ali o time ia perder o meio campo, além de ficar menos com a bola num jogo onde era fundamental ter paciência pra furar a retranca. Do outro lado é o contrário, o Pikachu é um lateral de construção, sempre com a cabeça erguida procurando o último passe ou o chute, centralizando o jogo. Quem dá amplitude é o Paulinho, que sempre abre pras jogadas individuais no 1x1. A mesma coisa com relação ao Rios e Riascos, não é questão de quem cria mais ou quem é melhor. O ponto é que são jogadores completamente diferentes, um ataca o espaço e sempre tenta virar de frente pro gol, o outro é mais físico e desafoga o time por fazer sempre o pivô. Com o Riascos se perde o toque de bola e o time ficar bem mais pronto pra contra atacar, entre outras coisas

O que tem que ser entendido é que o Zé Ricardo já deu o seu famoso padrão de jogo pro time, e se for mudar alguma coisa pode ter certeza que ele vai tentar mexer o menos possível nas características das peças, porque é tão difícil ver um time encaixar como o Vasco vem encaixando e não vale a pena colocar isso tudo em cheque pra fulano, que é um pouquinho mais produtivo que ciclano, jogar
Exatamente! Pikachu esta jogando bem justamente pq Wellignton tem feito a cobertura e muitas vezes triplicando a marcacao no setor com a ajuda do Paulinho. Isso confunde muito o adversario, Paulinho cai pela esquerda, direita e centro, Evander tem aproveitado muito esse espaco e fazendo muita infiltracao. Tem hora que Pikachu é ponta direita e Paulinho ponta esquerda, Wellington vira lateral direito e Wagner faz o papel de meia, tem hora que Pikachu nao sobe e Wagner avanca, dando espacos ate pro Henrique subir. Se Rildo entrar no lugar do Wagner, perdemos essa movimentacao, Rildo é ponta esquerda e nada mais. Talvez o Galhardo dê mais movimentacao e velocidade que o Wagner, vamos rezar para o Giovanni Augusto estar disposto a mostrar servico, teremos muitas opcoes de meias e pontas, so estou preocupado com um reserva imediato do Desabato.
Hj o elenco tá com opções que proporcionam variações de esquemas, táticas e formas de jogo, com jogadores com características distintas que permitem o treinador fazer isso. É bom pq VC fica mais sólido como equipe.
Sobre o reserva do Desabato esse é um dos gaps do elenco, que são.
1- Goleiro reserva
2- Lateral direito reserva
3- 1° volante reserva
4- Centroavante goleador
Desses buracos 3 deles podem ser resolvidos internamente.

Félix e um razoável goleiro, tem tranquilidade e frieza que faltava ao Jordi, lhe falta ritmo de jogo e tempo de bola. Tem que botar pra jogar no carioca.

LD. R. Galhardo não pode ter desaprendido a jogar, tá faltando jogar pra voltar a ter confiança, e ainda tem o França na base e o Luiz Gustavo que joga por lá. Galhardo e Pikachu em forma e teremos uma das melhores laterais do Brasil. Disputa acirrada

Volante. Essa é a mais preocupante pq o Desabato é nosso único jogador. Espero que o Zé tente fazer o Andrey agarrar essa oportunidade, talento ele tem. 2018 pro Andrey pode ser o que 2017 foi pro Paulinho ou Evander, o ano de ascensão.

Centroavante é que ao meu ver não tem muito o que fazer, é ir ao mercado. O cara que a gente precisa seria o Thalles se ele decidisse vingar pro futebol, mas ele não decide. Tinha tudo pra tá ser o nosso 9 titular, metendo gol a todo e sendo cotado pra seleção e tudo pow

Avatar do usuário
Coxinha
Profissional
Profissional
Mensagens: 4116
Registrado em: 02 Jan 2016, 01:09

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Coxinha » 15 Fev 2018, 22:53

To chocado com a quantidade de gols q o Vasco fez nesses jogos. Ta certo q o time e bem superior, mas mesmo assim ano passado pegamos alguns times horriveis em Sao Janu e no Maracana e nao conseguimos acertar um chute a gol.

Tem tudo pra conseguir montar um time bastante competitivo com a volta do Breno e a entrada do Giovanni Augusto.
Imagem

Avatar do usuário
leandror
Júnior
Júnior
Mensagens: 1553
Registrado em: 30 Dez 2015, 22:59

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por leandror » 15 Fev 2018, 23:07

Não acho bem superior. Vasco venceu jogando bola. Aproveitando as falhas dos adversários. Elenco bem treinado. Zé tem o controle do plantel. Meses atrás metade do time teria ido ao desfile.
@lmlr_vg

Avatar do usuário
Pedro Dorileo
Júnior
Júnior
Mensagens: 1106
Registrado em: 03 Jan 2018, 06:29
Localização: Cuiabá - MT
Contato:

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Pedro Dorileo » 16 Fev 2018, 01:01

Arongar escreveu:
15 Fev 2018, 22:48
Sandro-Louzada escreveu:
15 Fev 2018, 16:58
felippelima escreveu:
15 Fev 2018, 11:34
Muita gente acha que futebol é igual video game mesmo, se vc tiver alguém jogando mais que o outro, esse cara tem que ser titular e foda-se as características/esquema tático. Eu vejo muita gente pedindo Rildo no lugar do Wagner, Paulinho centralizado, Fabrício na lateral direita e tudo mais. Acontece que isso é um jogo coletivo, e que as características dos jogadores e sua função em campo são mais importantes que a sua simples posição

Por exemplo, ontem o que o Wagner fez ninguém nesse elenco teria condições de fazer. Ele é "ponta" e o Rildo também, mas um procura o fundo e abre o campo, enquanto o outro centraliza e deixa o corredor pro lateral. O Henrique é um jogador de beirada, que vai ao fundo e joga conduzindo a bola. Ou seja, se colocasse um outro jogador de corredor por ali o time ia perder o meio campo, além de ficar menos com a bola num jogo onde era fundamental ter paciência pra furar a retranca. Do outro lado é o contrário, o Pikachu é um lateral de construção, sempre com a cabeça erguida procurando o último passe ou o chute, centralizando o jogo. Quem dá amplitude é o Paulinho, que sempre abre pras jogadas individuais no 1x1. A mesma coisa com relação ao Rios e Riascos, não é questão de quem cria mais ou quem é melhor. O ponto é que são jogadores completamente diferentes, um ataca o espaço e sempre tenta virar de frente pro gol, o outro é mais físico e desafoga o time por fazer sempre o pivô. Com o Riascos se perde o toque de bola e o time ficar bem mais pronto pra contra atacar, entre outras coisas

O que tem que ser entendido é que o Zé Ricardo já deu o seu famoso padrão de jogo pro time, e se for mudar alguma coisa pode ter certeza que ele vai tentar mexer o menos possível nas características das peças, porque é tão difícil ver um time encaixar como o Vasco vem encaixando e não vale a pena colocar isso tudo em cheque pra fulano, que é um pouquinho mais produtivo que ciclano, jogar
Exatamente! Pikachu esta jogando bem justamente pq Wellignton tem feito a cobertura e muitas vezes triplicando a marcacao no setor com a ajuda do Paulinho. Isso confunde muito o adversario, Paulinho cai pela esquerda, direita e centro, Evander tem aproveitado muito esse espaco e fazendo muita infiltracao. Tem hora que Pikachu é ponta direita e Paulinho ponta esquerda, Wellington vira lateral direito e Wagner faz o papel de meia, tem hora que Pikachu nao sobe e Wagner avanca, dando espacos ate pro Henrique subir. Se Rildo entrar no lugar do Wagner, perdemos essa movimentacao, Rildo é ponta esquerda e nada mais. Talvez o Galhardo dê mais movimentacao e velocidade que o Wagner, vamos rezar para o Giovanni Augusto estar disposto a mostrar servico, teremos muitas opcoes de meias e pontas, so estou preocupado com um reserva imediato do Desabato.
Hj o elenco tá com opções que proporcionam variações de esquemas, táticas e formas de jogo, com jogadores com características distintas que permitem o treinador fazer isso. É bom pq VC fica mais sólido como equipe.
Sobre o reserva do Desabato esse é um dos gaps do elenco, que são.
1- Goleiro reserva
2- Lateral direito reserva
3- 1° volante reserva
4- Centroavante goleador
Desses buracos 3 deles podem ser resolvidos internamente.

Félix e um razoável goleiro, tem tranquilidade e frieza que faltava ao Jordi, lhe falta ritmo de jogo e tempo de bola. Tem que botar pra jogar no carioca.

LD. R. Galhardo não pode ter desaprendido a jogar, tá faltando jogar pra voltar a ter confiança, e ainda tem o França na base e o Luiz Gustavo que joga por lá. Galhardo e Pikachu em forma e teremos uma das melhores laterais do Brasil. Disputa acirrada

Volante. Essa é a mais preocupante pq o Desabato é nosso único jogador. Espero que o Zé tente fazer o Andrey agarrar essa oportunidade, talento ele tem. 2018 pro Andrey pode ser o que 2017 foi pro Paulinho ou Evander, o ano de ascensão.

Centroavante é que ao meu ver não tem muito o que fazer, é ir ao mercado. O cara que a gente precisa seria o Thalles se ele decidisse vingar pro futebol, mas ele não decide. Tinha tudo pra tá ser o nosso 9 titular, metendo gol a todo e sendo cotado pra seleção e tudo pow
onde assino?
Imagem

\+\ Enquanto SITUAÇÃO e OPOSIÇÃO brigam, o Vasco sofre. /+/

Avatar do usuário
reverend
Promessa
Promessa
Mensagens: 278
Registrado em: 31 Dez 2015, 20:19
Localização: São Paulo, SP

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por reverend » 16 Fev 2018, 08:30

rapaz... com todas as limitações do time na teoria, o cara tá fazendo milagre com o time na prática.
nosso melhor treinador em muitos anos!

confesso que no começo eu fiquei extremamente receoso, porque no flabosta ele montava time retranqueiro (e quando chegou aqui, também colocou o time na retranca na maior parte do tempo), mas o Vasco desse ano tá o oposto. time tá bem ofensivo, bem encaixado, produzindo bastante, deixando pouquíssimos buracos, todo mundo marcando e jogando pelo time (Evander que as vezes empolga mais do que devia)... fica bem nítido que o ambiente tá muito bom.

e eu começo a desconfiar também que o tropeço no carioca foi meio que de propósito, pra focar em preparação pra libertadores... e na moral, se foi o caso, tá de parabéns também, porque carioca não compensa tem uns 18 anos. já cansei de sugerir que jogassem o carioca com time misto ou de juniores, e pegasse todo o começo de ano como "pré-temporada" pro elenco principal...
Imagem

Avatar do usuário
Pedro Vieira
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 2043
Registrado em: 02 Jan 2016, 00:18

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Pedro Vieira » 17 Fev 2018, 01:51

Depois do jogo contra o Jorge Wilstermann fora de casa que será mais uma final e acredito que o Zé Ricardo vá conseguir passar de fase, eu utilizaria os jogos que irão acontecer entre essa segunda partida na Bolívia e a fase de grupos na Libertadores como um período de testes para rodarmos o elenco.

Iria com a seguinte equipe na volta do Vasco ao Carioca:

João Pedro, Rafael Galhardo, Werley, Erazo, Fabricio, Bruno Cosendey, Andrey, Thiago Galhardo, Giovanni Augusto, Caio Monteiro e Paulo Vitor.

No segundo tempo eu daria chance ao Alan Cardoso, ao Bruno Paulista e ao Hugo Borges.

Nosso time titular merece um descanso, essas peças precisam de mais minutos em campo, seria interessante vê-los jogar.

Arongar
Promessa
Promessa
Mensagens: 294
Registrado em: 04 Jan 2016, 17:38

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Arongar » 17 Fev 2018, 04:42

Pedro Vieira escreveu:
17 Fev 2018, 01:51
Depois do jogo contra o Jorge Wilstermann fora de casa que será mais uma final e acredito que o Zé Ricardo vá conseguir passar de fase, eu utilizaria os jogos que irão acontecer entre essa segunda partida na Bolívia e a fase de grupos na Libertadores como um período de testes para rodarmos o elenco.

Iria com a seguinte equipe na volta do Vasco ao Carioca:

João Pedro, Rafael Galhardo, Werley, Erazo, Fabricio, Bruno Cosendey, Andrey, Thiago Galhardo, Giovanni Augusto, Caio Monteiro e Paulo Vitor.

No segundo tempo eu daria chance ao Alan Cardoso, ao Bruno Paulista e ao Hugo Borges.

Nosso time titular merece um descanso, essas peças precisam de mais minutos em campo, seria interessante vê-los jogar.
Queria muito ver essa formação também, mas acho que vai de Félix no gol e B. Paulista no lugar do Cosendey. Alguns jogadores daí claramente precisam de ritmo como o R. Galhardo, G. Augusto e outros de oportunidades pra se firmarem como opções imediatas. Tanto Andrey quanto Cosendey precisam carimbar pro Zé que são os imediatos do Desabato e Wellington. Não dá pra eles perderem vaga pro B. Paulista.
PV é outro que se mostrar serviço numa posição carente que é a de Centroavante marca seu espaço no elenco

Avatar do usuário
Pedro Dorileo
Júnior
Júnior
Mensagens: 1106
Registrado em: 03 Jan 2018, 06:29
Localização: Cuiabá - MT
Contato:

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Pedro Dorileo » 17 Fev 2018, 17:08

Arongar escreveu:
17 Fev 2018, 04:42
Pedro Vieira escreveu:
17 Fev 2018, 01:51
Depois do jogo contra o Jorge Wilstermann fora de casa que será mais uma final e acredito que o Zé Ricardo vá conseguir passar de fase, eu utilizaria os jogos que irão acontecer entre essa segunda partida na Bolívia e a fase de grupos na Libertadores como um período de testes para rodarmos o elenco.

Iria com a seguinte equipe na volta do Vasco ao Carioca:

João Pedro, Rafael Galhardo, Werley, Erazo, Fabricio, Bruno Cosendey, Andrey, Thiago Galhardo, Giovanni Augusto, Caio Monteiro e Paulo Vitor.

No segundo tempo eu daria chance ao Alan Cardoso, ao Bruno Paulista e ao Hugo Borges.

Nosso time titular merece um descanso, essas peças precisam de mais minutos em campo, seria interessante vê-los jogar.
Queria muito ver essa formação também, mas acho que vai de Félix no gol e B. Paulista no lugar do Cosendey. Alguns jogadores daí claramente precisam de ritmo como o R. Galhardo, G. Augusto e outros de oportunidades pra se firmarem como opções imediatas. Tanto Andrey quanto Cosendey precisam carimbar pro Zé que são os imediatos do Desabato e Wellington. Não dá pra eles perderem vaga pro B. Paulista.
PV é outro que se mostrar serviço numa posição carente que é a de Centroavante marca seu espaço no elenco
Só vejo um problema no post, goleiros só são testados em jogos grandes de verdade, Alessandro por exemplo foi banco do pras muito tempo, quando precisamos... se lembram do rebaixamento né

Esse João Pedro e muito novo
Imagem

\+\ Enquanto SITUAÇÃO e OPOSIÇÃO brigam, o Vasco sofre. /+/

Pasche
Promessa
Promessa
Mensagens: 25
Registrado em: 23 Dez 2017, 16:23

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Pasche » 17 Fev 2018, 19:10

O Vasco evoluiu graças ao Zé e o Zé também evoluiu. Repara que ele substitui perfeitamente. No último jogo, quando o Jorge Weriwrowkrle tava começando a gostar do jogo, não optou pela retranca que técnicos como Cristóvão e vários outros fariam para segurar uma boa vantagem de 2x0 e partiu pra cima com Riascos e Riberildo. Foi recompensado.

Hoje em dia eu vejo que tudo o que o Zé faz é pensado e ele tem o completo domínio do time. Neste último ponto, acho que a saída do Nenê foi essencial, porque ele usa aquele salto 15cm e faz biquinho quando fica no banco. Eu DUVIDO que o time estaria se movimentando tão bem se estivesse com o Nenê em campo, a não ser que estivesse no lugar do Wagner, o que eu novamente duvido que aceitaria fazer sem dar show.

Se o Zé continuar evoluindo do jeito que evoluiu, dá uns 3 anos pra não ver se ele não se torna um treinador de nível internacional.

crashbandicoot
Promessa
Promessa
Mensagens: 75
Registrado em: 17 Abr 2016, 18:13
Localização: Goiânia

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por crashbandicoot » 17 Fev 2018, 20:51

Não vi todos os jogos esse ano. Mas todos que eu vi (da liberta por exemplo), o vasco entrou como o time superior, o favorito, os adversários respeitando d+. Quando o jorge wilstermann começou a gostar do jogo, percebi uma certa fragilidade no time. Quase fizeram lambança.

Esses são os jogos que me preocupa, mesmo sabendo do excelente trabalho q vem sendo feito.

antoniovasco
Promessa
Promessa
Mensagens: 170
Registrado em: 02 Out 2016, 19:55

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por antoniovasco » 17 Fev 2018, 20:53

O Zé para mim não é mais promessa é realidade, desde que assumiu o time depois daquela goleada feia para o Bahia, o time foi outro nível.... o cara arrumou uma defesa que era a pior do Brasíl disparado; para ser uma das menos vazadas, e agora repete o filme ; sendo que ele perdeu toda defesa do ano passado e o time continua sólido na defesa e rápido nas definições... más tem um detalhe importantíssimo nisso tudo que falei. O maior reforço do time sem nenhuma dúvida foi a saída do firula... o Nenê mata qualquer esquema tático com suas firulas , o Vasco hoje é outro time.

Arongar
Promessa
Promessa
Mensagens: 294
Registrado em: 04 Jan 2016, 17:38

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Arongar » 18 Fev 2018, 07:17

Pedro Dorileo escreveu:
17 Fev 2018, 17:08
Arongar escreveu:
17 Fev 2018, 04:42
Pedro Vieira escreveu:
17 Fev 2018, 01:51
Depois do jogo contra o Jorge Wilstermann fora de casa que será mais uma final e acredito que o Zé Ricardo vá conseguir passar de fase, eu utilizaria os jogos que irão acontecer entre essa segunda partida na Bolívia e a fase de grupos na Libertadores como um período de testes para rodarmos o elenco.

Iria com a seguinte equipe na volta do Vasco ao Carioca:

João Pedro, Rafael Galhardo, Werley, Erazo, Fabricio, Bruno Cosendey, Andrey, Thiago Galhardo, Giovanni Augusto, Caio Monteiro e Paulo Vitor.

No segundo tempo eu daria chance ao Alan Cardoso, ao Bruno Paulista e ao Hugo Borges.

Nosso time titular merece um descanso, essas peças precisam de mais minutos em campo, seria interessante vê-los jogar.
Queria muito ver essa formação também, mas acho que vai de Félix no gol e B. Paulista no lugar do Cosendey. Alguns jogadores daí claramente precisam de ritmo como o R. Galhardo, G. Augusto e outros de oportunidades pra se firmarem como opções imediatas. Tanto Andrey quanto Cosendey precisam carimbar pro Zé que são os imediatos do Desabato e Wellington. Não dá pra eles perderem vaga pro B. Paulista.
PV é outro que se mostrar serviço numa posição carente que é a de Centroavante marca seu espaço no elenco
Só vejo um problema no post, goleiros só são testados em jogos grandes de verdade, Alessandro por exemplo foi banco do pras muito tempo, quando precisamos... se lembram do rebaixamento né

Esse João Pedro e muito novo
Verdade. Na época de Prass o Alessandro não parecia tão ruim, mas não dava pra notar pq o Prass jogava quase todas as partidas. Isso nos custou um rebaixamento.
Por isso quero ver o Félix antes. O João Pedro ainda precisa de mais "cancha", como diziam os mais antigos, mais tarimba

Murilo_bergami
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 996
Registrado em: 16 Jan 2017, 21:12
Localização: Vitória - ES
Contato:

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Murilo_bergami » 19 Fev 2018, 12:04

Ótimas análises dos amigos, papo de alto nível, gostei de ver. Só queria dizer que o Zé ricardo até agora é nosso melhor técnico em MUITO tempo. Eu daria um contrato vitalício pra ele, ou de no mínimo 5 anos. Esse cara se deixarem trabalhar vai ser o nosso Pocchetino. Sem sacanagem...eu só quero ele usando o estadual pra dar rodagem em todo o elenco e oportunizar a molecada que não entra nos jogos...os que não têm entrado e os que ainda não estrearam, tipo o giovanni. Se ele fizer isso estarei completamente satisfeito. Tô confiante demais nesse elenco, no nível que estamos jogando já no ínicio de temporada, como eles estão fechados e integrados desde o ano passado. Acredito demais na importância desse fator de elenco unido e sem vaidades...clima de vestiário faz diferença demais. E o zé é o cara que comanda essa vibe boa...se continuarmos assim não vejo como não termos um bom ano.

Avatar do usuário
Spider
Júnior
Júnior
Mensagens: 2840
Registrado em: 04 Jan 2016, 09:47

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Spider » 19 Fev 2018, 13:46

O ataque tem funcionado muito bem, é verdade, mas vale ressaltar o trabalho do Zé com o sistema defensivo também. A defesa que era um dos pontos fortes do time na reta final ano passado foi TODA desfeita. Estamos jogando com uma dupla de zaga que nunca havia jogado antes, outro LD e LE e outro volante. E mesmo com todas essas peças novas e pouco tempo o Zé conseguiu dar uma solidez grande pra defesa.

Palitin
Júnior
Júnior
Mensagens: 3792
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:25

Re: ZÉ RICARDO (TÉCNICO) II

Mensagem por Palitin » 19 Fev 2018, 13:58

Tá fazendo milagre. Já falei isso várias vezes.

Pode não parecer, pode parecer que nosso time não é tão limitado assim e que não tem tantas carências como alguns torcedores falam, mas sim, o time é muito limitado e tem muitas carências.

Muito desse "camuflagem" é pelo ótimo plano tático que o Zé Ricardo conseguiu implementar em tão pouco tempo. E, o principal, o vestiário. A gestão de pessoas é fundamental pra um elenco vencedor. Mais até do que o material humano, eu diria.

Que seja eterno no Vasco!
Imagem

Trancado

Voltar para “Galeria NETVASCO - Futebol Profissional”