POLÍTICA NACIONAL X

Área Histórica e de História do Fórum NETVASCO, destinada a arquivar os Tópicos antigos da área \'Economia, Política e Temas Sociais\' , postadas um dia em nosso Fórum, que tem como um dos principais diferenciais, manter intacta toda a sua História de 2004 até os dias atuais.
Avatar do usuário
mariobvn
Júnior
Júnior
Mensagens: 3565
Registrado em: 30 Dez 2015, 18:59

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por mariobvn » 15 Abr 2018, 00:13

Q vergonhoso a PGR aceitar denuncia de "ameaca" baseado em prints de uma pessoa q ja foi diagnotsticada com Mitomania. Um claro sinal de vies ideologico de mais alto escalão do MP.
Nem vou falar da acusão de racismo, pq esse é ainda mais ridiculo! Enquanto isso outros corruptos e q sao de fato criminosos como Gleise, Aecio, Jucá entre outros, eles nada falam.

Avatar do usuário
Cheder
Grande Benemérito
Grande Benemérito
Mensagens: 12306
Registrado em: 23 Dez 2015, 22:13

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Cheder » 15 Abr 2018, 01:10

mariobvn escreveu:
15 Abr 2018, 00:13
Q vergonhoso a PGR aceitar denuncia de "ameaca" baseado em prints de uma pessoa q ja foi diagnotsticada com Mitomania. Um claro sinal de vies ideologico de mais alto escalão do MP.
Nem vou falar da acusão de racismo, pq esse é ainda mais ridiculo! Enquanto isso outros corruptos e q sao de fato criminosos como Gleise, Aecio, Jucá entre outros, eles nada falam.
A PGR não aceita, apenas oferece a denúncia ao STF.

Cabe ao STF aceitar ou rejeitar.

Realmente me envergonha muito...
YOU'VE WAGED A WAR OF NERVES, BUT YOU CAN'T CRUSH THE KINGDOM

Avatar do usuário
MILITAR
Júnior
Júnior
Mensagens: 1780
Registrado em: 01 Jan 2016, 17:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por MILITAR » 15 Abr 2018, 09:38

Cheder escreveu:
15 Abr 2018, 01:10
mariobvn escreveu:
15 Abr 2018, 00:13
Q vergonhoso a PGR aceitar denuncia de "ameaca" baseado em prints de uma pessoa q ja foi diagnotsticada com Mitomania. Um claro sinal de vies ideologico de mais alto escalão do MP.
Nem vou falar da acusão de racismo, pq esse é ainda mais ridiculo! Enquanto isso outros corruptos e q sao de fato criminosos como Gleise, Aecio, Jucá entre outros, eles nada falam.
A PGR não aceita, apenas oferece a denúncia ao STF.

Cabe ao STF aceitar ou rejeitar.

Realmente me envergonha muito...

Patrícia Lelis, a rainha da mentira. E parece que vem como candidata a deputada federal pelo PSOL. :affs:
Imagem

Avatar do usuário
Cheder
Grande Benemérito
Grande Benemérito
Mensagens: 12306
Registrado em: 23 Dez 2015, 22:13

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Cheder » 19 Abr 2018, 12:21

Temos uma ENXURRADA de deputados, senadores, vereadores comunistas/socialistas tentando incitar uma luta armada dentro do país. Vejo esses vagabundos falando em derramar sangue, matar gente pra recuperar o poder, chamando os amigos jihadistas para aderirem a "luta", enquanto isso a digníssima PGR está elaborando peçinhas contra piadas e prints e celular...
YOU'VE WAGED A WAR OF NERVES, BUT YOU CAN'T CRUSH THE KINGDOM

Avatar do usuário
CPV
Promessa
Promessa
Mensagens: 338
Registrado em: 31 Dez 2015, 13:53

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por CPV » 19 Abr 2018, 15:45

Nem participo do debate de politica aqui, mas a esquerda (principalmente os petistas) tá passando dos limites já. Onde vamos parar? Tem muita gente má intencionada.

Essa Gleisi é uma doente mental, incitando ódio pro Oriente Médio. Qual a finalidade de dar uma entrevista, falar de "golpe" da midia (Globo é direita agora? hahaha) e ainda citar que as diretrizes do governo são dos EUA. Ou seja, falou de indiretamente que os EUA controlam aqui. Será que ela nao sabe que os EUA são odiados praqueles lados? rsrsrs

é uma baita de FILHA DA PUTA!

Avatar do usuário
vivinho
Promessa
Promessa
Mensagens: 404
Registrado em: 04 Jan 2018, 09:30

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por vivinho » 19 Abr 2018, 16:16

A verdade é que Aécio virou réu graças a um complô do Congresso. Querem provar que ele é culpado? Testem ele nas urnas esse ano! Respeitem a democracia! Porque sem Aécio, sem dúvida alguma a eleição desse ano é um golpe, tramado por esses meninos do MPF, dessa República de Curitiba que tenta colocar o Brasil de joelhos, com STF e tudo. Nesse momento, vocês podem até censurá-lo, prendê-lo, amordaçá-lo, mas Aécio já não é mais um homem de carne e osso, um ser humano normal: ele é uma ideia, espalhada em milhões de corações. Enquanto não provarem seus atos ilícitos, no mínimo com um recibo de corrupção assinado por ele, qualquer condenação sua é um ato ditatorial, desse Estado de exceção que tomou conta do país, bancado pela Globo, e que precisa ser denunciado para o mundo. Resista, guerreiro! #Aécio2018

- DITO POR NINGUÉM, JAMAIS

Avatar do usuário
Cheder
Grande Benemérito
Grande Benemérito
Mensagens: 12306
Registrado em: 23 Dez 2015, 22:13

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Cheder » 20 Abr 2018, 14:37

Para quem não sabe do projeto de poder que foi instalado na América Latina e a causa de toda a desgraça no continente, aqui vai uma vídeo extremamente didático. Beleza para os ouvidos e para os olhos.

YOU'VE WAGED A WAR OF NERVES, BUT YOU CAN'T CRUSH THE KINGDOM

Avatar do usuário
mariobvn
Júnior
Júnior
Mensagens: 3565
Registrado em: 30 Dez 2015, 18:59

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por mariobvn » 26 Abr 2018, 00:39


Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 9093
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Mohammed Lisboa » 26 Abr 2018, 09:13

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/ ... -rio.ghtml

Não falta nada nesse país mesmo...aqui tudo cresce, com a ignorância do povo.
FORA EURICO!!

Avatar do usuário
edu_vascao
Júnior
Júnior
Mensagens: 2718
Registrado em: 24 Dez 2015, 10:57

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por edu_vascao » 26 Abr 2018, 11:13

Mohammed Lisboa escreveu:
26 Abr 2018, 09:13
https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/ ... -rio.ghtml

Não falta nada nesse país mesmo...aqui tudo cresce, com a ignorância do povo.
JA falei, isso daqui virou uma anarquia ha muito tempo... ninguem respeita mais nada, todo mundo acha q pode fazer qlq coisa e na maioria das vezes estao certos, reflexo da falencia da coisa publica... nao tem educacao em casa pois ja nao pode dar tapinha ou botar de castigo q ja eh tortura, qdo tem em casa nao tem na escola... ai faz merda ja eh dificil a policia correr atras e prender, qdo prende nao ha lei forte suficiente para punir de maneira adequada, mas qdo prende tem o judiciario eh leniente e solta com qlq desculpinha barata...
Imagem
O dia da crianca tambem eh o dia do animal
pena de morte para corrupcao
#separario
Supremos Traidores Federais
Ja pode prender o Lula?

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 9093
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Mohammed Lisboa » 26 Abr 2018, 11:17

edu_vascao escreveu:
26 Abr 2018, 11:13
Mohammed Lisboa escreveu:
26 Abr 2018, 09:13
https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/ ... -rio.ghtml

Não falta nada nesse país mesmo...aqui tudo cresce, com a ignorância do povo.
JA falei, isso daqui virou uma anarquia ha muito tempo... ninguem respeita mais nada, todo mundo acha q pode fazer qlq coisa e na maioria das vezes estao certos, reflexo da falencia da coisa publica... nao tem educacao em casa pois ja nao pode dar tapinha ou botar de castigo q ja eh tortura, qdo tem em casa nao tem na escola... ai faz merda ja eh dificil a policia correr atras e prender, qdo prende nao ha lei forte suficiente para punir de maneira adequada, mas qdo prende tem o judiciario eh leniente e solta com qlq desculpinha barata...




Estamos num beco sem saída, as instituições estão todas comprometidas. Tem que colocar em prática o Art 142. Não tem jeito mais...
FORA EURICO!!

Avatar do usuário
edu_vascao
Júnior
Júnior
Mensagens: 2718
Registrado em: 24 Dez 2015, 10:57

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por edu_vascao » 26 Abr 2018, 11:20

CPV escreveu:
19 Abr 2018, 15:45
Nem participo do debate de politica aqui, mas a esquerda (principalmente os petistas) tá passando dos limites já. Onde vamos parar? Tem muita gente má intencionada.

Essa Gleisi é uma doente mental, incitando ódio pro Oriente Médio. Qual a finalidade de dar uma entrevista, falar de "golpe" da midia (Globo é direita agora? hahaha) e ainda citar que as diretrizes do governo são dos EUA. Ou seja, falou de indiretamente que os EUA controlam aqui. Será que ela nao sabe que os EUA são odiados praqueles lados? rsrsrs

é uma baita de FILHA DA PUTA!
A culpa eh da propria policia, ministerio publico e judiciario q tem medo de enfrentar os vermelhos... porra, lembra da invasao do conodminio la no triplex? Nao teve um preso!! Os caras invadem propriedade privada, deveriam ser recebidos na bala afinal quem invade propriedade alheia poe em risco as pessoas q moram la e ninguem ali sabia quem era ninguem, nao sabiam se eram assassinos, pedofilos, sequestradores etc... a pm foi calmamente la e pediu para se retirarem... q merda de pais eh esse? No minimo deveriam sair todos, repito TODOS algemados direto para cadeia pois ali foi crime em flagrante! Ou entao o sinal q tivemos ali eh q qlq um pode invadir oq quiser e nada acontecer, afinal vale para um vale para todos... dito isso chamaria, hipoteticamente so para ilustrar exemplo, varios para invadir a casa da gleisi e do aecio pra ver se eles concordam.... duvido q se isso acontecesse nao iriamos presos...
Imagem
O dia da crianca tambem eh o dia do animal
pena de morte para corrupcao
#separario
Supremos Traidores Federais
Ja pode prender o Lula?

Avatar do usuário
Mr.R
Júnior
Júnior
Mensagens: 1174
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:04

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Mr.R » 26 Abr 2018, 11:37

A Entrevista foi para uma rede de TV do Catar para milionários (AL Jazeera). Catar que é um dos principais aliados do Estados Unidos no Oriente Médio.
Impressionante a estereotipação do oriente Médio que o brasileiro em geral faz.
"No Vasco, basta plantar a semente"
Arthur da Fonseca Soares o tesoureiro da campanha Comissão Pró-Avião Vasco da Gama, na qual o clube doou dois aviões para serem usados na segunda guerra mundial.

Avatar do usuário
Rsilva
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 883
Registrado em: 30 Dez 2015, 19:19
Localização: Rio de Janeiro - RJ

Antes que seja tarde, precisamos realmente combater a desigualdade e o desemprego

Mensagem por Rsilva » 04 Mai 2018, 12:24

Os principais defeitos da sociedade econômica em que vivemos são a sua incapacidade para proporcionar o pleno emprego e a sua arbitrária e desigual distribuição da riqueza e das rendas.
(Keynes, 1936, p. 253)

Em 1936, John Maynard Keynes, em meio à Grande Depressão dos anos 1930, publicava a “A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda”. Diferentemente da maior parte dos economistas da época (e de hoje), Keynes não preconizava, em contextos recessivos com alto desemprego, cortes de despesas públicas, que fragilizam ainda mais a demanda, ou elevações de juros, que ao invés de estimular a poupança aumentam o custo do capital.

Suas diretrizes gerais para a política macroeconômica incluíam: tributação progressiva sobre a riqueza e a renda, de modo a promover mais distribuição e mais mercados; taxas de juros baixas, próximas de zero, afim de baratear o custo do capital desincentivando o rentismo; e ativação do gasto público com planejamento e coordenação dos investimentos, que além de impulsionarem a produtividade colaboram na sustentação do emprego.

Nesta segunda década do século XXI, com a emergência de níveis sem precedentes de concentração global da renda e riqueza (Piketty, 2014) e com a lenta digestão dos efeitos da segunda maior crise financeira da história, a de 2007-08, renovam-se os alertas de Keynes relativos à importância da progressividade da tributação e à necessidade da “eutanásia do rentista” em prol do investimento produtivo, da renda e do emprego.

No Brasil, país de extremos, de um lado temos, em 2016, cerca de um quarto da população vivendo em condições de pobreza (renda per capita inferior a US$ 5,50 por dia), ou 64% de pobreza entre as mulheres negras ou pardas sem cônjuge e com filho(s) (IBGE, 2017); enquanto isso, do outro lado, convivemos com os mais altos spreads e taxas de juros bancárias do mundo gerando lucros, em 2017, da ordem de R$ 64,9 bilhões para as quatro maiores instituições financeiras.

https://www.ibge.gov.br/estatisticas-no ... resultados

Mais do que em qualquer outro lugar, sobressai por aqui o sentido de urgência de políticas redistributivas, seja do lado da tributação seja do gasto público, e de maior concorrência e regulação bancárias. Para ficar em dois exemplos anedóticos relacionados à tributação: nosso país, juntamente com a Estônia, é um dos poucos no mundo em que lucros e dividendos distribuídos a acionistas são completamente isentos de imposto de renda (Gobetti & Orair, 2016); atualmente também não há cobrança de impostos sobre a propriedade de jatinhos, iates e helicópteros. Oportunamente, Anfip e Fenafisco apresentaram no mês passado propostas para atacar estas e outras iniquidades de nosso sistema tributário.

http://www.ipc-undp.org/pub/port/WP136P ... essoas.pdf

https://www.anfip.org.br/doc/publicacoe ... _37_34.pdf

A crise econômica brasileira e as políticas de austeridade implementadas desde fins de 2014 também trouxeram para o centro de nossos “defeitos” o alto desemprego. Depois de mais de três anos de “ajuste” os resultados são alarmantes. A compressão da despesa pública aliada ao aperto monetário (até outubro de 2016) e creditício não aliviaram a situação fiscal, pelo contrário, a queda de receitas e o elevado montante de juros pagos pelo setor público elevaram a dívida líquida de 32,6% do PIB em 2014 para 51,6% em 2017.

O mais grave, no entanto, é que a austeridade, ao fragilizar o mercado interno, estimulou a explosão do desemprego. Em relação aos empregados, a flexibilização de direitos imposta pela reforma trabalhista os vem atirando na informalidade.

Imagem

A recuperação do emprego, bem como a melhoria das contas públicas, passa por políticas governamentais ativas de crescimento econômico, e não apenas em favor da “confiança” e do lucro dos bancos. Regras fiscais, por exemplo, devem combinar previsibilidade e flexibilidade em momentos de crise, do contrário constrangem a sustentação da atividade econômica, tal qual nossa regra de primário desajustada ao ciclo e agora o teto de gastos federais.

A política creditícia, por sua vez, precisa atuar na contramão da recessão, isto é, ao invés de racionamento (como hoje na habitação e no BNDES às voltas com devoluções de recursos ao Tesouro) e de spreads e taxas de juros mais altas, renegociação favorável das dívidas privadas, que deve abarcar famílias e não apenas empresas, e redução do custo do crédito para facilitar a desalavancagem na crise.

Outra macro linha de ação em favor do emprego diz respeito ao investimento público, que em 2017, infelizmente, alcançou o menor patamar em 50 anos. O problema, dentre outros, repousa na complementaridade entre investimento público e privado: ao recorde negativo do investimento público em 2017 correspondeu a mais baixa taxa de investimento do conjunto da economia desde o início da série de Contas Nacionais Trimestrais do IBGE, apenas 15,6% do PIB (IBGE, 2018).

https://www.ibge.gov.br/estatisticas-no ... resultados

A reversão disso passa, novamente, por regras fiscais mais adaptadas tanto ao ciclo como às especificidades das despesas plurianuais de capital, mas também pelo reconhecimento, no momento de crise institucional porque passamos, de que o combate à corrupção não pode se confundir com a criminalização de todo planejamento e do investimento, seja em infraestrutura, indústria, ou científico-tecnológico.

Antes da Grande Depressão dos anos 1930, da ascensão do fascismo e da II Guerra Mundial, Keynes, por meio de uma paródia da teoria neoclássica do bem-estar, chamou atenção para os riscos da desconsideração dos dissabores da “multidão” derrotada no dia a dia dos mercados livres e desregulados:
Se levarmos a sério o bem-estar das girafas, não devemos menosprezar o sofrimento das de pescoço mais curtos, que morrem de fome, ou das folhas doces que caem no chão e são pisadas na luta, ou a superalimentação das de pescoços compridos, ou o mau-olhado de angústia ou cobiça agressiva que anuvia os semblantes suaves da multidão.
(Keynes, 1926, p. 118).

Antes que seja tarde, é hora de parar de menosprezar os sofrimentos de nossa população e atuar decidida e realmente no sentido de eliminá-los.


* Bráulio Santiago Cerqueira é mestre em Economia, auditor federal de Finanças e Controle e secretário executivo do Unacon Sindical.



Referências

GOBETTI, S.W. & ORAIR, R.O. “Tributação e distribuição de renda no Brasil: novas evidências a partir das declarações tributárias das pessoas físicas.” International Policy Centre for Inclusive Growth, Working Paper n. 136. Brasília: IPC, fev. 2016.

https://ideas.repec.org/p/ipc/wpport/136.html

KEYNES, J.M. (1926) “O fim do laissez-faire”. In: SMERECSÁNYI, T. (org.) John Maynard Keynes, economia. 2a edição. São Paulo: Ática, 1984.

http://www.stephenhicks.org/wp-content/ ... -Faire.pdf

____. (1936) A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda. 2ª edição. São Paulo: Nova Cultural, 1985. (Os Economistas)

http://www.ie.ufrj.br/intranet/ie/useri ... amoeda.pdf

PIKETTY, T. O capital no século XXI. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2014.

http://delubio.com.br/biblioteca/wp-con ... etty-2.pdf

Avatar do usuário
Rsilva
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 883
Registrado em: 30 Dez 2015, 19:19
Localização: Rio de Janeiro - RJ

Como defender a meritocracia quando o Brasil é o país que menos taxa herança

Mensagem por Rsilva » 08 Mai 2018, 15:03

Imagem
A provocação sobre meritocracia é do economista irlandês Marc Morgan Milá, ele vem investigando dados sobre a concentração de renda no Brasil para definir um retrato mais apurado da desigualdade no país. "Se você ganhar uma fortuna e essa fortuna é pouco taxada, como no Brasil, você já começa com mais vantagens na sociedade. Como falar de meritocracia? O que há é a persistência da desigualdade através de gerações", diz o economista.

O economista irlandês Marc Morgan Milá questiona:
Como é possível defender a narrativa de meritocracia quando o Brasil é o país que menos taxa herança?
Nos últimos anos, ele vem investigando dados sobre a concentração de renda no Brasil para definir um retrato mais apurado da desigualdade no país.
Se você ganhar uma fortuna de seus pais e essa fortuna é pouco taxada, como no Brasil, você já começa com mais vantagens na sociedade. Como falar de meritocracia? O que há é a persistência da desigualdade através de gerações.
, diz ele, em entrevista à BBC, durante o Brazil Forum UK, evento organizado por estudantes brasileiros na Inglaterra.

http://www.bbc.com/portuguese/internacional-44020436

Uma das conclusões mais contundentes de seus estudos é de que a desigualdade no Brasil não caiu tanto quanto se imaginava nos últimos anos: na prática, argumenta o especialista, ela acabou ofuscada pelo enriquecimento dos mais ricos num ritmo superior ao dos mais pobres.

Nascido na Irlanda, Milá é aluno do francês Thomas Piketty, o economista que ganhou fama mundial com seu livro, o best-seller O Capital no Século XXI, em que mostrou que o capitalismo vem concentrando renda.

Imagem

http://delubio.com.br/biblioteca/wp-con ... etty-2.pdf

Milá aponta saídas para a questão da desigualdade brasileira.
Há muito mais que pode ser feito no campo da arrecadação. O Brasil ainda recolhe muito pouco comparado com o que poderia porque há muitas isenções.
Imagem
Desigualdade é uma opção política e não algo que seja parte da natureza humana, diz Milá

Neste sentido, diz ele, o argumento "de que se paga muito imposto no Brasil" pode ser justificável do ponto de vista da classe média.
Talvez a classe média tenha um ponto. Porque muitas dessas isenções se aplicam a rendas dos muitos ricos, então esse fardo acaba ficando com ela.
, conclui.



PNAD Contínua: 10% da população concentravam quase metade da massa de rendimentos do país em 2017

Imagem
O 1% mais bem remunerado da população recebe 36,1 vezes mais que a metade da população com os menores rendimentos.

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/a ... -2017.html



Concentração de renda no Brasil será discutida em audiência pública

Imagem
A centralização de renda também é entendida como a distribuição desigual da receita de uma economia. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) de 2017, as pessoas que faziam parte do 1% da população brasileira com os maiores rendimentos recebiam, naquele ano, em média, R$ 27.213 brutos. O levantamento, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicou que esse valor é 36,1 vezes maior que o rendimento médio dos 50% da população com os menores rendimentos (R$ 754).

https://www12.senado.leg.br/noticias/ma ... ia-publica

Avatar do usuário
Rsilva
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 883
Registrado em: 30 Dez 2015, 19:19
Localização: Rio de Janeiro - RJ

Especialistas trabalham em projeto de reforma tributária 'solidária'

Mensagem por Rsilva » 10 Mai 2018, 14:05

Imagem
A ideia é apresentar um caminho para corrigir as anomalias do sistema tributário brasileiro, que tem caráter regressivo (quem tem mais paga menos) e distorções causadas pela incidência maior de tributos sobre o consumo e menor sobre renda e propriedade.

O projeto “Reforma Tributária Solidária, Menos Desigualdade, Mais Brasil”, iniciado em meados de 2017, reúne mais de 40 especialistas com o propósito de elaborar diagnóstico e apresentar proposta para a reforma tributária necessária para o Brasil.

http://reformatributariasolidaria.com.br/

http://legis.senado.leg.br/sdleg-getter ... e27c4cb69f

A ideia é apresentar um caminho para corrigir as anomalias do sistema tributário brasileiro, que tem caráter regressivo (quem tem mais paga menos) e distorções causadas pela incidência maior de tributos sobre o consumo e menor sobre renda e propriedade.

O resultado é que o Brasil, segundo dados da PNUD reproduzidos em relatório da Oxfam Brasil, é o “10º país mais desigual do mundo, num ranking de mais de 140 países”.

https://www.oxfam.org.br/sites/default/ ... os_une.pdf

O projeto é uma iniciativa da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) e da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), com apoio do Conselho Federal de Economia (Cofecon), Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Fundação Friedrich Ebert Stiftung Brasil (FES), Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), Instituto de Justiça Fiscal (IJF) e Oxfam Brasil.

https://www.anfip.org.br/noticia.php?id_noticia=23061

http://www.fenafisco.org.br/publicacoes ... a-social-6

Os resultados desse trabalho serão divulgados em duas etapas. A primeira compreende o lançamento do documento A Reforma Tributária Necessária: Diagnóstico e Premissas, durante o Fórum Internacional Tributário, que ocorrerá em São Paulo, entre 4 e 6 de junho; e, com base nessa ampla análise, a segunda etapa inclui a apresentação das propostas de transformação do sistema tributário reunidas no documento A Reforma Tributária Necessária: Propostas para o Debate, que será divulgado no início de agosto.

O que diferencia a proposta

As diversas propostas de reforma tributária em debate, em geral, visam unicamente a “simplificar” o sistema, o que, além de não enfrentar as anomalias crônicas do sistema tributário nacional, tem um agravante adicional: se seguido este caminho restrito à simplificação, ele pode vir a representar o último suspiro do Estado Social brasileiro, tardiamente inaugurado pela Constituição de 1988.

Premissas

O projeto “Reforma Tributária Solidária, Menos Desigualdade, Mais Brasil” parte do pressuposto de que, para que se enfrentem as diversas faces da crônica desigualdade social brasileira é necessário que a reforma tributária seja ampla, contemplando a totalidade das suas anomalias, e deve ser pensada na perspectiva do desenvolvimento. Nesse sentido, sugere que ela seja pautada por oito premissas fundamentais:

1. A reforma do sistema tributário nacional deve ser pensada na perspectiva do desenvolvimento;

2. A reforma do sistema tributário nacional deve estar adequada ao propósito de fortalecer o Estado de Bem-estar Social, em função do seu potencial como instrumento de redução das desigualdades sociais e promotor do desenvolvimento nacional;

3. A reforma do sistema tributário nacional deve avançar no sentido de promover a sua progressividade pela ampliação da tributação direta, o que implica a revisão dos seguintes pontos:

– Tributação da renda das pessoas físicas;

– Tributação da renda das pessoas jurídicas;

– Tributação internacional para combater a evasão e os paraísos fiscais;

– Tributação das transações financeiras;

– Tributação sobre a propriedade e a riqueza (Imposto Sobre Herança; Imposto Sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR); Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU); Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI); Imposto Sobre Propriedade de Veículos (IPVA); Imposto sobre Grandes Fortunas).

4. A reforma do sistema tributário nacional deve avançar no sentido de promover a sua progressividade pela redução da tributação indireta;

5. A reforma do sistema tributário nacional deve restabelecer as bases do equilíbrio federativo;

6. A reforma do sistema tributário nacional deve considerar a tributação ambiental;

7. A reforma do sistema tributário nacional deve aperfeiçoar a tributação sobre o comércio internacional;

8. A reforma do sistema tributário nacional deve fomentar ações que resultem no aumento das receitas, pela revisão das renúncias fiscais e combate à evasão fiscal.

Avatar do usuário
Rsilva
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 883
Registrado em: 30 Dez 2015, 19:19
Localização: Rio de Janeiro - RJ

"A moradia precária do centro não acaba porque é rentável"

Mensagem por Rsilva » 14 Mai 2018, 18:16

Imagem
Professor da USP defende a criação de modelos alternativos, como propriedade comunitária e aluguel social, para oferecer moradia popular.

Menos de 24 horas após a queda do edifício Wilton Paes, no Largo do Paissandu, centro de São Paulo, onde viviam dezenas de famílias de baixa renda, o noticiário dava conta de que lideranças do grupo responsável pela ocupação do local cobrava taxas e aluguéis dos moradores. As notícias levavam a crer, no primeiro momento, que os movimentos de moradia que articulam as ocupação e que cobram do Estado a habitação social seriam criminosos ou ilegítimos.

No caso do edifício do Largo do Paissandu, o movimento prevalente era o Movimento de Luta Social por Moradia (MLSL). No entanto, o perfil dos movimentos de moradia que ocupam os edifícios vazios - segundo a secretaria de Habitação do município são aproximadamente 70 imóveis ocupados - possuem perfis diversos, que vão desde movimentos articulados e que atuam na esfera pública em movimentos sociais ligados à questão da habitação, até grupos que alugam espaços nas ocupações.

A cobrança em moradias precárias não é exatamente uma novidade, como aponta Renato Cymbalista, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Os cortiços são um exemplo conhecido dos que frequentam o centro da capital paulista.
Por mais que existam mecanismos de controle, essas formas de habitação precárias nunca foram extintas. Uma das razões para isso, talvez a principal, é porque é muito rentável.
, afirma Cymbalista.

Nesta entrevista a CartaCapital, ele explica em que medida as populações mais vulneráveis chegam ao centro da maior capital do País, quais as possibilidades de moradia que encontram e como o poder público pode agir para melhorar efetivamente a vida dos mais pobres.

Carta Capital: O centro de São Paulo, apesar de todas as suas mazelas, é um lugar que acolhe as populações mais vulneráveis, como imigrantes e migrantes de outras regiões do País?

Renato Cymbalista: O centro (de São Paulo) sempre foi uma porta de entrada para todos. Em 1993 foi feito um levantamento nos cortiços da região da Santa Efigênia, bem pertinho ali do Largo do Paissandu, onde se falou com morador por morador. Nessa época já tínhamos o registro de muitos estrangeiros vivendo naquela região.

Eram alemães, poloneses, de diversos lugares, mas em maioria eram italianos. É importante entender que não dá para falar do centro no singular. A região da Santa Efigênia e Bom Retiro tem essa característica da imigração, outros lugares, como a avenida São Luís, não têm.

Os imigrantes vão para aquela região porque ela se articula historicamente pela informalidade. As pessoas conseguem estar perto do trabalho e alugar moradias com o dinheiro que têm no bolso.


CC: Isso não significa que essas pessoas consigam viver bem...

RC: Falando especificamente da história da moradia popular, essa região é um lugar que sempre acolheu a população de baixa renda em cortiços, pensionatos e nas chamadas cama quente, que é quando as pessoas vão se revezando para dormir ao longo do dia. Por mais que existam mecanismos de controle, essas formas de habitação precárias nunca foram extintas. Uma das razões para isso, talvez a principal, é porque é muito rentável.

CC: O senhor poderia dimensionar essa rentabilidade?

RC: Eu fiz um percurso com um grupo de pesquisa na Santa Efigênia e a gente descobriu que os cortiços são caríssimos. A locação mais barata que achamos foi um quarto custando 10 reais a cama por noite, num quarto de seis a dez camas. Esse quarto está sendo alugado de 1,8 mil reais a 3 mil reais por mês. A rentabilidade dessa moradia precária é altíssima.

CC: Então existe um mercado imobiliário atuando por meio dessas moradias precárias.

RC: Assim como não podemos tratar o centro no singular, também não podemos falar do mercado imobiliário no singular. Existe o mercado imobiliário que busca construir da maneira mais barata e vender o mais caro possível. Esse mercado não consegue produzir nada para a população que ganha de zero a três salários mínimos. Em outra ponta, tem um mercado imobiliário rentista que atua no centro e que está a todo vapor alugando por valores muito altos habitações precárias. Tudo é mercado imobiliário.

CC: E qual seria, na opinião do senhor, a alternativa a esse tipo de investida?

RC: Há quinze anos existe um programa social chamado Locação Social. Esse programa anda a passos de tartaruga, mas conseguiu criar uma estrutura administrativa bastante adequada. Os edifícios pensado para os idosos, como o Palacete dos Artistas, localizado na avenida São João, e a Vila dos Idosos, no Pari, são bons exemplos. A pessoa é locatária, não proprietária. É uma boa opção de moradia para a população de baixa renda.

http://www.scielo.br/scielo.php?script= ... 4000200003

http://www.camara.sp.gov.br/blog/projet ... a-publica/

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/ ... p?p=243291

CC: É uma opção melhor do que a construção de unidades habitacionais, como é o projeto Minha Casa, Minha Vida?

RC: A locação social pode ocorrer quando o estado utiliza imóveis que sejam de sua propriedade e que ele irá alugar com subsídio (do Estado). Esse modelo de habitação é capaz de romper com o ciclo da especulação imobiliária. Nós precisamos de modelos alternativos, como a propriedade comunitária, aluguel social, propriedade mista (pública e privada). A propriedade privada não vai resolver o problema da moradia popular para os mais pobres.

CC: Mas a construção de unidades é justamente uma demanda dos movimentos de moradia organizados.

RC: Foram despejados bilhões em política habitacional nos últimos anos com o (programa) Minha Casa, Minha Vida. Para mim, foi uma política equivocada do ponto de vista da cidade. Para os beneficiários da unidade habitacional, quem ganha a casa, há um ganho na qualidade de vida significativo. Mas o preço da terra e dos imóveis aumentou muito com o programa. Quando acabarem os dez anos do prazo em que os beneficiários não podem vender a unidade, uma boa parte vai vender, e isso é gasolina no fogo do mercado. As pessoas passam por situações emergenciais e vendem, e isso só faz a roda da exploração girar.

https://www.cartacapital.com.br/socieda ... o-rentavel


Grupo de arquitetos aposta em propriedade coletiva para oferecer locação social em SP

Imagem
O grupo ressalta que a proposta não é substituir as políticas habitacionais do governo, e sim complementá-las. Atualmente, o programa de locação social da Prefeitura de São Paulo tem 903 unidades distribuídas em seis empreendimentos. Juntas, elas custam em média R$ 258 mil por mês para o poder público. Ao lado de programas federais e estaduais, o projeto da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) tem o desafio de combater um déficit habitacional de 368 mil domicílios.

http://sao-paulo.estadao.com.br/noticia ... 0002047359

Avatar do usuário
natanaelfm
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 577
Registrado em: 27 Fev 2018, 02:13

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por natanaelfm » 27 Mai 2018, 15:18

Tudo indica que amanhã as 00hs o exercito realmente estará nas ruas.

Mobilização em todo o país já é concreta.

Agora a pergunta que não quer calar: vão realizar uma intervenção militar em favor dos caminhoneiros e do povo ou será usado como manobra política para intimidar os brasileiros...

Torço muito para 1º opcão!!!

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 9093
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Mohammed Lisboa » 27 Mai 2018, 23:26

natanaelfm escreveu:
27 Mai 2018, 15:18
Tudo indica que amanhã as 00hs o exercito realmente estará nas ruas.

Mobilização em todo o país já é concreta.

Agora a pergunta que não quer calar: vão realizar uma intervenção militar em favor dos caminhoneiros e do povo ou será usado como manobra política para intimidar os brasileiros...

Torço muito para 1º opcão!!!



:pens:
FORA EURICO!!

Avatar do usuário
Saver
Promessa
Promessa
Mensagens: 436
Registrado em: 01 Jul 2016, 12:58

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Saver » 09 Jun 2018, 17:54

Melhor JAIR se acostumando. Só uma fraude inquestionável tira a eleição do Bolsonaro.

Avatar do usuário
Daniels-RJVASCO
Júnior
Júnior
Mensagens: 1281
Registrado em: 26 Jan 2016, 00:07

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Daniels-RJVASCO » 09 Jun 2018, 18:12

Saver escreveu:
09 Jun 2018, 17:54
Melhor JAIR se acostumando. Só uma fraude inquestionável tira a eleição do Bolsonaro.
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Essa porra é o cemitério relento
São vários morto-vivo caminhando sem sentimento
Os papo de futuro na praça fico no tempo
E dos amigo antigo diz:

Quantos ainda vive o momento?

Avatar do usuário
sternmystic
Promessa
Promessa
Mensagens: 380
Registrado em: 10 Mai 2016, 15:07
Localização: Cidade de Deus - Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por sternmystic » 11 Jun 2018, 16:57

O momento político mundial está com a direita, por isso acredito que Bolsonaro vença mesmo as eleições por aqui. Mas estou curioso pra saber como ele vai governar. Um péssimo articulador. Terá que ter alguém de peso do seu lado, senão o governo dele será um caos!
"The secret of this world weighs upon us, and we have been shaped by time and duty to bear it."

Avatar do usuário
Saver
Promessa
Promessa
Mensagens: 436
Registrado em: 01 Jul 2016, 12:58

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Saver » 12 Jun 2018, 10:28

sternmystic escreveu:
11 Jun 2018, 16:57
O momento político mundial está com a direita, por isso acredito que Bolsonaro vença mesmo as eleições por aqui. Mas estou curioso pra saber como ele vai governar. Um péssimo articulador. Terá que ter alguém de peso do seu lado, senão o governo dele será um caos!
O "maior articulador" do país quebrou o mesmo. Os que vem um pouco depois, seguem por aí... Calheiros, Jucá, Maia, Caiado e cia. Precisamos de gente honesta. Chega de vagabundos falando em "governabilidade".

Avatar do usuário
sternmystic
Promessa
Promessa
Mensagens: 380
Registrado em: 10 Mai 2016, 15:07
Localização: Cidade de Deus - Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por sternmystic » 12 Jun 2018, 22:46

Saver escreveu:
12 Jun 2018, 10:28
sternmystic escreveu:
11 Jun 2018, 16:57
O momento político mundial está com a direita, por isso acredito que Bolsonaro vença mesmo as eleições por aqui. Mas estou curioso pra saber como ele vai governar. Um péssimo articulador. Terá que ter alguém de peso do seu lado, senão o governo dele será um caos!
O "maior articulador" do país quebrou o mesmo. Os que vem um pouco depois, seguem por aí... Calheiros, Jucá, Maia, Caiado e cia. Precisamos de gente honesta. Chega de vagabundos falando em "governabilidade".
Pois é, esses mesmos que você cita, além de outros que são do mesmo tipo, estarão lá poder. E aí, Bolsonaro o honestão todo poderoso, vai governar sozinho?

Ou o Bolsonaro coloca alguém de peso pra negociar com os caras, ou será um caos. Pelo menos eu não imagino ele sentando com esses caras aí não.
"The secret of this world weighs upon us, and we have been shaped by time and duty to bear it."

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 9093
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Mohammed Lisboa » 13 Jun 2018, 07:07

sternmystic escreveu:
11 Jun 2018, 16:57
O momento político mundial está com a direita, por isso acredito que Bolsonaro vença mesmo as eleições por aqui. Mas estou curioso pra saber como ele vai governar. Um péssimo articulador. Terá que ter alguém de peso do seu lado, senão o governo dele será um caos!

Pra mim, esse cara é apenas um exemplo do desespero que assola o Brasil e o pior de tudo não é ele ser péssimo articulador, é ele se cercar de pessoas que não o ajudam e continua com aquele discurso vazio quanto ao seu governo e como será sua administração. Ou seja, o Brasil repete o fenômeno Fernando Collor de Mello - o "caçador de marajás".
FORA EURICO!!

Avatar do usuário
edu_vascao
Júnior
Júnior
Mensagens: 2718
Registrado em: 24 Dez 2015, 10:57

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por edu_vascao » 13 Jun 2018, 08:05

Mohammed Lisboa escreveu:
13 Jun 2018, 07:07
sternmystic escreveu:
11 Jun 2018, 16:57
O momento político mundial está com a direita, por isso acredito que Bolsonaro vença mesmo as eleições por aqui. Mas estou curioso pra saber como ele vai governar. Um péssimo articulador. Terá que ter alguém de peso do seu lado, senão o governo dele será um caos!

Pra mim, esse cara é apenas um exemplo do desespero que assola o Brasil e o pior de tudo não é ele ser péssimo articulador, é ele se cercar de pessoas que não o ajudam e continua com aquele discurso vazio quanto ao seu governo e como será sua administração. Ou seja, o Brasil repete o fenômeno Fernando Collor de Mello - o "caçador de marajás".
Não cabe comparar ele ao color, se for assim o Brasil não vai dar chance nunca a ninguém pois quem falar q é honesto vai ser sempre comparado a alguém q falava e não era, não tem cabimento

Qto a se cercar de pessoas, ele está sendo humilde o suficiente pra se cercar de gente qualificada e não sendo arrogante q nem a Dilma e um outro q acham q sabem tudo de tudo...o plano econômico dele é até agora o melhor q tem, de longe...não é dele é verdade, até acredito q umas coisas ali ele não concorda mas como disse é humilde o suficiente para reconhecer sua ignorância no assunto e deixou pra quem entende:

Entre os principais pontos do plano, destacam-se: 1) a recuperação do equilíbrio fiscal; 2) a aceleração do crescimento e a geração de empregos; 3) a promoção de novo pacto federativo, com descentralização de recursos para Estados e municípios; 4) a redução de dívida pública, com privatizações, concessões e desimobilizações, para viabilizar o corte de juros e de gastos com a rolagem da dívida e os investimentos privados em projetos de infraestrutura; 5) a redução e a simplificação de impostos; 6) a adoção do regime de capitalização na Previdência; 7) a desregulamentação da economia; e 8) a abertura da economia.

http://br18.com.br/exclusivo-os-princip ... bolsonaro/

Se ele fizer só o 3 pra mim já tá valendo....lógico q existe uma distância entre planejar e executar, mas isso não só pra ele...
Imagem
O dia da crianca tambem eh o dia do animal
pena de morte para corrupcao
#separario
Supremos Traidores Federais
Ja pode prender o Lula?

Avatar do usuário
sternmystic
Promessa
Promessa
Mensagens: 380
Registrado em: 10 Mai 2016, 15:07
Localização: Cidade de Deus - Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por sternmystic » 13 Jun 2018, 10:33

Mohammed Lisboa escreveu:
13 Jun 2018, 07:07
sternmystic escreveu:
11 Jun 2018, 16:57
O momento político mundial está com a direita, por isso acredito que Bolsonaro vença mesmo as eleições por aqui. Mas estou curioso pra saber como ele vai governar. Um péssimo articulador. Terá que ter alguém de peso do seu lado, senão o governo dele será um caos!

Pra mim, esse cara é apenas um exemplo do desespero que assola o Brasil e o pior de tudo não é ele ser péssimo articulador, é ele se cercar de pessoas que não o ajudam e continua com aquele discurso vazio quanto ao seu governo e como será sua administração. Ou seja, o Brasil repete o fenômeno Fernando Collor de Mello - o "caçador de marajás".
Eu acho engraçado o candidato com maior favoritismo não ter ninguém na sua equipe capaz. Esse discurso vazio agrada seu eleitorado, então é até uma boa pra ele manter essa linha. Eu estava comparando ele ao Collor até recentemente, quando vi o Amoedo, candidato do Partido Novo. Ele vem até crescendo, tem uma agenda neoliberal que se encaixa com o momento da política, mas achei o discurso dele bem parecido com o do Collor. Mas o título de caçador fica ainda com Bolsonaro.

Por enquanto acredito que o Bolsonaro vença, mas sem ninguém no mínimo competente na equipe, prevejo um governo caótico.

A questão é que a maior parte da boiada, está sem candidato. E normalmente quem coloca mais dinheiro na campanha ganha o voto da boiada. Então há chances de surgir um novo nome ou até mesmo a Marina assumir a ponta. Ciro Gomes e a turma que está mais pra baixo não acredito que consiga aumentar o percentual não.
"The secret of this world weighs upon us, and we have been shaped by time and duty to bear it."

Avatar do usuário
edu_vascao
Júnior
Júnior
Mensagens: 2718
Registrado em: 24 Dez 2015, 10:57

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por edu_vascao » 13 Jun 2018, 10:41

So pra entender a comparação com o collor, qlq presidente q prometa não se aliar a corja político corrupta será comparada a ele? Melhor então se aliar ao congresso q esta lá há 30 anos (os chefes continuam os mesmos), e só piora o Brasil, pra ver se “dessa vez” vai?
Imagem
O dia da crianca tambem eh o dia do animal
pena de morte para corrupcao
#separario
Supremos Traidores Federais
Ja pode prender o Lula?

Avatar do usuário
sternmystic
Promessa
Promessa
Mensagens: 380
Registrado em: 10 Mai 2016, 15:07
Localização: Cidade de Deus - Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por sternmystic » 13 Jun 2018, 10:44

edu_vascao escreveu:
13 Jun 2018, 08:05
Mohammed Lisboa escreveu:
13 Jun 2018, 07:07
sternmystic escreveu:
11 Jun 2018, 16:57
O momento político mundial está com a direita, por isso acredito que Bolsonaro vença mesmo as eleições por aqui. Mas estou curioso pra saber como ele vai governar. Um péssimo articulador. Terá que ter alguém de peso do seu lado, senão o governo dele será um caos!

Pra mim, esse cara é apenas um exemplo do desespero que assola o Brasil e o pior de tudo não é ele ser péssimo articulador, é ele se cercar de pessoas que não o ajudam e continua com aquele discurso vazio quanto ao seu governo e como será sua administração. Ou seja, o Brasil repete o fenômeno Fernando Collor de Mello - o "caçador de marajás".
Não cabe comparar ele ao color, se for assim o Brasil não vai dar chance nunca a ninguém pois quem falar q é honesto vai ser sempre comparado a alguém q falava e não era, não tem cabimento

Qto a se cercar de pessoas, ele está sendo humilde o suficiente pra se cercar de gente qualificada¹ e não sendo arrogante q nem a Dilma e um outro q acham q sabem tudo de tudo...o plano econômico dele é até agora o melhor q tem, de longe...não é dele é verdade, até acredito q umas coisas ali ele não concorda mas como disse é humilde o suficiente para reconhecer sua ignorância no assunto e deixou pra quem entende:

Entre os principais pontos do plano², destacam-se: 1) a recuperação do equilíbrio fiscal; 2) a aceleração do crescimento e a geração de empregos; 3) a promoção de novo pacto federativo, com descentralização de recursos para Estados e municípios; 4) a redução de dívida pública, com privatizações, concessões e desimobilizações, para viabilizar o corte de juros e de gastos com a rolagem da dívida e os investimentos privados em projetos de infraestrutura; 5) a redução e a simplificação de impostos; 6) a adoção do regime de capitalização na Previdência; 7) a desregulamentação da economia³; e 8) a abertura da economia.

http://br18.com.br/exclusivo-os-princip ... bolsonaro/

Se ele fizer só o 3 pra mim já tá valendo....lógico q existe uma distância entre planejar e executar, mas isso não só pra ele...
1-E qual seria essa equipe qualificada aí?
2-Esse plano aí só tem coisas vagas... recuperação... emprego... são pautas de qualquer candidato.
3-Já pensou uma economia sem regulamentação? Ia ser muito bizarro. Mas tranquilo, isso aí é impossível. Mas mesmo com uma regulação mínima, com os empresários fazendo o que querem, precisam do Estado pra injetar dinheiro neles quando a bolha estoura.

Os outros pontos é a repetição do discurso liberal, o mesmo do século passado. Que é bem parecido com o do Collor, realmente.
"The secret of this world weighs upon us, and we have been shaped by time and duty to bear it."

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 9093
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL X

Mensagem por Mohammed Lisboa » 13 Jun 2018, 10:59

edu_vascao escreveu:
13 Jun 2018, 08:05
Mohammed Lisboa escreveu:
13 Jun 2018, 07:07
sternmystic escreveu:
11 Jun 2018, 16:57
O momento político mundial está com a direita, por isso acredito que Bolsonaro vença mesmo as eleições por aqui. Mas estou curioso pra saber como ele vai governar. Um péssimo articulador. Terá que ter alguém de peso do seu lado, senão o governo dele será um caos!

Pra mim, esse cara é apenas um exemplo do desespero que assola o Brasil e o pior de tudo não é ele ser péssimo articulador, é ele se cercar de pessoas que não o ajudam e continua com aquele discurso vazio quanto ao seu governo e como será sua administração. Ou seja, o Brasil repete o fenômeno Fernando Collor de Mello - o "caçador de marajás".
Não cabe comparar ele ao color, se for assim o Brasil não vai dar chance nunca a ninguém pois quem falar q é honesto vai ser sempre comparado a alguém q falava e não era, não tem cabimento

Qto a se cercar de pessoas, ele está sendo humilde o suficiente pra se cercar de gente qualificada e não sendo arrogante q nem a Dilma e um outro q acham q sabem tudo de tudo...o plano econômico dele é até agora o melhor q tem, de longe...não é dele é verdade, até acredito q umas coisas ali ele não concorda mas como disse é humilde o suficiente para reconhecer sua ignorância no assunto e deixou pra quem entende:

Entre os principais pontos do plano, destacam-se: 1) a recuperação do equilíbrio fiscal; 2) a aceleração do crescimento e a geração de empregos; 3) a promoção de novo pacto federativo, com descentralização de recursos para Estados e municípios; 4) a redução de dívida pública, com privatizações, concessões e desimobilizações, para viabilizar o corte de juros e de gastos com a rolagem da dívida e os investimentos privados em projetos de infraestrutura; 5) a redução e a simplificação de impostos; 6) a adoção do regime de capitalização na Previdência; 7) a desregulamentação da economia; e 8) a abertura da economia.

http://br18.com.br/exclusivo-os-princip ... bolsonaro/

Se ele fizer só o 3 pra mim já tá valendo....lógico q existe uma distância entre planejar e executar, mas isso não só pra ele...




Cara. Não importa o que está escrito, isso aí, qualquer economista pode fazer, eu quero ver ele defendendo isso ao vivo. Mostrar que sabe o que vai fazer. O que está parecendo é que ele é uma marionete, um boneco. Quanto à comparação, você não entendeu, não estou comparando pessoas, e sim, momentos históricos e o sentimento do povo em geral.
FORA EURICO!!

Trancado

Voltar para “Galeria NETVASCO - Economia, Política e Temas Sociais”