PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Área destinada para deixarmos registradas as nossas opiniões sobre tudo o que circunda a Economia, a Política e os Temas Sociais, do Brasil e do Mundo.

Qual a sua opinião sobre o programa "Escola Sem Partido"?

Sou favorável
9
69%
Sou contra
4
31%
 
Total de votos: 13

Avatar do usuário
Matheus
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 5263
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:33

PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Matheus » 13 Nov 2018, 18:46

Imagem

O Programa Escola sem Partido, ou apenas Escola sem Partido, é um movimento político criado em 2004 no Brasil e divulgado em todo o país pelo advogado Miguel Nagib. Ele e os defensores do movimento afirmam representar pais e estudantes contrários ao que chamam de "doutrinação ideológica" nas escolas. Ganhou notoriedade em 2015 desde que projetos de lei inspirados no movimento começaram a ser apresentados e debatidos em inúmeras câmaras municipais e assembleias legislativas pelo país, bem como no Congresso Nacional.

Segundo Nagib, o Escola sem Partido consiste em afixar nas escolas um cartaz com uma lista por ele chamada de "deveres do professor". O advogado afirma ainda que "esses deveres já existem" e que o objetivo é "apenas levá-los ao conhecimento dos alunos, para que eles mesmos possam se defender contra eventuais abusos praticados por seus professores, já que, dentro da sala de aula, ninguém mais poderá fazer isso por eles."

DEVERES DO PROFESSOR QUE SERIAM FIXADOS EM SALA DE AULA:

Imagem

PROJETOS DE LEI ESCOLA SEM PARTIDO

Os projetos de lei do "Escola sem Partido" pretendem especificar os limites da atuação dos professores, impedindo que eles promovam suas crenças particulares em sala de aula, incitem estudantes a participarem de protestos e denigram os alunos que pensem de forma distinta. Além disso, o projeto dá o direito dos pais de escolherem como será o ensino de religiões distintas das suas (“direito dos pais dos alunos a que seus filhos recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com as suas próprias convicções”). Aos professores, também cabe garantir que os estudantes ou terceiros descumpram as regras acima durante suas aulas.

APOIO

Imagem

Segundo os apoiadores do projeto, o Escola sem Partido seria importante pois, em uma sociedade livre, as escolas não devem funcionar como centro de doutrinação, mas sim fornecer uma formação ideologicamente neutra e voltada ao aprendizado. O movimento afirma que existe um processo de doutrinação ideológica de cunho esquerdista muito forte nas escolas.

Os defensores do Escola sem Partido afirmam que questões como religião e gênero também não devem ser discutidas em sala de aula, mas apenas na esfera familiar.

CRÍTICAS

Imagem

Especialistas em educação criticaram o programa afirmando que nada na sociedade é isento de ideologia, e que o Escola Sem Partido, na verdade, é uma proposta carregada de conservadorismo, autoritarismo e fundamentalismo cristão. Também afirmam que apesar do discurso de aparente neutralidade o Escola sem Partido defende uma escola sem espaço para discussão da cidadania.

Com a aprovação do projeto, de acordo com os críticos do programa, o aluno não vai desenvolver o pensamento crítico. Afirmam também que a educação moral não é prerrogativa exclusiva da família. Estudantes e professores que se manifestaram contra o projeto de lei o chamam de "Lei da Mordaça".

DEBATE ESCOLA SEM PARTIDO:



PL ESCOLA SEM PARTIDO: http://www.camara.gov.br/sileg/integras/1317168.pdf

Nos últimos meses a discussão acerca do "Escola Sem Partido" tem se tornado frequente, muito se debate sobre a real intenção do programa e os efeitos que ele poderia acarretar em sala de aula. Por se tratar de um assunto tão polêmico, resolvi criar este tópico para que pudéssemos ter um debate relativo ao tema.

Vale lembrar que o objetivo do tópico é promover um debate entre ideias, em um ambiente democrático e respeitoso entre todos, sem ofensas a pessoas ou opiniões.

Por fim, qual a sua opinião sobre o programa escola sem partido?
Aproveitamento em criação de tópico de jogos:

36 Jogos: 10 Vitórias / 14 Empates / 12 Derrotas

Avatar do usuário
luizito1985
Júnior
Júnior
Mensagens: 3171
Registrado em: 11 Ago 2018, 18:44
Localização: Manaus-AM

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por luizito1985 » 13 Nov 2018, 21:13

Bem, complicado, tendo em vista que vários professores dão seu tom ideológico nas classes onde lecionam, inclusive os próprios alunos perguntam e questionam os mestres pois às vezes não têm este diálogo na sua própria residência, alguns vão aceitar de boa, outros não, porém há de se levar em conta que o ensino religioso deve ser abolido, tendo em vista que cada pai e mãe deve levar o filho a doutrina religiosa onde se sentirem mais confortáveis. Na teoria ótimo, na prática, veremos.
Campeão de Terra e Mar.

Avatar do usuário
Brunior
Júnior
Júnior
Mensagens: 3397
Registrado em: 02 Mai 2016, 19:29

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Brunior » 13 Nov 2018, 21:33

Sou professor de História.

Não tem como ensinar história sem falar de política.

Caso contrário, retire então o conteúdo: Brasil Republicano da historiagrafia brasileira.

Avatar do usuário
Matheus
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 5263
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:33

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Matheus » 13 Nov 2018, 22:09

Comissão especial adia análise do projeto 'Escola Sem Partido'

Sessão desta terça-feira (13) foi marcada por clima tenso, com bate-boca entre parlamentares e manifestantes. Projeto não tem data para ser votado. Esta foi a sexta tentativa da comissão de discutir e votar a proposta.

https://g1.globo.com/politica/noticia/2 ... tido.ghtml

Mais uma vez foi adiado. Já vi que esse projeto não vai ser votado tão cedo.
Aproveitamento em criação de tópico de jogos:

36 Jogos: 10 Vitórias / 14 Empates / 12 Derrotas

Avatar do usuário
Wagnersac
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 9008
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:36
Localização: Copacabana - RJ
Contato:

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Wagnersac » 13 Nov 2018, 22:30

Como disse o luizito, na teoria é ok. Na prática, veremos.

Especialmente o item 5.

A discussão não pode ser personalizada.

Vai ter que perguntar a cada pai quais os assuntos que seu filho pode discutir em sala?

Ou isso é exatamente para que nenhum assunto seja discutido?

É uma idiotice.
Imagem

R.I.P. VASCO🖤
✝21/08/1898 - 💀20/01/2018

Avatar do usuário
RogeRJ
Júnior
Júnior
Mensagens: 1979
Registrado em: 05 Jan 2016, 17:48
Localização: Rio de Janeiro

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por RogeRJ » 13 Nov 2018, 22:43

Precisamos é de escola que faça o aluno pensar, exercitar a criatividade, a inteligência, o desenvolvimento pessoal, e não ficar repetindo informações como cordeirinhos. Já passou da hora de reconhecer que até aqui o Brasil fez tudo errado no que tange ao assunto EDUCAÇÃO.

Avatar do usuário
Rian
Júnior
Júnior
Mensagens: 2858
Registrado em: 02 Jan 2016, 20:27
Localização: Rio de Janeiro

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Rian » 13 Nov 2018, 22:56

Aqui encontraremos pessoas que não pisam numa sala de aula e jamais tentaram lecionar..
Muitos vão desvalorizar a profissão, ainda que um profissional da educação trabalhe num quadrado com 30-40 jovens sem estrutura para tal..

e o mais triste: vão ignorar todo o sucateamento, falta de verbas que gera esse estado calamitoso da educação

pra jogar o problema no professor.. afinal, é bem mais fácil né?

Imagem
PUTA QUE PARIU
É O PIOR
DM DO BRASIL!!
:nerv: :bangh:

Avatar do usuário
crvg_emmanuel
Craque
Craque
Mensagens: 16266
Registrado em: 30 Dez 2015, 19:34
Localização: Araruama, RJ
Contato:

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por crvg_emmanuel » 13 Nov 2018, 23:13

É uma coisa tão básica q nem deveria ser discutida, mas infelizmente não sairá do papel já que a doutrinação por parte dos professores é intensa.

Começa já no ensino fundamental, reforçada no médio e massificada no superior, principalmente em cursos específicos (Area de Humanas :rast: em geral)

Acho que o homescholling também é de suma importância, espero q seja aprovado o projeto do Eduardo Bolsonaro. Ajudaria a diminuir demais a doutrinação
FORA EURICO
FORA CAMPELLO

ACABARAM COM O VASCO!

afonsoaero
Promessa
Promessa
Mensagens: 34
Registrado em: 01 Jan 2016, 18:55

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por afonsoaero » 14 Nov 2018, 00:43

Brunior escreveu:
13 Nov 2018, 21:33
Sou professor de História.

Não tem como ensinar história sem falar de política.

Caso contrário, retire então o conteúdo: Brasil Republicano da historiagrafia brasileira.
O programa é escola sem partido, e não escola sem política.
Pode-se falar livremente de política. Basta evitar o proselitismo ideológico.

Avatar do usuário
Matheus
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 5263
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:33

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Matheus » 14 Nov 2018, 02:24

O objetivo inicial do projeto me parece bom, realmente há uma forte presença político partidária por parte de certos professores em determinados centros educacionais. Não digo que seja a regra, a maioria dos docentes são profissionais isentos e apartidários, mas não há como negar que existam as exceções.

Já pude conversar com alguns ex-alunos/alunos sobre o assunto e muitos já me relataram que presenciaram tentativas de influência partidária em sala de aula, principalmente em escolas públicas/estaduais. E mesmo que não houvesse essa conversa, a internet está ai, em uma simples pesquisa você encontra vários casos.

Felizmente eu quase não presenciei professores com esse intuito na escola, somente pequenas manifestações no ensino médio, nada de mais. Pra falar a verdade só tive um professor de Sociologia na Faculdade que encheu mais o saco. No caso desse professor ele passou umas dez aulas tentando convencer que o impeachment da Dilma foi golpe e abandonou a matéria.

Retornando aqui ao projeto. Nesse ponto de focar na abolição da influência partidária em sala eu sou muito favorável, o problema é quando ele (projeto) começa a entrar em determinados pontos ideológicos, pois me parece impossível o ensino de determinadas matérias sem a influência ideológica, todos nós somos seres com algum viés ideológico, e você querer extinguir esse ponto me parece utópico e questionável, quem vai medir se há influência ideológica ou não em determinadas explicações? E olha que eu nem entrei em temas morais que são altamente subjetivos.

Enfim, na minha percepção o programa Escola Sem Partido deveria se limitar a influência partidária, pois é de muito mais fácil identificação. A ideia do projeto é boa (até certo ponto), só não deveria adentrar a determinados temas.
Aproveitamento em criação de tópico de jogos:

36 Jogos: 10 Vitórias / 14 Empates / 12 Derrotas

Avatar do usuário
Ysell
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 903
Registrado em: 15 Ago 2016, 20:30

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Ysell » 14 Nov 2018, 07:54

Isso só é uma discussão porque a maioria dos pais são relapsos com o que acontece com os filhos na escola ou absolutamente ignorantes. Qualquer família mais esclarecida discutiria partidarismo em casa e faria um contraponto com o ensinado em aula, mas preferem o caminho mais fácil.

Nesse sentido poderiam criar um igreja sem partido tbm...

Avatar do usuário
Wagnersac
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 9008
Registrado em: 29 Dez 2015, 22:36
Localização: Copacabana - RJ
Contato:

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Wagnersac » 14 Nov 2018, 09:48

Eu acho que o projeto em si não será aprovado.

Mas na prática, o que vai acontecer é acentuar um movimento que já existe, de especialização das escolas.

Quem quiser que seu filho tenha uma educação rígida e conservadora, vai procurar uma escola que tenha essas características, que por sua vez vai contratar professores com essas características.

Já quem quiser que seu filho tenha uma educação mais progressista, vai procurar uma escola privada condizente com essa linha de pensamento...

Na escola pública, não vejo solução.
Imagem

R.I.P. VASCO🖤
✝21/08/1898 - 💀20/01/2018

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 9077
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Mohammed Lisboa » 14 Nov 2018, 12:09

Matheus escreveu:
14 Nov 2018, 02:24
O objetivo inicial do projeto me parece bom, realmente há uma forte presença político partidária por parte de certos professores em determinados centros educacionais. Não digo que seja a regra, a maioria dos docentes são profissionais isentos e apartidários, mas não há como negar que existam as exceções.

Já pude conversar com alguns ex-alunos/alunos sobre o assunto e muitos já me relataram que presenciaram tentativas de influência partidária em sala de aula, principalmente em escolas públicas/estaduais. E mesmo que não houvesse essa conversa, a internet está ai, em uma simples pesquisa você encontra vários casos.

Felizmente eu quase não presenciei professores com esse intuito na escola, somente pequenas manifestações no ensino médio, nada de mais. Pra falar a verdade só tive um professor de Sociologia na Faculdade que encheu mais o saco. No caso desse professor ele passou umas dez aulas tentando convencer que o impeachment da Dilma foi golpe e abandonou a matéria.

Retornando aqui ao projeto. Nesse ponto de focar na abolição da influência partidária em sala eu sou muito favorável, o problema é quando ele (projeto) começa a entrar em determinados pontos ideológicos, pois me parece impossível o ensino de determinadas matérias sem a influência ideológica, todos nós somos seres com algum viés ideológico, e você querer extinguir esse ponto me parece utópico e questionável, quem vai medir se há influência ideológica ou não em determinadas explicações? E olha que eu nem entrei em temas morais que são altamente subjetivos.

Enfim, na minha percepção o programa Escola Sem Partido deveria se limitar a influência partidária, pois é de muito mais fácil identificação. A ideia do projeto é boa (até certo ponto), só não deveria adentrar a determinados temas.





É muita ingenuidade pensar que uma pessoa de 17, 18, 19 anos, esclarecida, e com acesso a vários conceitos diferentes, vai se deixar doutrinar por um professor de sociologia de tendências marxistas. Só finalizando, não tem como não ter discussão política em algumas matérias (sociologia, história, geografia).
FORA EURICO!!

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 9077
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Mohammed Lisboa » 14 Nov 2018, 12:10

Ysell escreveu:
14 Nov 2018, 07:54
Isso só é uma discussão porque a maioria dos pais são relapsos com o que acontece com os filhos na escola ou absolutamente ignorantes. Qualquer família mais esclarecida discutiria partidarismo em casa e faria um contraponto com o ensinado em aula, mas preferem o caminho mais fácil.

Nesse sentido poderiam criar um igreja sem partido tbm...


Isso aí seria mais do que necessário, mas com tanto lobbista no novo governo, é uma matéria utópica.
FORA EURICO!!

Online
Avatar do usuário
vigo
Profissional
Profissional
Mensagens: 5583
Registrado em: 04 Jan 2016, 08:58

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por vigo » 14 Nov 2018, 12:19

Ysell escreveu:
14 Nov 2018, 07:54
Isso só é uma discussão porque a maioria dos pais são relapsos com o que acontece com os filhos na escola ou absolutamente ignorantes. Qualquer família mais esclarecida discutiria partidarismo em casa e faria um contraponto com o ensinado em aula, mas preferem o caminho mais fácil.

Nesse sentido poderiam criar um igreja sem partido tbm...
Existe de tudo!
Pais omissos na educação e criação do filho, filhos rebeldes que ouvem mais os "amigos" e referências externas, má qualidade na educação desde a fase infantil (pré-escola ou creche).
Some-se ao sucateamento das estruturas, a falta de material e merenda em diversos lugares, ao baixo nível de capacitação e treinamento da maioria dos profissionais de educação, ao nível salarial ridículo, ao enorme número de professores sem vocação para o ensino (fazem apenas pela grana e não se importam em formar o futuro da nação), as mazelas do serviço público (professores vagabundos, afastados com licenças picaretas, etc), a falta de "extensão" (artes - canto, dança, música, pintura, escultura, encenação, etc & esportes - atividade física orientada e modalidades esportivas variadas).

Em suma, tamo fu e mal pago por um longo e tenebroso futuro, ainda.

HAL 9000
Promessa
Promessa
Mensagens: 57
Registrado em: 26 Jan 2017, 11:36

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por HAL 9000 » 14 Nov 2018, 12:28

Esse projeto da forma que foi pensado é uma grande piada (fixar um cartaz em sala?!)

A intervenção quanto a casos de partidarismo deve ser combatido de forma administrativa pelas escolas, e para isso requer a aproximação dos pais com os educadores

Já a questão do "viés ideológico" é algo bem complexo, que deve ser explanado de forma mais categórica para evitar meio termo

No mais, é notória a baixa representação do professor na sala de aula nos dias de hoje, e esse projeto só corrobora para intensificar o fato, aumentando o desrespeito com o profissional ao criar um clima de suspeição constante, de vigilância. Jogará ao chão qualquer resquício de dignidade

Avatar do usuário
Brunior
Júnior
Júnior
Mensagens: 3397
Registrado em: 02 Mai 2016, 19:29

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Brunior » 14 Nov 2018, 12:55

afonsoaero escreveu:
14 Nov 2018, 00:43
Brunior escreveu:
13 Nov 2018, 21:33
Sou professor de História.

Não tem como ensinar história sem falar de política.

Caso contrário, retire então o conteúdo: Brasil Republicano da historiagrafia brasileira.
O programa é escola sem partido, e não escola sem política.
Pode-se falar livremente de política. Basta evitar o proselitismo ideológico.
Nenhum professor irá desvirtuar o seu plano de aula que é muito mais importante para um assunto fora de sua matéria proposta.

Muita das vezes o tema partidos políticos entra no discurso por pergunta dos próprios alunos e tem professor que acaba se afogando no discurso.

Eu corto logo.

Não vou atrasar meu cronograma debatendo algo que não está no conteúdo a ser ensinado por mim.

Quando terminar a aula e eles quiserem debater aí eu fico disposto e ainda digo quem é o candidato da minha preferência, mas durante a aula, jamais.

:band:

Avatar do usuário
Matheus
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 5263
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:33

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Matheus » 14 Nov 2018, 13:22

Mohammed Lisboa escreveu:
14 Nov 2018, 12:09
Matheus escreveu:
14 Nov 2018, 02:24
O objetivo inicial do projeto me parece bom, realmente há uma forte presença político partidária por parte de certos professores em determinados centros educacionais. Não digo que seja a regra, a maioria dos docentes são profissionais isentos e apartidários, mas não há como negar que existam as exceções.

Já pude conversar com alguns ex-alunos/alunos sobre o assunto e muitos já me relataram que presenciaram tentativas de influência partidária em sala de aula, principalmente em escolas públicas/estaduais. E mesmo que não houvesse essa conversa, a internet está ai, em uma simples pesquisa você encontra vários casos.

Felizmente eu quase não presenciei professores com esse intuito na escola, somente pequenas manifestações no ensino médio, nada de mais. Pra falar a verdade só tive um professor de Sociologia na Faculdade que encheu mais o saco. No caso desse professor ele passou umas dez aulas tentando convencer que o impeachment da Dilma foi golpe e abandonou a matéria.

Retornando aqui ao projeto. Nesse ponto de focar na abolição da influência partidária em sala eu sou muito favorável, o problema é quando ele (projeto) começa a entrar em determinados pontos ideológicos, pois me parece impossível o ensino de determinadas matérias sem a influência ideológica, todos nós somos seres com algum viés ideológico, e você querer extinguir esse ponto me parece utópico e questionável, quem vai medir se há influência ideológica ou não em determinadas explicações? E olha que eu nem entrei em temas morais que são altamente subjetivos.

Enfim, na minha percepção o programa Escola Sem Partido deveria se limitar a influência partidária, pois é de muito mais fácil identificação. A ideia do projeto é boa (até certo ponto), só não deveria adentrar a determinados temas.
É muita ingenuidade pensar que uma pessoa de 17, 18, 19 anos, esclarecida, e com acesso a vários conceitos diferentes, vai se deixar doutrinar por um professor de sociologia de tendências marxistas. Só finalizando, não tem como não ter discussão política em algumas matérias (sociologia, história, geografia).
Nesse primeiro ponto eu concordo, realmente é muito mais difícil manipular um estudante com grande parte das opiniões formadas. O caso desse professor que citei é só mais um exemplo, ninguém (ou quase ninguém) mudou de opinião após as aulas, pelo contrário, o professor virou até motivo de brincadeiras entre a turma. O problema maior realmente está nas escolas, como já havia citado anteriormente.

Com relação a discussão política em determinadas matérias, realmente ela deve ocorrer. A minha crítica é direcionada a professores que defendem/apoiam partidos, seja ele o PT, PSOL, PSDB, PSL, ou políticos mesmo, em sala de aula, por convicção política. O professor existe em sala de aula para estimular o pensamento crítico dos alunos, com pluralismo de ideias, e não para fazer propaganda político partidária.
Aproveitamento em criação de tópico de jogos:

36 Jogos: 10 Vitórias / 14 Empates / 12 Derrotas

DIGAOPL
Promessa
Promessa
Mensagens: 53
Registrado em: 02 Ago 2016, 14:09
Localização: PAULO LOPES SC

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por DIGAOPL » 14 Nov 2018, 13:49

Brunior escreveu:
13 Nov 2018, 21:33
Sou professor de História.

Não tem como ensinar história sem falar de política.

Caso contrário, retire então o conteúdo: Brasil Republicano da historiagrafia brasileira.
Falar de politica em uma aula é uma coisa, fazer campanha para um segmento como a maioria faz é outra

DIGAOPL
Promessa
Promessa
Mensagens: 53
Registrado em: 02 Ago 2016, 14:09
Localização: PAULO LOPES SC

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por DIGAOPL » 14 Nov 2018, 13:53

Não sei nem como isso ainda existe, o que um Professor de química, física, matemática etc tem que estar falando de politica? ele que de a aula dele que já estaria bom, é por essas e outras que nos rankings de avaliação de educação no mundo o Brasil esta sempre entre o s últimos.

Online
Avatar do usuário
vigo
Profissional
Profissional
Mensagens: 5583
Registrado em: 04 Jan 2016, 08:58

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por vigo » 14 Nov 2018, 14:04

Brunior escreveu:
14 Nov 2018, 12:55
afonsoaero escreveu:
14 Nov 2018, 00:43
Brunior escreveu:
13 Nov 2018, 21:33
Sou professor de História.

Não tem como ensinar história sem falar de política.

Caso contrário, retire então o conteúdo: Brasil Republicano da historiagrafia brasileira.
O programa é escola sem partido, e não escola sem política.
Pode-se falar livremente de política. Basta evitar o proselitismo ideológico.
Nenhum professor irá desvirtuar o seu plano de aula que é muito mais importante para um assunto fora de sua matéria proposta.

Muita das vezes o tema partidos políticos entra no discurso por pergunta dos próprios alunos e tem professor que acaba se afogando no discurso.

Eu corto logo.

Não vou atrasar meu cronograma debatendo algo que não está no conteúdo a ser ensinado por mim.

Quando terminar a aula e eles quiserem debater aí eu fico disposto e ainda digo quem é o candidato da minha preferência, mas durante a aula, jamais.

:band:
Direito democrático seu, mas no mundo atual de mimimi e frescurada, melhor evitar, hein?
É enorme a chance de te criticarem até por isto, independente do teu candidato. Já reclamam e falam de tudo do professor, cara. Você ao mesmo tempo que é exemplo, é também vitrine.
Se te perguntarem avise que o voto é secreto e que você escolhe de acordo com as propostas e suas convicções...e manda passar bem!

Abraços.

Avatar do usuário
Ted Mosby
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 562
Registrado em: 04 Jan 2016, 11:49
Localização: McLaren's Pub

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Ted Mosby » 14 Nov 2018, 14:06

afonsoaero escreveu:
14 Nov 2018, 00:43
Brunior escreveu:
13 Nov 2018, 21:33
Sou professor de História.

Não tem como ensinar história sem falar de política.

Caso contrário, retire então o conteúdo: Brasil Republicano da historiagrafia brasileira.
O programa é escola sem partido, e não escola sem política.
Pode-se falar livremente de política. Basta evitar o proselitismo ideológico.
Exatamente! Ótima resposta.
"If you are not scared, then you are not taking a chance. If you are not taking a chance, then what the hell are you doing?" (MOSBY, Ted.)

obito
Promessa
Promessa
Mensagens: 151
Registrado em: 14 Jul 2017, 12:23

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por obito » 14 Nov 2018, 14:22

Ysell escreveu:
14 Nov 2018, 07:54
Isso só é uma discussão porque a maioria dos pais são relapsos com o que acontece com os filhos na escola ou absolutamente ignorantes. Qualquer família mais esclarecida discutiria partidarismo em casa e faria um contraponto com o ensinado em aula, mas preferem o caminho mais fácil.

Nesse sentido poderiam criar um igreja sem partido tbm...
Esses pais são um bando de retardados, antes era "protejam as crianças", agora "protejam os adolescentes", daqui a pouco vai aparecer o "protejam os adultos", professor apanha na escola, ganha mau pra caramba e vem essa encheção de saco de escola sem partido

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 9077
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Mohammed Lisboa » 14 Nov 2018, 14:27

Matheus escreveu:
14 Nov 2018, 13:22
Mohammed Lisboa escreveu:
14 Nov 2018, 12:09
Matheus escreveu:
14 Nov 2018, 02:24
O objetivo inicial do projeto me parece bom, realmente há uma forte presença político partidária por parte de certos professores em determinados centros educacionais. Não digo que seja a regra, a maioria dos docentes são profissionais isentos e apartidários, mas não há como negar que existam as exceções.

Já pude conversar com alguns ex-alunos/alunos sobre o assunto e muitos já me relataram que presenciaram tentativas de influência partidária em sala de aula, principalmente em escolas públicas/estaduais. E mesmo que não houvesse essa conversa, a internet está ai, em uma simples pesquisa você encontra vários casos.

Felizmente eu quase não presenciei professores com esse intuito na escola, somente pequenas manifestações no ensino médio, nada de mais. Pra falar a verdade só tive um professor de Sociologia na Faculdade que encheu mais o saco. No caso desse professor ele passou umas dez aulas tentando convencer que o impeachment da Dilma foi golpe e abandonou a matéria.

Retornando aqui ao projeto. Nesse ponto de focar na abolição da influência partidária em sala eu sou muito favorável, o problema é quando ele (projeto) começa a entrar em determinados pontos ideológicos, pois me parece impossível o ensino de determinadas matérias sem a influência ideológica, todos nós somos seres com algum viés ideológico, e você querer extinguir esse ponto me parece utópico e questionável, quem vai medir se há influência ideológica ou não em determinadas explicações? E olha que eu nem entrei em temas morais que são altamente subjetivos.

Enfim, na minha percepção o programa Escola Sem Partido deveria se limitar a influência partidária, pois é de muito mais fácil identificação. A ideia do projeto é boa (até certo ponto), só não deveria adentrar a determinados temas.
É muita ingenuidade pensar que uma pessoa de 17, 18, 19 anos, esclarecida, e com acesso a vários conceitos diferentes, vai se deixar doutrinar por um professor de sociologia de tendências marxistas. Só finalizando, não tem como não ter discussão política em algumas matérias (sociologia, história, geografia).
Nesse primeiro ponto eu concordo, realmente é muito mais difícil manipular um estudante com grande parte das opiniões formadas. O caso desse professor que citei é só mais um exemplo, ninguém (ou quase ninguém) mudou de opinião após as aulas, pelo contrário, o professor virou até motivo de brincadeiras entre a turma. O problema maior realmente está nas escolas, como já havia citado anteriormente.

Com relação a discussão política em determinadas matérias, realmente ela deve ocorrer. A minha crítica é direcionada a professores que defendem/apoiam partidos, seja ele o PT, PSOL, PSDB, PSL, ou políticos mesmo, em sala de aula, por convicção política. O professor existe em sala de aula para estimular o pensamento crítico dos alunos, com pluralismo de ideias, e não para fazer propaganda político partidária.





Mas em que nível isso acontece? Minha filha está com 16 anos e frequentou escolas públicas e privadas ao longo da vida e nunca tomou conhecimento desse tipo de coisa.
FORA EURICO!!

Avatar do usuário
Matheus
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 5263
Registrado em: 30 Dez 2015, 16:33

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Matheus » 14 Nov 2018, 15:08

Mohammed Lisboa escreveu:
14 Nov 2018, 14:27
Matheus escreveu:
14 Nov 2018, 13:22
Mohammed Lisboa escreveu:
14 Nov 2018, 12:09


É muita ingenuidade pensar que uma pessoa de 17, 18, 19 anos, esclarecida, e com acesso a vários conceitos diferentes, vai se deixar doutrinar por um professor de sociologia de tendências marxistas. Só finalizando, não tem como não ter discussão política em algumas matérias (sociologia, história, geografia).
Nesse primeiro ponto eu concordo, realmente é muito mais difícil manipular um estudante com grande parte das opiniões formadas. O caso desse professor que citei é só mais um exemplo, ninguém (ou quase ninguém) mudou de opinião após as aulas, pelo contrário, o professor virou até motivo de brincadeiras entre a turma. O problema maior realmente está nas escolas, como já havia citado anteriormente.

Com relação a discussão política em determinadas matérias, realmente ela deve ocorrer. A minha crítica é direcionada a professores que defendem/apoiam partidos, seja ele o PT, PSOL, PSDB, PSL, ou políticos mesmo, em sala de aula, por convicção política. O professor existe em sala de aula para estimular o pensamento crítico dos alunos, com pluralismo de ideias, e não para fazer propaganda político partidária.

Mas em que nível isso acontece? Minha filha está com 16 anos e frequentou escolas públicas e privadas ao longo da vida e nunca tomou conhecimento desse tipo de coisa.
Não sei, acho que não existem pesquisas sérias sobre o assunto. Na minha percepção isso parte da minoria dos professores, são exceções, mas que são sentidas. Como relatei no outro post, já conversei com alguns alunos e ex-alunos e muitos disseram que presenciaram manifestações partidárias, além de existirem diversos relatos escritos e vídeos na internet mostrando um pouco desses acontecimentos.
Aproveitamento em criação de tópico de jogos:

36 Jogos: 10 Vitórias / 14 Empates / 12 Derrotas

Avatar do usuário
Conde de Vidigueira
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 610
Registrado em: 18 Jul 2018, 00:28
Localização: Osasco

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Conde de Vidigueira » 14 Nov 2018, 16:11

A discussão é vazia se não tentarmos entender os interesses por detrás do programa.

Primeiro, é preciso ver o que a lei vigente prevê e o que esse projeto realmente traz de novo. Alguém já fez essa análise?

Avatar do usuário
Conde de Vidigueira
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 610
Registrado em: 18 Jul 2018, 00:28
Localização: Osasco

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Conde de Vidigueira » 14 Nov 2018, 16:34

"4. Ao tratar de questões políticas, sócio-culturais e econômicas, o professor apresentará aos alunos, de forma justa – isto é, com a mesma profundidade e seriedade –, as principais versões, teorias, opiniões e perspectivas concorrentes a respeito da matéria."

Uma porta aberta para o ensino de criacionismo na escola?

"5. O professor respeitará o direito dos pais dos alunos a que seus filhos recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com suas próprias convicções."

Essa é bem complicada e tem tudo para dar merda!

Acho que esquecem que a criança não é propriedade dos seus pais e que a sociedade também tem um papel na sua formação.

Avatar do usuário
Brunior
Júnior
Júnior
Mensagens: 3397
Registrado em: 02 Mai 2016, 19:29

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Brunior » 14 Nov 2018, 16:46

DIGAOPL escreveu:
14 Nov 2018, 13:49
Brunior escreveu:
13 Nov 2018, 21:33
Sou professor de História.

Não tem como ensinar história sem falar de política.

Caso contrário, retire então o conteúdo: Brasil Republicano da historiagrafia brasileira.
Falar de politica em uma aula é uma coisa, fazer campanha para um segmento como a maioria faz é outra
Posso ser sincero?

É uma opinião minha

Eu acho mais feio ainda é nas igrejas.

Tem pastores que passam o culto todo endeusando certos políticos.

Pq acho a escola menos interessante?

Porque a maioria dos alunos ainda nem vota.

Já na igreja é que encontra a maior quantidade de eleitores possíveis e que são doutrinados a votarem no candidato que quer o seu pastor por interesses próprios.

Avatar do usuário
crvg_emmanuel
Craque
Craque
Mensagens: 16266
Registrado em: 30 Dez 2015, 19:34
Localização: Araruama, RJ
Contato:

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por crvg_emmanuel » 14 Nov 2018, 17:15

Brunior escreveu:
14 Nov 2018, 16:46
DIGAOPL escreveu:
14 Nov 2018, 13:49
Brunior escreveu:
13 Nov 2018, 21:33
Sou professor de História.

Não tem como ensinar história sem falar de política.

Caso contrário, retire então o conteúdo: Brasil Republicano da historiagrafia brasileira.
Falar de politica em uma aula é uma coisa, fazer campanha para um segmento como a maioria faz é outra
Posso ser sincero?

É uma opinião minha

Eu acho mais feio ainda é nas igrejas.

Tem pastores que passam o culto todo endeusando certos políticos.

Pq acho a escola menos interessante?

Porque a maioria dos alunos ainda nem vota.

Já na igreja é que encontra a maior quantidade de eleitores possíveis e que são doutrinados a votarem no candidato que quer o seu pastor por interesses próprios.
Igreja não é obrigatório, escola é fundamental. Se você quiser que seu filho não seja doutrinado na igreja é só não deixar ele ir na Igreja, na escola faz como?
FORA EURICO
FORA CAMPELLO

ACABARAM COM O VASCO!

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 9077
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: PROGRAMA ESCOLA SEM PARTIDO

Mensagem por Mohammed Lisboa » 14 Nov 2018, 17:29

Matheus escreveu:
14 Nov 2018, 15:08
Mohammed Lisboa escreveu:
14 Nov 2018, 14:27
Matheus escreveu:
14 Nov 2018, 13:22


Nesse primeiro ponto eu concordo, realmente é muito mais difícil manipular um estudante com grande parte das opiniões formadas. O caso desse professor que citei é só mais um exemplo, ninguém (ou quase ninguém) mudou de opinião após as aulas, pelo contrário, o professor virou até motivo de brincadeiras entre a turma. O problema maior realmente está nas escolas, como já havia citado anteriormente.

Com relação a discussão política em determinadas matérias, realmente ela deve ocorrer. A minha crítica é direcionada a professores que defendem/apoiam partidos, seja ele o PT, PSOL, PSDB, PSL, ou políticos mesmo, em sala de aula, por convicção política. O professor existe em sala de aula para estimular o pensamento crítico dos alunos, com pluralismo de ideias, e não para fazer propaganda político partidária.

Mas em que nível isso acontece? Minha filha está com 16 anos e frequentou escolas públicas e privadas ao longo da vida e nunca tomou conhecimento desse tipo de coisa.
Não sei, acho que não existem pesquisas sérias sobre o assunto. Na minha percepção isso parte da minoria dos professores, são exceções, mas que são sentidas. Como relatei no outro post, já conversei com alguns alunos e ex-alunos e muitos disseram que presenciaram manifestações partidárias, além de existirem diversos relatos escritos e vídeos na internet mostrando um pouco desses acontecimentos.




Talvez exista isso no ensino médio (acho que o antigo segundo grau), mas abaixo disso, seria ridículo.
Editado pela última vez por Mohammed Lisboa em 14 Nov 2018, 17:38, em um total de 1 vez.
FORA EURICO!!

Responder

Voltar para “Economia, Política e Temas Sociais”