POLÍTICA NACIONAL XIV

Área Histórica e de História do Fórum NETVASCO, destinada a arquivar os Tópicos antigos da área \'Economia, Política e Temas Sociais\' , postadas um dia em nosso Fórum, que tem como um dos principais diferenciais, manter intacta toda a sua História de 2004 até os dias atuais.
adrianiinfb
Profissional
Profissional
Mensagens: 5736
Registrado em: 03 Jan 2016, 11:18
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por adrianiinfb » 10 Jul 2019, 12:01

Inacreditável q ainda tem gente q não acha a reforma necessária. Pqp ein. Vão ter um gostinho se os Estados não entrarem. Estão achando q vai ter dinheiro para pagar? Se não tiver, simplesmente não paga. Essa galera briga com a matemática todos os dias e se negam a ver a realidade. A merda do Psol e a bosta do PT sabem q tem q ter mas preferem ver o circo pegar fogo. Como já disse antes, deem uma pesquisada na crise da Grécia.

Avatar do usuário
Rigoni
Júnior
Júnior
Mensagens: 1196
Registrado em: 02 Jan 2016, 08:42

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Rigoni » 10 Jul 2019, 12:32

zcpinheiro escreveu:
09 Jul 2019, 12:45
Gabrielleao escreveu:
09 Jul 2019, 12:22
zcpinheiro escreveu:
09 Jul 2019, 11:30


1- A união Soviética perdeu a guerra espacial, depois dos estados unidos já terem quase 100 satélites a união soviética, conquistar o espaço, chamou os USA para competção, levou yuri gagarin pro espaço e não fez mais nada, depois disso estados unidos lançou satalite pra fotografar plutão 20 vezes foram a Lua foi a marte e eles ficaram no mesmo lugar da decada de 50.

2- A agora o Nazismo (Nacional Socialismo) é socialismos. O Nazismo chegou na Alemanha, Alemanha estava destruída mas possui o melhor ensino da Europa e do mundo na época, então assim como nos primeiros anos de Lula o Brasil se beneficiou da estruturação que avia antes, aquela Alemanha começou a ter vantagens da sua produção intelectual, na qual quase todos eram contra o regime e saíram do pais por ele como Froid, Einstein, Nietzsche só para citar os mais conhecidos mais vou falar também de Fritz Haber que inventou os fertilizantes e isso deu uma vantagem magnifica na guerra pois afinal a Alemanhã e só a Alemnhã passaram a ter comida farta e barata na época.

3- A Saúde Cubana é uma merda. Fica com colesterol alto e vai pra lá, não tem remédio pra colesterol. Mas a expectativa de vida é uma das maiores do mundo. Então este caso tem outras coisas (e era a 20 anos), cuba não tem transporte publico e só 10% da população usa carro logo todo mundo caminha lá, ninguém fuma cigarro, ninguém morre assassinado, quase todas as pessoas fazem trabalhos físicos, ninguém come sorvete ou comidas industrializadas, ninguém come fritura, não há obesidade. Mas os médicos lá são enfermeiros aqui e os remédios dela são os mesmo da década de 60 aqui. E por propaganda do regime eles tinham a maior quantidade de médicos por habitantes do mundo. Mas pra manter isso precisão de ajuda internacional. A unica coisa que foi "copiada" foi a medicina da família( o médico ir na casa da pessoa). E não foi copiada foi utilizada também este método sempre existiu.

4- A china é o pais mais capitalista do Mundo. Da reforma comunista de Mao Tse tung da década de 40 só sobrou a bandeira e a ditadura partidária. Na época a china era possivelmente o pais mais rico do Mundo até pelo tamanho, mas estava humilhada na guerra.
1 - Mesmo que você considere que a USA venceu a guerra espacial a União Sovietica era a seugndo no MUNDO, então tinha tecnologia de ponta.

2 - Nunca falei que nazismo era socialista, o Adriano falou de livre mercado e eu dei exemplos de estados fortes, falar que as evoluções no nazismo não tem nada ver do alto investimento é piada que não merece nem ser discutida.

3 - A Saúde de cuba é bom pelo a metodoligia de medicos familiares criada lá e repetida em portugal, os medicos cubanos(publico) acompanham a familai inteira e uma região inteira, tendo muito mais conhecimento sobre os problemas e podendo focar na prevenção, é a melhor medicina preventiva do mundo.

4 - China é capitalista mas de novo, a post não era sobre capitlismo vs socialismo, era sobre livre mercado e estado forte.
Capitalismo é o nome pejorativo que foram criadas nas teorias estatizantes, que se autointitularam comunistas, socialistas entre outros, para chamar o livre mercado, quanto mais aberto o mercado mais capitalista é. Assim como Burguesia também um nomenclatura pejorativa para chamar os comerciantes.

Antes de Marx não existia capitalismo.
Antes de Marx não existia capitalismo.
Burguesia é uma nomenclatura pejorativa para comerciantes.
Meu Deus.
Citando o querido João Almirante:
Imagina o eco que deve fazer dentro dessa cabeça.

Um burro de marca maior. Ignorante em história, economia, sociologia, política...
Uma besta que vê o cisco no olho dos comunistas, mas que não percebe a trava na própria cabeça.
Faz o MÍNIMO que você deveria fazer antes de criticar as ideias de alguém, vá LER O TRABALHO ORIGINAL do cara. Aí sim abra a boca pra falar alguma coisa, CASO SEJA RELEVANTE.
Do contrário, se contente com a mediocridade e evite se expor pra não passar esse tipo de vergonha.
Feio pra caralho.
MALDITO SEJA, ALEXANDRE CAMPELLO!

zcpinheiro
Júnior
Júnior
Mensagens: 1130
Registrado em: 22 Fev 2016, 13:05
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por zcpinheiro » 10 Jul 2019, 12:39

Rigoni escreveu:
10 Jul 2019, 12:32
zcpinheiro escreveu:
09 Jul 2019, 12:45
Gabrielleao escreveu:
09 Jul 2019, 12:22


1 - Mesmo que você considere que a USA venceu a guerra espacial a União Sovietica era a seugndo no MUNDO, então tinha tecnologia de ponta.

2 - Nunca falei que nazismo era socialista, o Adriano falou de livre mercado e eu dei exemplos de estados fortes, falar que as evoluções no nazismo não tem nada ver do alto investimento é piada que não merece nem ser discutida.

3 - A Saúde de cuba é bom pelo a metodoligia de medicos familiares criada lá e repetida em portugal, os medicos cubanos(publico) acompanham a familai inteira e uma região inteira, tendo muito mais conhecimento sobre os problemas e podendo focar na prevenção, é a melhor medicina preventiva do mundo.

4 - China é capitalista mas de novo, a post não era sobre capitlismo vs socialismo, era sobre livre mercado e estado forte.
Capitalismo é o nome pejorativo que foram criadas nas teorias estatizantes, que se autointitularam comunistas, socialistas entre outros, para chamar o livre mercado, quanto mais aberto o mercado mais capitalista é. Assim como Burguesia também um nomenclatura pejorativa para chamar os comerciantes.

Antes de Marx não existia capitalismo.
Antes de Marx não existia capitalismo.
Burguesia é uma nomenclatura pejorativa para comerciantes.
Meu Deus.
Citando o querido João Almirante:
Imagina o eco que deve fazer dentro dessa cabeça.

Um burro de marca maior. Ignorante em história, economia, sociologia, política...
Uma besta que vê o cisco no olho dos comunistas, mas que não percebe a trava na própria cabeça.
Faz o MÍNIMO que você deveria fazer antes de criticar as ideias de alguém, vá LER O TRABALHO ORIGINAL do cara. Aí sim abra a boca pra falar alguma coisa, CASO SEJA RELEVANTE.
Do contrário, se contente com a mediocridade e evite se expor pra não passar esse tipo de vergonha.
Feio pra caralho.
Não citei ninguém.
Cara volta pra escola, primaria, você que tem que estudar

Avatar do usuário
Vinan
Profissional
Profissional
Mensagens: 5592
Registrado em: 22 Mar 2018, 16:13

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Vinan » 10 Jul 2019, 13:09

Aprovando a previdência, acho que fudeu.... pra a esquerda

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2929
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por GilsonVGPR » 10 Jul 2019, 14:37

pauloSilva escreveu:
09 Jul 2019, 22:17
KKKKKKKKKKKKK

Só foi deixar a deixa que o homem não foi a Lua pros negadores do déficit caírem de boca na ideia.

Terra plana tem tudo para virar um assunto sério por aqui. Pra não perder o hábito: "Só no Rio de Janeiro sujeito paga 800 contos em um ingresso de futebol e acha que não é a parte mais beneficiada da nação".

Quero ver o que RJ e Rio Grande do Norte vai fazer com os estados não entrando de forma automática na reforma, 2 estados quebrados que não conseguem pagar nada e tem chance zero de reforma da câmara legislativa.
No caso do homem "(não) ter ido à lua", as "provas" da Nasa suscitam dúvidas (sombras em direções diferentes indicando diferentes pontos de luz, bandeira dos EUA tremulando, pedra marcada com a letra C bastante simétrica), as explicações da Nasa pioraram as "provas", por exemplo "fio de cabelo" para a letra C na pedra. Você pode acreditar piamente nessas provas, direito seu.

Quanto à (reforma da) previdência, é interessante que antes os Bolsonaros atacavam a reforma proposta pelo Temer, o Bolsonaro pai dizia que "65 anos era desumano", a apresentou proposta com 65 anos. O Flávio dizia que a previdência era superavitária, e era necessário cobrar os "grandes devedores".

vendo gráficos e power point fica complicado de acreditar, se eles me dessem acesso ao "caixa" e ao "banco conta movimento" da União, aí facilitaria. É o mesmo que acreditar (ou não) que aquelas mensagens do Moro são autênticas, sem vermos o celular dele, o histórico do telegram. Pode ser verdade, como poder ser mentira, 50% pra cada lado.
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Avatar do usuário
Ro-crvg
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 5859
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:58
Localização: Natal/RN

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Ro-crvg » 10 Jul 2019, 15:06

Vinan escreveu:
10 Jul 2019, 13:09
Aprovando a previdência, acho que fudeu.... pra a esquerda
Pode ate não acontecer, mas as chances da reinclusão de estados e municipais aumentaram muito nesse ultima horas, governadores do norte e nordeste entraram forte na briga pela a reinclusão aos 45 minutos do segundo tempo, antes tarde do que nunca.
Imagem

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2929
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por GilsonVGPR » 10 Jul 2019, 15:13

QUA, 05 DEZ 2018
Reforma tornará a Previdência ainda mais excludente, apontam economistas
Para José Celso Cardoso Júnior e Eduardo Fagnani, mudanças pretendidas farão com que um contingente maior de trabalhadores não consiga se aposentar

A proposta de Reforma da Previdência pretendida pela equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro tornará o sistema ainda mais excludente, o que significa que um contingente maior de trabalhadores não conseguirá cumprir os requisitos mínimos para requerer a aposentadoria. Dito de outra forma, caso seja aprovada nos termos anunciados, a medida destruirá um dos mais importantes direitos sociais dos brasileiros. A opinião é compartilhada pelos economistas José Celso Cardoso Júnior, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), vinculado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e Eduardo Fagnani, docente do Instituto de Economia (IE) da Unicamp. “Estão tentando eliminar os direitos conferidos pela Constituição de 1988. A Carta é um marco do processo civilizatório brasileiro. Foi a primeira vez em 500 anos que tivemos ao mesmo tempo direitos sociais, políticos e civis. Ocorre que o documento é um ponto fora da curva do capitalismo, e o capitalismo brasileiro não tolera isso”, aponta Fagnani.

O objetivo do governo eleito, explica Cardoso Júnior, é aprofundar a reforma iniciada pelo presidente Michel Temer, no sentido de tornar mais difícil a obtenção das condições mínimas para a obtenção da aposentadoria. Segundo o economista do Ipea, na cabeça dos ideólogos dessa proposta, a Previdência é um problema de natureza exclusivamente fiscal. “A questão social sequer é cogitada. Eles não se importam com o fato de a maior parte da população brasileira em idade ativa não conseguir reunir condições, ao longo do seu ciclo de vida laboral, para pleitear a aposentadoria”, afirma.

Uma das mudanças desejadas pela equipe de Temer, e que eventualmente, pode ser adotada por Bolsonaro, é ampliar de 15 para 25 o tempo mínimo de contribuição para que o trabalhador possa se aposentar. Na opinião de Cardoso Júnior, trata-se de um prazo muito longo no contexto do mercado de trabalho do país. “A maior parte das pessoas em idade ativa no Brasil passa a vida oscilando entre empregos. Poucas conseguem ter uma trajetória linear. Algumas interrompem esse percurso para estudar, por desemprego, por mudança de país. Além disso, o nosso mercado de trabalho é precário e muito heterogêneo. São poucas as oportunidades de emprego com carteira assinada. Isso faz com que seja muito difícil para um trabalhador normal acumular, ao longo de 35 anos de trabalho, 25 anos de contribuição”, pondera.

Além de reafirmar o caráter excludente da proposta de reforma desejada pelo futuro governo, Fagnani observa que a situação será ainda mais agravada por causa da Reforma Trabalhista aprovada em 2017. “A Reforma Trabalhista ampliou a precarização e tornou mais difícil a obtenção de emprego com carteira assinada ou por períodos prolongados. Ora, essas formas precarizadas de trabalho, nas quais predominam as atividades informais – agora tidas como ‘formais’ –, trabalhos de curta duração e por hora não geram recolhimento de tributos para a Previdência. Ou seja, ao longo do tempo a contribuição para o sistema será tão reduzida que vai quebrá-lo”, adverte o docente do IE-Unicamp.

Tanto Fagnani quanto Cardoso Júnior são contundentes ao assegurar que o alegado déficit da Previdência é na realidade um mito. “O que o governo, a grande imprensa e os economistas liberais divulgam como déficit nada mais é que o fluxo de caixa do sistema, um critério meramente contábil. Trata-se do volume de entrada de contribuições menos os pagamentos de benefícios. Essa conta realmente é negativa no contexto do Regime Geral da Previdência. Entretanto, é preciso explicar para a sociedade que esse critério é inconstitucional. Os constituintes fizeram constar na Carta de 1988 recursos adicionais para a Previdência, justamente para evitar que o sistema entrasse em colapso. Assim, além das contribuições de empregados e empregadores, os deputados também definiram outras fontes de financiamento, como tributos sobre o faturamento e o lucro das empresas. Ocorre que a Constituição jamais foi respeitada nesse sentido. Se a legislação estivesse sendo cumprida, as contas da Previdência seriam superavitárias desde 1988”, sentencia o economista do Ipea.

Na mesma linha de raciocínio, Fagnani entende igualmente que o declarado déficit previdenciário é na verdade um desprezo à Constituição. “O argumento do déficit é uma mentira que vem sendo contada dede 1989. E, como sabemos, uma mentira repetida milhares de vezes passa a ser encarada como verdade. A Constituição de 1988 buscou inspiração nos modelos da social-democracia europeia, que estabelece que a seguridade social deve ser financiada por três fontes: empregados, empregadores e governo, através de impostos, como o Cofins [Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social]. Isso está claríssimo nos artigos 194 e 195. Acontece que o governo nunca cumpriu a sua parte. O alegado déficit é isso: um desprezo à Constituição da República, praticada por todos os governos desde 1989. Simples assim”, argumenta o professor.


“Austericídio”

Outro aspecto que estrangula as contas da Previdência, assinalam os economistas, é a dobradinha formada pela anistia de dívidas e a falta de fiscalização para combater a sonegação. Juntos, esses dois ralos engolem bilhões de reais por ano, cifra muito maior que a economia que seria obtida com a reforma. Os ideólogos do “austericídio”, segundo Cardoso Júnior, enxergam somente o que querem. “Esse pessoal não olha as finanças públicas como um todo. Colocam a culpa na Previdência, mas não observam os juros. Nos últimos anos, o governo promoveu uma série de desonerações fiscais, favorecendo devedores inclusive do INSS [Instituto Nacional de Seguridade Social]. Essas medidas favorecem claramente os segmentos empresariais, particularmente os financeiros. Existe um rombo estrutural nas finanças públicas brasileiras que não tem a ver com a questão social, com a questão da Previdência. Tem a ver com a decisão do governo de não cobrar de quem deve e pode pagar”, pormenoriza.

Fagnani apresenta números que reforçam a análise de que o governo abre mão do seu potencial de arrecadação em favor de determinados segmentos. De acordo com ele, o governo Temer vem afirmando que a Reforma da Previdência trará uma economia de R$ 500 bilhões em dez anos, ou seja, R$ 50 bilhões por ano. Atualmente, porém, o governo federal abre mão de R$ 350 bilhões por ano em isenções fiscais. Além disso, estimativas indicam que a sonegação de impostos no Brasil é da ordem de R$ 500 bilhões por ano. “Não é curioso que os defensores da reforma digam que o país vai quebrar se não economizarmos R$ 50 bilhões ao ano com Previdência, sendo que o governo poderia incrementar a arrecadação em R$ 850 bilhões, mas não o faz? Isso sem falar nos quase R$ 500 bilhões de dívidas que empresas têm exclusivamente com o INSS, mas não são cobradas. É um escândalo”, define o docente do IE-Unicamp.


Servidores

Um nó a ser desatado em relação a questão previdenciária, reconhecem os economistas, diz respeito aos servidores públicos, que pertencem a um regime específico e não ao Regime Geral. “Mas é preciso olhar para esse segmento com atenção porque há diferenças dentro dele. Curiosamente, os servidores civis, que são o maior alvo da proposta de reforma, estão com a situação equacionada no médio e longo prazos. Durante os governos Lula e Dilma foram feitas mudanças para resolver os problemas estruturais relativos a esse grupo, como estabelecer um teto de aposentadoria - e não o último salário - para os ingressantes no sistema. Mas há pontos a serem trabalhados em relação aos militares e a segmentos do Legislativo e do Judiciário”, destaca Cardoso Júnior, do Ipea.

No caso dos militares, prossegue o economista, o regime conta com um grande contingente de aposentados e um pequeno número de contribuintes. Isso acontece porque esses servidores se aposentam muito cedo, geralmente por volta dos 50 anos. “Os militares começam a contar o tempo de contribuição precocemente, lá pelos 15 anos, quando ingressam nas academias militares. Além disso, os homens podem requerer a aposentadoria depois de 30 anos de serviço e as mulheres, 25. O que ocorre, em muitos casos, é que as pessoas passam mais tempo como beneficiários-aposentados que como ativos-contribuintes. Além disso, esse segmento está enquadrado na regra antiga, da integralidade. Ou seja, não há teto. Para completar, por força da legislação, em caso de morte do beneficiário a aposentadoria é transferida ao cônjuge ou às filhas na forma de pensão”.

Eduardo Fagnani, do IE-Unicamp: “Estão tentando eliminar os direitos conferidos pela Constituição de 1988. A Carta é um marco do processo civilizatório brasileiro. Foi a primeira vez em 500 anos que tivemos ao mesmo tempo direitos sociais, políticos e civis”
Também no Legislativo e no Judiciário ocorrem “distorções”, sendo que neste último a situação é mais complicada, conforme o economista do Ipea. “Em termos absolutos, esse segmento é menor que os demais, mas em termos relativos é o que constitui o caso mais escandaloso. Não é incomum encontrarmos remunerações acima do teto constitucional entre magistrados, graças a gratificações que são incorporadas e penduricalhos como os auxílios moradia e paletó. Tudo isso resulta em aposentadorias muito altas, embora a base de contribuição seja pequena e obviamente insuficiente para cobrir as despesas”, analisa Cardoso Júnior.

Fagnani concorda que há um problema a ser resolvido em relação aos servidores públicos. Pelas contas dele, o Regime Geral soma cerca de 30 milhões de beneficiários na área urbana e rural e outros 5 milhões na assistência social (Benefício de Prestação Continuada). “100% dos benefícios rurais correspondem a um salário mínimo e 80% dos benefícios urbanos também correspondem a essa remuneração. No geral, o rendimento médio recebido pelos beneficiários é de R$ 1,4 mil. O curioso é que o governo fala em fazer reforma para acabar com privilégios. Qual o privilégio de alguém que recebe esse valor de aposentadoria? Definitivamente, o problema não está nesse segmento”, afirma o docente do IE-Unicamp.

Fagnani adverte igualmente que o nó não engloba todo o funcionalismo público. Ele esclarece melhor esse ponto: “A Previdência do setor público foi regulamentada em 2012 com a criação da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp). Pelas novas normas, o trabalhador que ingressa no serviço público depois da regulamentação terá um teto de aposentadoria no valor de R$ 5 mil. Se ele quiser receber mais, terá que contribuir para isso. Entretanto, quem ingressou antes de 2012 tem direitos adquiridos e, em alguns casos, pode se aposentar com rendimento integral. Então, não faz sentido fazer reforma para tratar de questões referentes ao futuro. Estas já estão equacionadas. Nosso problema reside nas questões do passado”, reforça o professor.


Diálogo possível

Questionados sobre o desconhecimento desses aspectos por parte de uma parcela considerável da sociedade, Fagnani e Cardoso Júnior atribuem o fato ao desprezo do contraditório pela “grande imprensa”. “Nós temos produzido estudos e textos para discussão sobre esses temas, que são desconsiderados ou desqualificados por parte da mídia, que só se interessa pelo argumento favorável à reforma. Isso pode ser explicado porque as grandes empresas de comunicação atuam também em outros setores da economia, como o imobiliário e do agronegócio. Então, há muitos interesses envolvidos, o que coloca a imparcialidade em terceiro plano”, critica o docente do IE-Unicamp.

Cardoso Júnior também se queixa do bloqueio ideológico da imprensa. De acordo com ele, recentemente foram produzidos três documentos com críticas à proposta de Reforma da Previdência [Veja os links], mas que não tiveram ressonância junto à sociedade. “O papel de levar essa discussão adiante e furar o bloqueio imposto pela mídia vai caber ao que sobrou da oposição. Precisamos martelar essas questões para tentar esclarecer o maior número de pessoas possível”. Fagnani completa: “Precisamos resistir, pois há uma tentativa de destruir os direitos sociais assegurados na Constituição. A Reforma da Previdência deve ser analisada dentro desse contexto. As elites brasileiras jamais aceitaram que o movimento social capturasse 8 % do PIB. Elas querem esse dinheiro de volta a qualquer custo. Infelizmente, estamos assistindo ao fim de um brevíssimo ciclo de cidadania social no Brasil”, avalia o docente do IE-Unicamp.

Artigos sobre a Reforma da Previdência

1. 30 anos da Constituição Federal Brasileira: Notas para um obituário precoce (1988/2018).

2. A Reforma Tributária Necessária.

3. Previdência: reformar para excluir?

Fonte: https://www.unicamp.br/unicamp/ju/notic ... conomistas
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Avatar do usuário
Vinan
Profissional
Profissional
Mensagens: 5592
Registrado em: 22 Mar 2018, 16:13

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Vinan » 11 Jul 2019, 11:24

Que GOLEADA ontem na câmara... :lol:

Vou espiar o dia inteiro aqui para ver os amigos vermelhinhos espernearem bastante!

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2929
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por GilsonVGPR » 11 Jul 2019, 12:02

Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 11:24
Que GOLEADA ontem na câmara... :lol:

Vou espiar o dia inteiro aqui para ver os amigos vermelhinhos espernearem bastante!
Eu votei no Bolsonaro. Eu sou o que? Bolsominion? Amarelinho?

Mas eu critico o governo e a reforma. Eu sou o que? Petista? Vermelhinho.

Eu voto, eu critico. Eu sou eleitor. Eu sou cidadão. Eu pago pros políticos brincarem de legisladores.
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Avatar do usuário
Vinan
Profissional
Profissional
Mensagens: 5592
Registrado em: 22 Mar 2018, 16:13

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Vinan » 11 Jul 2019, 12:14

GilsonVGPR escreveu:
11 Jul 2019, 12:02
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 11:24
Que GOLEADA ontem na câmara... :lol:

Vou espiar o dia inteiro aqui para ver os amigos vermelhinhos espernearem bastante!
Eu votei no Bolsonaro. Eu sou o que? Bolsominion? Amarelinho?

Mas eu critico o governo e a reforma. Eu sou o que? Petista? Vermelhinho.

Eu voto, eu critico. Eu sou eleitor. Eu sou cidadão. Eu pago pros políticos brincarem de legisladores.
Tb tenho minha opinião sobre a reforma, esta conforme o texto aprovado, tb deixou de contemplar alguns coisas que minha classe esperava, mas enfim, acho que é algo necessário para impedir que o país quebre de uma vez.

GilsonVGPR se o que vc está falando é verdade (pois, tem muita gente que diz que votou no Bolsonaro para ter "autoridade" para criticar), vc não é amarelo, fascista, nazista, reacionário, não é NADA DEMAIS... vc é apenas um cidadão argumentando proposta do governo. O que é totalmente normal dentro de uma realidade democrática.

Me desculpe, minha mensagem não foi direcionada a você, mas sim aos partidários, aos zumbis ideológicos, que replicam o que a imprensa vermelha publica dita, apesar de não refletir a realidade...

Eles me divertem muito, não se ofenda, por favor! :acclaim:

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2929
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por GilsonVGPR » 11 Jul 2019, 12:30

Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 12:14
GilsonVGPR escreveu:
11 Jul 2019, 12:02
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 11:24
Que GOLEADA ontem na câmara... :lol:

Vou espiar o dia inteiro aqui para ver os amigos vermelhinhos espernearem bastante!
Eu votei no Bolsonaro. Eu sou o que? Bolsominion? Amarelinho?

Mas eu critico o governo e a reforma. Eu sou o que? Petista? Vermelhinho.

Eu voto, eu critico. Eu sou eleitor. Eu sou cidadão. Eu pago pros políticos brincarem de legisladores.
Tb tenho minha opinião sobre a reforma, esta conforme o texto aprovado, tb deixou de contemplar alguns coisas que minha classe esperava, mas enfim, acho que é algo necessário para impedir que o país quebre de uma vez.

GilsonVGPR se o que vc está falando é verdade (pois, tem muita gente que diz que votou no Bolsonaro para ter "autoridade" para criticar), vc não é amarelo, fascista, nazista, reacionário, não é NADA DEMAIS... vc é apenas um cidadão argumentando proposta do governo. O que é totalmente normal dentro de uma realidade democrática.

Me desculpe, minha mensagem não foi direcionada a você, mas sim aos partidários, aos zumbis ideológicos, que replicam o que a imprensa vermelha publica dita, apesar de não refletir a realidade...

Eles me divertem muito, não se ofenda, por favor! :acclaim:
Sei que não foi direcionado a mim, não me ofendi.
Votei no Bolsonaro sim. Antes votei na Dilma e no Lula. Tenho críticas aos governos de ambos. No estado votei no Witzel, e já tenho críticas, antes votei no Cabral e no adversário da Rosinha, que me fugiu da memória. No município votei no atual prefeito, e já tenho críticas, antes votei nos adversários do grupo Garotinho. Veja que não tenho condição de requerer autoridade pra criticar, visto que todos que votei tiveram problemas.

Veja que mencionei a expressão "Bolsominion", usada para os adeptos do atual presidente.

Mas as críticas podem partir de quem votou na Marina, ou em outro candidato.

Vi que você entendeu meu argumento, e respondeu da melhor forma.
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 11883
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Mohammed Lisboa » 11 Jul 2019, 12:34

Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 11:24
Que GOLEADA ontem na câmara... :lol:

Vou espiar o dia inteiro aqui para ver os amigos vermelhinhos espernearem bastante!



Não tem o que espernear, a reforma era absolutamente necessária, só acho que negociar por fora os estados e municípios é um absurdo. E continuo achado que parlamentar se aposentar é aberração tupiniquim.
Ponha um Rei na masmorra, e ele continua sendo Rei. Ponha um palhaço no castelo, e ele continua sendo um palhaço.


QUE PAÍS SERÁ ESTE??

Avatar do usuário
Vinan
Profissional
Profissional
Mensagens: 5592
Registrado em: 22 Mar 2018, 16:13

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Vinan » 11 Jul 2019, 12:48

Mohammed Lisboa escreveu:
11 Jul 2019, 12:34
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 11:24
Que GOLEADA ontem na câmara... :lol:

Vou espiar o dia inteiro aqui para ver os amigos vermelhinhos espernearem bastante!



Não tem o que espernear, a reforma era absolutamente necessária, só acho que negociar por fora os estados e municípios é um absurdo. E continuo achado que parlamentar se aposentar é aberração tupiniquim.
Perfeito, um absurdo... Um dia chegaremos lá, mas somente assim, dialogando e buscando o melhor para o país não utopias ideológicas ou defendendo político. Mas defendendo propostas e não tentando obstruir propostas boas que pessoas de outros partidos, ou de fora da horda ideológica propõe.

zcpinheiro
Júnior
Júnior
Mensagens: 1130
Registrado em: 22 Fev 2016, 13:05
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por zcpinheiro » 11 Jul 2019, 13:06

Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 12:14
GilsonVGPR escreveu:
11 Jul 2019, 12:02
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 11:24
Que GOLEADA ontem na câmara... :lol:

Vou espiar o dia inteiro aqui para ver os amigos vermelhinhos espernearem bastante!
Eu votei no Bolsonaro. Eu sou o que? Bolsominion? Amarelinho?

Mas eu critico o governo e a reforma. Eu sou o que? Petista? Vermelhinho.

Eu voto, eu critico. Eu sou eleitor. Eu sou cidadão. Eu pago pros políticos brincarem de legisladores.
Tb tenho minha opinião sobre a reforma, esta conforme o texto aprovado, tb deixou de contemplar alguns coisas que minha classe esperava, mas enfim, acho que é algo necessário para impedir que o país quebre de uma vez.

GilsonVGPR se o que vc está falando é verdade (pois, tem muita gente que diz que votou no Bolsonaro para ter "autoridade" para criticar), vc não é amarelo, fascista, nazista, reacionário, não é NADA DEMAIS... vc é apenas um cidadão argumentando proposta do governo. O que é totalmente normal dentro de uma realidade democrática.

Me desculpe, minha mensagem não foi direcionada a você, mas sim aos partidários, aos zumbis ideológicos, que replicam o que a imprensa vermelha publica dita, apesar de não refletir a realidade...

Eles me divertem muito, não se ofenda, por favor! :acclaim:

Eu por exemplo votei no Novo, fiz campanha pelo Novo e etc. Anulei no segundo turno.

Mas por defender a reforma a competição (fim de todos os monopólios, oligopólios estatais) e que os corruptos sejam presos me chamam de bolsominion.

Avatar do usuário
Ro-crvg
Benemérito
Benemérito
Mensagens: 5859
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:58
Localização: Natal/RN

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Ro-crvg » 11 Jul 2019, 15:30

Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 12:48
Mohammed Lisboa escreveu:
11 Jul 2019, 12:34
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 11:24
Que GOLEADA ontem na câmara... :lol:

Vou espiar o dia inteiro aqui para ver os amigos vermelhinhos espernearem bastante!



Não tem o que espernear, a reforma era absolutamente necessária, só acho que negociar por fora os estados e municípios é um absurdo. E continuo achado que parlamentar se aposentar é aberração tupiniquim.
Perfeito, um absurdo... Um dia chegaremos lá, mas somente assim, dialogando e buscando o melhor para o país não utopias ideológicas ou defendendo político. Mas defendendo propostas e não tentando obstruir propostas boas que pessoas de outros partidos, ou de fora da horda ideológica propõe.
Achei que o valor da economia caiu muito comparada ao original, não vamos tampar o sol com a peneira, há rumores que o valor ficou abaixo dos 800 milhões de tanta concessões, talvez até perto do valor da previdência do Temer, fora que os militares não entraram na reforma e os estados e municípios ainda foram excluídos do texto, que por sorte provavelmente voltara a ser incluído no senado, isso é fruto de falta de articulações, não que foram ruim, ela praticamente não existiu, Bolsonaro ficou de fora como "café com leite" e quando entrou na jogada foi para conceder mais privilégios, não dar para misturar previdência com segurança publica, enfim, a cagada foi feita e poderia ter sido uma tragédia, mas o importante é que a previdência saiu.
Imagem

Avatar do usuário
Vinan
Profissional
Profissional
Mensagens: 5592
Registrado em: 22 Mar 2018, 16:13

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Vinan » 11 Jul 2019, 15:31

zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 13:06
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 12:14
GilsonVGPR escreveu:
11 Jul 2019, 12:02

Eu votei no Bolsonaro. Eu sou o que? Bolsominion? Amarelinho?

Mas eu critico o governo e a reforma. Eu sou o que? Petista? Vermelhinho.

Eu voto, eu critico. Eu sou eleitor. Eu sou cidadão. Eu pago pros políticos brincarem de legisladores.
Tb tenho minha opinião sobre a reforma, esta conforme o texto aprovado, tb deixou de contemplar alguns coisas que minha classe esperava, mas enfim, acho que é algo necessário para impedir que o país quebre de uma vez.

GilsonVGPR se o que vc está falando é verdade (pois, tem muita gente que diz que votou no Bolsonaro para ter "autoridade" para criticar), vc não é amarelo, fascista, nazista, reacionário, não é NADA DEMAIS... vc é apenas um cidadão argumentando proposta do governo. O que é totalmente normal dentro de uma realidade democrática.

Me desculpe, minha mensagem não foi direcionada a você, mas sim aos partidários, aos zumbis ideológicos, que replicam o que a imprensa vermelha publica dita, apesar de não refletir a realidade...

Eles me divertem muito, não se ofenda, por favor! :acclaim:

Eu por exemplo votei no Novo, fiz campanha pelo Novo e etc. Anulei no segundo turno.

Mas por defender a reforma a competição (fim de todos os monopólios, oligopólios estatais) e que os corruptos sejam presos me chamam de bolsominion.
Bolsominion, fascista, retrógrado, reacionário, nazi-fascista, baba ovo de americano etc et etc... se não pensar conforme os zumbis da ideologia esse é o proceder.

Já fui um zumbi (mas isso qd eu era mlk e não tinha passado pelo governo do PT, depois deixei de "ser o superior-intelectiual-dono da verdade")

Segue o fluxo...

Avatar do usuário
Leony
Júnior
Júnior
Mensagens: 1979
Registrado em: 16 Dez 2016, 18:00

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Leony » 11 Jul 2019, 16:13

Com a aprovação da reforma da previdência creio que o Brasil irá crescer, gerar empregos. Os investidores terão a segurança de que um dinheiro investido no Brasil terá retorno, pois o país não irá quebrar. Ninguém aqui investiria 1 real com a possibilidade de o negocio quebrar por causa do país. Somente com a reforma, o governo já irá economizar 100 bilhões, que podem ser investidos das mais diversas formas ( Educação, saúde, infra estrutura), e todos esses investimentos criarão empregos diretos e indiretos. A reforma irá desafogar o caixa do governo.

zcpinheiro
Júnior
Júnior
Mensagens: 1130
Registrado em: 22 Fev 2016, 13:05
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por zcpinheiro » 11 Jul 2019, 16:26

Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 15:31
zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 13:06
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 12:14


Tb tenho minha opinião sobre a reforma, esta conforme o texto aprovado, tb deixou de contemplar alguns coisas que minha classe esperava, mas enfim, acho que é algo necessário para impedir que o país quebre de uma vez.

GilsonVGPR se o que vc está falando é verdade (pois, tem muita gente que diz que votou no Bolsonaro para ter "autoridade" para criticar), vc não é amarelo, fascista, nazista, reacionário, não é NADA DEMAIS... vc é apenas um cidadão argumentando proposta do governo. O que é totalmente normal dentro de uma realidade democrática.

Me desculpe, minha mensagem não foi direcionada a você, mas sim aos partidários, aos zumbis ideológicos, que replicam o que a imprensa vermelha publica dita, apesar de não refletir a realidade...

Eles me divertem muito, não se ofenda, por favor! :acclaim:

Eu por exemplo votei no Novo, fiz campanha pelo Novo e etc. Anulei no segundo turno.

Mas por defender a reforma a competição (fim de todos os monopólios, oligopólios estatais) e que os corruptos sejam presos me chamam de bolsominion.
Bolsominion, fascista, retrógrado, reacionário, nazi-fascista, baba ovo de americano etc et etc... se não pensar conforme os zumbis da ideologia esse é o proceder.

Já fui um zumbi (mas isso qd eu era mlk e não tinha passado pelo governo do PT, depois deixei de "ser o superior-intelectiual-dono da verdade")

Segue o fluxo...
Exatamente.... tudo isso.

Também já fui um zumbi, tem meu nome e CPF no requerimento de criação do PSOL em 2005, estudei na UFF, já militei muito por eles.

já faz muito tempo.

Avatar do usuário
Vinan
Profissional
Profissional
Mensagens: 5592
Registrado em: 22 Mar 2018, 16:13

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Vinan » 11 Jul 2019, 16:33

zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 16:26
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 15:31
zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 13:06



Eu por exemplo votei no Novo, fiz campanha pelo Novo e etc. Anulei no segundo turno.

Mas por defender a reforma a competição (fim de todos os monopólios, oligopólios estatais) e que os corruptos sejam presos me chamam de bolsominion.
Bolsominion, fascista, retrógrado, reacionário, nazi-fascista, baba ovo de americano etc et etc... se não pensar conforme os zumbis da ideologia esse é o proceder.

Já fui um zumbi (mas isso qd eu era mlk e não tinha passado pelo governo do PT, depois deixei de "ser o superior-intelectiual-dono da verdade")

Segue o fluxo...
Exatamente.... tudo isso.

Também já fui um zumbi, tem meu nome e CPF no requerimento de criação do PSOL em 2005, estudei na UFF, já militei muito por eles.

já faz muito tempo.
Impossível escapar, nem a parte militar da minha família conseguiu demover a ideia vermelha em minha época de faculdade, sei exatamente como é...

Mesmo assim, durante a faculdade consegui me livrar dessas amarras, mas tem gente que fica eternamente... tem professor e ex colegas de faculdade que me odeiam por ter "deixado a causa". :fkc:

zcpinheiro
Júnior
Júnior
Mensagens: 1130
Registrado em: 22 Fev 2016, 13:05
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por zcpinheiro » 11 Jul 2019, 17:01

Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 16:33
zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 16:26
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 15:31


Bolsominion, fascista, retrógrado, reacionário, nazi-fascista, baba ovo de americano etc et etc... se não pensar conforme os zumbis da ideologia esse é o proceder.

Já fui um zumbi (mas isso qd eu era mlk e não tinha passado pelo governo do PT, depois deixei de "ser o superior-intelectiual-dono da verdade")

Segue o fluxo...
Exatamente.... tudo isso.

Também já fui um zumbi, tem meu nome e CPF no requerimento de criação do PSOL em 2005, estudei na UFF, já militei muito por eles.

já faz muito tempo.
Impossível escapar, nem a parte militar da minha família conseguiu demover a ideia vermelha em minha época de faculdade, sei exatamente como é...

Mesmo assim, durante a faculdade consegui me livrar dessas amarras, mas tem gente que fica eternamente... tem professor e ex colegas de faculdade que me odeiam por ter "deixado a causa". :fkc:
Tenho um grupo de zap com amigos da época do DCE da faculdade que rola briga direto, a maioria deixou já de ser vermelha mais a galera que não deixou esta cada vez mais radical, tem uma galera que foi trabalhar em sindicato, tem influenciadores digitais da esquerda e uma galera que simplesmente mantém aquele pensamento de 15 anos atras.


Mas tirando a briga politica o grupo é legal agente fala de tudo também, futebol, putaria, cerveja, show, series, mas de vez em quando tens uns arraca rabos do cacete lá.

Avatar do usuário
Vinan
Profissional
Profissional
Mensagens: 5592
Registrado em: 22 Mar 2018, 16:13

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Vinan » 11 Jul 2019, 17:09

zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 17:01
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 16:33
zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 16:26
Exatamente.... tudo isso.

Também já fui um zumbi, tem meu nome e CPF no requerimento de criação do PSOL em 2005, estudei na UFF, já militei muito por eles.

já faz muito tempo.
Impossível escapar, nem a parte militar da minha família conseguiu demover a ideia vermelha em minha época de faculdade, sei exatamente como é...

Mesmo assim, durante a faculdade consegui me livrar dessas amarras, mas tem gente que fica eternamente... tem professor e ex colegas de faculdade que me odeiam por ter "deixado a causa". :fkc:
Tenho um grupo de zap com amigos da época do DCE da faculdade que rola briga direto, a maioria deixou já de ser vermelha mais a galera que não deixou esta cada vez mais radical, tem uma galera que foi trabalhar em sindicato, tem influenciadores digitais da esquerda e uma galera que simplesmente mantém aquele pensamento de 15 anos atras.


Mas tirando a briga politica o grupo é legal agente fala de tudo também, futebol, putaria, cerveja, show, series, mas de vez em quando tens uns arraca rabos do cacete lá.
Exatamente... parecem serem de uma seita, são totalmente cegos pela realidade que os cercam, conseguem "encaixar" tudo de acordo com o "entendimento" deles e, sim, são muito agressivos.

zcpinheiro
Júnior
Júnior
Mensagens: 1130
Registrado em: 22 Fev 2016, 13:05
Localização: Rio de Janeiro

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por zcpinheiro » 11 Jul 2019, 17:12

Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 17:09
zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 17:01
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 16:33


Impossível escapar, nem a parte militar da minha família conseguiu demover a ideia vermelha em minha época de faculdade, sei exatamente como é...

Mesmo assim, durante a faculdade consegui me livrar dessas amarras, mas tem gente que fica eternamente... tem professor e ex colegas de faculdade que me odeiam por ter "deixado a causa". :fkc:
Tenho um grupo de zap com amigos da época do DCE da faculdade que rola briga direto, a maioria deixou já de ser vermelha mais a galera que não deixou esta cada vez mais radical, tem uma galera que foi trabalhar em sindicato, tem influenciadores digitais da esquerda e uma galera que simplesmente mantém aquele pensamento de 15 anos atras.


Mas tirando a briga politica o grupo é legal agente fala de tudo também, futebol, putaria, cerveja, show, series, mas de vez em quando tens uns arraca rabos do cacete lá.
Exatamente... parecem serem de uma seita, são totalmente cegos pela realidade que os cercam, conseguem "encaixar" tudo de acordo com o "entendimento" deles e, sim, são muito agressivos.
São muito agressivos.

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2929
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por GilsonVGPR » 11 Jul 2019, 17:14

zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 16:26
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 15:31
zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 13:06



Eu por exemplo votei no Novo, fiz campanha pelo Novo e etc. Anulei no segundo turno.

Mas por defender a reforma a competição (fim de todos os monopólios, oligopólios estatais) e que os corruptos sejam presos me chamam de bolsominion.
Bolsominion, fascista, retrógrado, reacionário, nazi-fascista, baba ovo de americano etc et etc... se não pensar conforme os zumbis da ideologia esse é o proceder.

Já fui um zumbi (mas isso qd eu era mlk e não tinha passado pelo governo do PT, depois deixei de "ser o superior-intelectiual-dono da verdade")

Segue o fluxo...
Exatamente.... tudo isso.

Também já fui um zumbi, tem meu nome e CPF no requerimento de criação do PSOL em 2005, estudei na UFF, já militei muito por eles.

já faz muito tempo.
Ah, então você é da turma do Jean Wyllys, né!? :fkc: :lol:
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Cheder
Grande Benemérito
Grande Benemérito
Mensagens: 12785
Registrado em: 23 Dez 2015, 22:13

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Cheder » 11 Jul 2019, 18:16

Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 16:33
zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 16:26
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 15:31


Bolsominion, fascista, retrógrado, reacionário, nazi-fascista, baba ovo de americano etc et etc... se não pensar conforme os zumbis da ideologia esse é o proceder.

Já fui um zumbi (mas isso qd eu era mlk e não tinha passado pelo governo do PT, depois deixei de "ser o superior-intelectiual-dono da verdade")

Segue o fluxo...
Exatamente.... tudo isso.

Também já fui um zumbi, tem meu nome e CPF no requerimento de criação do PSOL em 2005, estudei na UFF, já militei muito por eles.

já faz muito tempo.
Impossível escapar, nem a parte militar da minha família conseguiu demover a ideia vermelha em minha época de faculdade, sei exatamente como é...

Mesmo assim, durante a faculdade consegui me livrar dessas amarras, mas tem gente que fica eternamente... tem professor e ex colegas de faculdade que me odeiam por ter "deixado a causa". :fkc:
Uma coisa é certa. Quando vc sai vc nunca mais volta. Já o contrário, eu nunca vi acontecer.
YOU'VE WAGED A WAR OF NERVES, BUT YOU CAN'T CRUSH THE KINGDOM

Avatar do usuário
Luke
Júnior
Júnior
Mensagens: 1156
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:47

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Luke » 11 Jul 2019, 19:16

barbosafh escreveu:
09 Jul 2019, 21:39
Conde de Vidigueira escreveu:
09 Jul 2019, 17:16
Não tem nada a ver com acreditar ou não que há déficit. O meu ponto é que você (e 99.9% dos apoiadores da reforma) não tem conhecimento suficiente para bancar que a reforma é necessária, só compram discursinho de um cara que tem meio bilhão de patrimônio declarado e de repente resolveu brincar de ministro. Das intenções do Guedes vocês não desconfiam?
O que mais impressiona é apatia das pessaos, não se insurgem pela completa falta de debate sobre um tema de extrema importância e abragência. É o minimo que deveriam fazer.
Simplesmente repisam o mantra a reforma é necessária...alguns ainda com ar de sabedoria.
Quem vai financiar, a gestao dos recursos (quem , como), DRU continuara a subtrair recursos da seguridade (em 10 anos foi 500 bilhoes a menos), a transparência sobre o deficit (se existe) e sobre as projeções feitas (inclusive atuariais), e outros temas relacionados.
Vemos ainda muitos trabalhadores, membros fies da seita do bozo, indo as ruas defender reforma sem ter a menor noção do impacto que terá nas suas vidas no presente e no futuro.
Impressiona, mas não surpreende, tudo neste pais é tratado desta forma.
O mais surreal, doentio é pobre ( os mesmos que eram a favor da ref. trabalhista que aumentou o desemprego e retirou direitos ) comemorando sua não aposentadoria só por ter votado no bozo, sendo que vai sair do seu lombo 80% da tal economia, sendo que o mercado, bancos, ruralistas... dentre outros, ficaram de fora, e acreditando, de novo, que essa trará mais empregos.
Somos uma nação rica e saqueada pelos bancos desde sarney e entra gov e sai gov, continua a sina e sempre sobra pro povão de uma das nações mais ignorantes do mundo!

Avatar do usuário
Leony
Júnior
Júnior
Mensagens: 1979
Registrado em: 16 Dez 2016, 18:00

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Leony » 11 Jul 2019, 19:56

"Reforma da previdência: veja 56 falas checadas pela Lupa sobre o tema em 2019"

https://piaui.folha.uol.com.br/lupa/201 ... agem-lupa/

Avatar do usuário
Vinan
Profissional
Profissional
Mensagens: 5592
Registrado em: 22 Mar 2018, 16:13

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Vinan » 11 Jul 2019, 22:18

Cheder escreveu:
11 Jul 2019, 18:16
Vinan escreveu:
11 Jul 2019, 16:33
zcpinheiro escreveu:
11 Jul 2019, 16:26
Exatamente.... tudo isso.

Também já fui um zumbi, tem meu nome e CPF no requerimento de criação do PSOL em 2005, estudei na UFF, já militei muito por eles.

já faz muito tempo.
Impossível escapar, nem a parte militar da minha família conseguiu demover a ideia vermelha em minha época de faculdade, sei exatamente como é...

Mesmo assim, durante a faculdade consegui me livrar dessas amarras, mas tem gente que fica eternamente... tem professor e ex colegas de faculdade que me odeiam por ter "deixado a causa". :fkc:
Uma coisa é certa. Quando vc sai vc nunca mais volta. Já o contrário, eu nunca vi acontecer.
A liberdade é o segundo bem mais precioso do ser humano, depois da própria vida, depois que vc conquista, no caso liberdade de pensamento, nunca mais volta atrás. :LIKE:

Avatar do usuário
Mohammed Lisboa
Capitão
Capitão
Mensagens: 11883
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:34
Localização: Jacarepaguá - RJ

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Mohammed Lisboa » 12 Jul 2019, 10:11

barbosafh escreveu:
09 Jul 2019, 21:39
Conde de Vidigueira escreveu:
09 Jul 2019, 17:16
Não tem nada a ver com acreditar ou não que há déficit. O meu ponto é que você (e 99.9% dos apoiadores da reforma) não tem conhecimento suficiente para bancar que a reforma é necessária, só compram discursinho de um cara que tem meio bilhão de patrimônio declarado e de repente resolveu brincar de ministro. Das intenções do Guedes vocês não desconfiam?
O que mais impressiona é apatia das pessaos, não se insurgem pela completa falta de debate sobre um tema de extrema importância e abragência. É o minimo que deveriam fazer.
Simplesmente repisam o mantra a reforma é necessária...alguns ainda com ar de sabedoria.
Quem vai financiar, a gestao dos recursos (quem , como), DRU continuara a subtrair recursos da seguridade (em 10 anos foi 500 bilhoes a menos), a transparência sobre o deficit (se existe) e sobre as projeções feitas (inclusive atuariais), e outros temas relacionados.
Vemos ainda muitos trabalhadores, membros fies da seita do bozo, indo as ruas defender reforma sem ter a menor noção do impacto que terá nas suas vidas no presente e no futuro.
Impressiona, mas não surpreende, tudo neste pais é tratado desta forma.




O povo brasileiro é muito pacato e ordeiro, um autentico gado de corte. O que ocorreu em 2013 foi um fenômeno atípico e não teve maiores consequências. Eu confesso que me surpreendi muito na época e imaginei uma mudança na atitude da população, mas qual não foi a surpresa quando na eleição do ano seguinte, a maioria dos candidatos se reelegeram. Infelizmente a situação é essa, o povo parece gostar de tomar porrada e esse apoio à reforma vem de muita gente que nem sabe do que se trata. O que o governo está fazendo é de uma maldade sem tamanho. Essa reforma merecia o mínimo de debate com a população que está completamente atônita assistindo tudo isso, como nada disso vai acontecer, o Vampiro Guedes afia suas garras para sugar o sangue da população de bois e vacas mansos.
Ponha um Rei na masmorra, e ele continua sendo Rei. Ponha um palhaço no castelo, e ele continua sendo um palhaço.


QUE PAÍS SERÁ ESTE??

Avatar do usuário
Leony
Júnior
Júnior
Mensagens: 1979
Registrado em: 16 Dez 2016, 18:00

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por Leony » 12 Jul 2019, 12:31

A reforma da previdência está sendo desidratada, tem muita coisa que já foi alterada e outras que ainda podem ser.

Avatar do usuário
frostbr10
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 762
Registrado em: 18 Mar 2018, 17:05

Re: POLÍTICA NACIONAL XIV

Mensagem por frostbr10 » 12 Jul 2019, 12:56

Votacao da Reforma mostrando quem é quem na fila do pão.
No fim a Tabata era liberal e o PSL era um balaio de corporativistas :rast:

Trancado

Voltar para “Galeria NETVASCO - Economia, Política e Temas Sociais”