ELENCO DO VASCO TEM A PIOR AVALIAÇÃO DOS ÚLTIMOS ANOS PELA TORCIDA

Área destinada a Comentários sobre o Vasco e demais Assuntos \'Futebolísticos\' em geral, por parte de Torcedores e Foristas, que ainda não tenham nenhuma Área específica no Fórum.
thadeufb
Promessa
Promessa
Mensagens: 2
Registrado em: 29 Abr 2019, 17:10

ELENCO DO VASCO TEM A PIOR AVALIAÇÃO DOS ÚLTIMOS ANOS PELA TORCIDA

Mensagem por thadeufb » 29 Abr 2019, 17:50

Levando-se em conta os dados do Troféu NetVasco que permite ao torcedor, desde 2004, avaliar a atuação dos jogadores nas partidas, as parciais de 2019 mostram a pior avaliação do time ao longo dos 15 anos da enquete. Para efeitos de comparação, foram consideradas as médias dos 10 jogadores com as melhores notas em cada ano. A melhor avaliação do time foi no período entre o título da Série B e o vice campeonato na série A, sendo que no ano da recuperação a média foi de 7,04, com a boa campanha em 2010, média de 6,84 e 6,99 em 2011. Fernando Prass teve o melhor desempenho individual de todos os tempos, com uma média de 8,2 em 40 jogos de 2009.

As piores avaliações, antes de 2019, foram nos anos 2018, 2013 e 2014, com médias 5,81, 6,1 e 6,15, respectivamente. Em 2018 a equipe frustrou a torcida, após o vice-campeonato no Carioca, eliminação na fase de grupos da Libertadores com apenas uma vitória fora de casa, eliminação na Sul Americana, para a LDU, e na Copa do Brasil, para o Bahia no primeiro jogo, competições em que o Vasco entrara já nas oitavas de final, e campanha pífia no Brasileirão, com risco de descenso até a última rodada. Em 2013 os 10 melhores avaliados disputaram menos partidas se comparada a outros ano, com a melhor assiduidade a de Marlone, com 35 participações. A temporada foi marcada por problemas extra-campo, como salários dos jogadores atrasados, que fizeram o técnico Paulo Autuori desistir do trabalho 3 meses após ser contratado. Juninho, que havia deixado a equipe no fim de 2012 para jogar nos EUA, volta no segundo semestre para ser o mais bem avaliado do ano, sem, entretanto, ajudar o Vasco a se livrar do segundo rebaixamento. A campanha da Série B em 2014 não foi das melhores e o time só garantiu o terceiro lugar na penúltima rodada.

Uma curiosidade, enquanto as primeiras edições do Troféu Vasco consagraram atacantes, Muriqui (2004), Alex Dias (2005), Jean (2006), Leandro Amaral (2007), a partir de 2008 a parte defensiva se destacou com Rafael (2008), Fernando Prass (2009 e 2010), Dedé (2011) e Martín Silva (2014 a 2017). Em 2012 e 2013 o melhor jogador na média pela avaliação da torcida foi Juninho e, em 2018, Paulinho.

Mas, o que os números de 2019 significam? O elenco do Vasco tem mesmo a pior performance dos últimos 15 anos ou o torcedor está mais exigente? A média de 2019 não é apenas a pior, mas é inferior à menor nota entre os 10 mais bem avaliados de 2004 a 2017. O jogador mais bem avaliado até aqui, Fernando Miguel, com 5,92, só supera a média do time de 2018. Seria muito alarmante se esses dados refletissem exatamente a realidade, pois resultaria na pior campanha do time no século. Porém, é bem provável que as expectativas nessa equipe atual estivessem exageradas e a paciência do torcedor menor.

Imagem

Eadriano
Promessa
Promessa
Mensagens: 144
Registrado em: 18 Mar 2017, 20:52

Re: ELENCO DO VASCO TEM A PIOR AVALIAÇÃO DOS ÚLTIMOS ANOS PELA TORCIDA

Mensagem por Eadriano » 27 Mai 2019, 20:57

Mais uma vez afirmo: Não temos time, temos um bando !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Avatar do usuário
Idonaldo
Júnior
Júnior
Mensagens: 1566
Registrado em: 20 Set 2017, 14:09

Re: ELENCO DO VASCO TEM A PIOR AVALIAÇÃO DOS ÚLTIMOS ANOS PELA TORCIDA

Mensagem por Idonaldo » 27 Mai 2019, 22:09

Bacana a análise e temo que esse seja um dos piores times recentes nossos, simplesmente ninguém salva e a torcida infelizmente (incluso eu) chega a ter esperança em jogadores vindos de times como Bangu, tamanho o apequenamento causado pelo Campello e demais membros da diretoria. Estamos ferrados, a torcida é pela gestão mais profissional na próxima eleição, mas conhecendo minimamente quem são as figuras envolvidas ativamente na política do Vasco não há muito o que ter esperança.

Triste, muito triste.

Responder

Voltar para “Papo de Arquibancada”