Página 3 de 3

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 21 Mar 2018, 13:12
por GilsonVGPR
Barba Negra escreveu:
20 Mar 2018, 18:12
Barba Negra escreveu:
20 Mar 2018, 14:26
Victor_92 escreveu:
20 Mar 2018, 14:10
Parece que depois de ana julia vascaina morreram as novas composições da torcida do Vasco lá se vão quase 10 anos cantando as mesmas músicas a gda tenta alguma coisa nova mais não embala infelizmente, talvez por ser argentina muita gente torce o nariz e não canta.

Eu gosto daquela: Nunca vão entender esse amor ...🎵
ASA BRANCA

No meu peito a Cruz de Malta (quando olhei a terra ardendo)
Simboliza uma paixão (na fogueira de são joão)
Me perguntam porque te sigo (eu perguntei a deus do céu)
Porque te amo, ó meu Vascão (porque tamanha judiação)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão

Lutei contra o preconceito (Que braseiro, que fornalha)
Fiz do negro um campeão (Nem um pé de plantação)
E foi com pobres e operários (Por falta d'água perdi meu gado)
Que construí sim minha tradição (Morreu de sede meu alazão)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão
Bellini, Orlando e Barbosa
Vavá, Roberto e Ademir
Só o Edmundo mais o Romário
E o Coutinho nasceram aqui

Fora Eurico do meu Vasco
Sai pra lá assombração
Pega o Campello e leva embora
Com o Monteiro num camburão
Asa Branca - Luiz Gonzaga (Preta ou Branca - GilsonVGPR/Barba Negra)

Quando olhei a terra ardendo (No meu peito a Cruz de Malta)
Qual fogueira de São João (Simboliza uma paixão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)

Que braseiro, que fornalha (Lutei contra o preconceito)
Nem um pé de plantação (Fiz do negro um campeão)
Por falta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Por farta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Até mesmo a asa branca (Minha camisa é preta ou branca)
Bateu asas do sertão (Com faixa de campeão)
Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Hoje longe, muitas léguas (Hoje vejo essa bandeira)
Numa triste solidão (De linda constelação)
Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Quando o verde dos teus olhos (Quando lembro que o Expresso)
Se espalhar na plantação (No Chile foi campeão)
Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 21 Mar 2018, 13:36
por João Calvino
(E foi com pobres e operários)
(Que eu ergui meu pavilhão) Eu trocaria "pavilhão" por "caldeirão"
Ficaria assim...
(E foi com pobres e operários)
(Que eu ergui meu caldeirão)

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 21 Mar 2018, 13:45
por GilsonVGPR
João Calvino escreveu:
21 Mar 2018, 13:36
(E foi com pobres e operários)
(Que eu ergui meu pavilhão) Eu trocaria "pavilhão" por "caldeirão"
Ficaria assim...
(E foi com pobres e operários)
(Que eu ergui meu caldeirão)
Entendi seu raciocínio, mas, o verso "Que eu ergui meu pavilhão" está fazendo referência à bandeira, que foi defendida (e erguida) pelos jogadores pobres e operários, que vestiram a camisa do Vasco em 1923, e conquistaram o título.

Um trecho da resposta histórica (carta de José Augusto Prestes em 1924) diz o seguinte:

"Estamos certos que V.Exa. será o primeiro a reconhecer que seria um ato pouco digno da nossa parte sacrificar ao desejo de filiar-se à AMEA alguns dos que lutaram para que tivéssemos entre outras vitórias a do campeonato de futebol da cidade do Rio de Janeiro de 1923.

São esses doze jogadores jovens quase todos brasileiros no começo de sua carreira, e o ato público que os pode macular nunca será praticado com a solidariedade dos que dirigem a casa que os acolheu nem sob o pavilhão que eles com tanta galhardia cobriram de glórias.
"

Link: www.netvasco.com.br/n/140669/resposta-h ... ta-90-anos

Por isso preferi colocar "Que eu ergui meu pavilhão" (Que eu levantei minha bandeira).

Obs.: O Estádio de São Januário (Caldeirão) foi construído em 1927, com a ajuda dos torcedores.

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 21 Mar 2018, 13:53
por João Calvino
Ow, vivendo e aprendendo. Isso é história! Isso é vasco! Pavilhão faz mais sentido histórico sim!

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 21 Mar 2018, 15:43
por Aluizio_Junior
Sempre ao teu lado até o fim
Minha vida é você
E a torcida do vascão
Sempre tão linda
Nós viemos para te apoiar
Juntos vamos ganhar
Na alegria e na dor
O sentimento não pára
Pois todo vascaíno
Tem amor infinito
Cantarei de coração

Vasco da Gama
Vasco da Gama

Ana Julia

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 21 Mar 2018, 17:03
por paranhos.lc
GilsonVGPR escreveu:
21 Mar 2018, 13:12
Barba Negra escreveu:
20 Mar 2018, 18:12
Barba Negra escreveu:
20 Mar 2018, 14:26


ASA BRANCA

No meu peito a Cruz de Malta (quando olhei a terra ardendo)
Simboliza uma paixão (na fogueira de são joão)
Me perguntam porque te sigo (eu perguntei a deus do céu)
Porque te amo, ó meu Vascão (porque tamanha judiação)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão

Lutei contra o preconceito (Que braseiro, que fornalha)
Fiz do negro um campeão (Nem um pé de plantação)
E foi com pobres e operários (Por falta d'água perdi meu gado)
Que construí sim minha tradição (Morreu de sede meu alazão)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão
Bellini, Orlando e Barbosa
Vavá, Roberto e Ademir
Só o Edmundo mais o Romário
E o Coutinho nasceram aqui

Fora Eurico do meu Vasco
Sai pra lá assombração
Pega o Campello e leva embora
Com o Monteiro num camburão
Asa Branca - Luiz Gonzaga (Preta ou Branca - GilsonVGPR/Barba Negra)

Quando olhei a terra ardendo (No meu peito a Cruz de Malta)
Qual fogueira de São João (Simboliza uma paixão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)

Que braseiro, que fornalha (Lutei contra o preconceito)
Nem um pé de plantação (Fiz do negro um campeão)
Por falta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Por farta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Até mesmo a asa branca (Minha camisa é preta ou branca)
Bateu asas do sertão (Com faixa de campeão)
Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Hoje longe, muitas léguas (Hoje vejo essa bandeira)
Numa triste solidão (De linda constelação)
Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Quando o verde dos teus olhos (Quando lembro que o Expresso)
Se espalhar na plantação (No Chile foi campeão)
Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

Gilson, muito legal a música! Gostei e acho que seria arrepiante ver a torcida pulando (como os argentinos) e cantando essa música.
Só uma ressalva: Música muito grande, a torcida não grava. Vide a música Camisas Negras. A galera canta errado e não adianta corrigir. Na humildade, tenta diminuir e colocar os trechos que achar mais interessantes. Acho que pode dar certo!
Abraço, mano! Estarei no Engenhão hoje!

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 21 Mar 2018, 17:10
por Barba Negra
GilsonVGPR escreveu:
21 Mar 2018, 13:12
Barba Negra escreveu:
20 Mar 2018, 18:12
Barba Negra escreveu:
20 Mar 2018, 14:26


ASA BRANCA

No meu peito a Cruz de Malta (quando olhei a terra ardendo)
Simboliza uma paixão (na fogueira de são joão)
Me perguntam porque te sigo (eu perguntei a deus do céu)
Porque te amo, ó meu Vascão (porque tamanha judiação)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão

Lutei contra o preconceito (Que braseiro, que fornalha)
Fiz do negro um campeão (Nem um pé de plantação)
E foi com pobres e operários (Por falta d'água perdi meu gado)
Que construí sim minha tradição (Morreu de sede meu alazão)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão
Bellini, Orlando e Barbosa
Vavá, Roberto e Ademir
Só o Edmundo mais o Romário
E o Coutinho nasceram aqui

Fora Eurico do meu Vasco
Sai pra lá assombração
Pega o Campello e leva embora
Com o Monteiro num camburão
Asa Branca - Luiz Gonzaga (Preta ou Branca - GilsonVGPR/Barba Negra)

Quando olhei a terra ardendo (No meu peito a Cruz de Malta)
Qual fogueira de São João (Simboliza uma paixão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)

Que braseiro, que fornalha (Lutei contra o preconceito)
Nem um pé de plantação (Fiz do negro um campeão)
Por falta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Por farta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Até mesmo a asa branca (Minha camisa é preta ou branca)
Bateu asas do sertão (Com faixa de campeão)
Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Hoje longe, muitas léguas (Hoje vejo essa bandeira)
Numa triste solidão (De linda constelação)
Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Quando o verde dos teus olhos (Quando lembro que o Expresso)
Se espalhar na plantação (No Chile foi campeão)
Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

ASA BRANCA (GilsonVGPR/Barba Negra)

Quando olhei a terra ardendo (No meu peito a Cruz de Malta)
Qual fogueira de São João (Simboliza uma paixão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Quando perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão

Que braseiro, que fornalha (Lutei contra o preconceito)
Nem um pé de plantação (Fiz do negro um campeão)
Por falta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que aqui ergui sim meu pavilhão)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão

Até mesmo a asa branca (Bellini, Orlando e Barbosa)
Bateu asas do sertão (Vavá, Roberto e Ademir)
Depois eu disse, adeus Rosinha (Soma o Edmundo mais o Romário)
Guarda contigo meu coração (E o Coutinho nasceram aqui)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 22 Mar 2018, 15:37
por GilsonVGPR
paranhos.lc escreveu:
21 Mar 2018, 17:03
GilsonVGPR escreveu:
21 Mar 2018, 13:12
Barba Negra escreveu:
20 Mar 2018, 18:12


Bellini, Orlando e Barbosa
Vavá, Roberto e Ademir
Só o Edmundo mais o Romário
E o Coutinho nasceram aqui

Fora Eurico do meu Vasco
Sai pra lá assombração
Pega o Campello e leva embora
Com o Monteiro num camburão
Asa Branca - Luiz Gonzaga (Preta ou Branca - GilsonVGPR/Barba Negra)

[1] Quando olhei a terra ardendo (No meu peito a Cruz de Malta)
Qual fogueira de São João (Simboliza uma paixão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)

Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)

[2] Que braseiro, que fornalha (Lutei contra o preconceito)
Nem um pé de plantação (Fiz do negro um campeão)
Por falta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Por farta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

[3] Até mesmo a asa branca (Minha camisa é preta ou branca)
Bateu asas do sertão (Com faixa de campeão)
Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

[4] Hoje longe, muitas léguas (Hoje vejo essa bandeira)
Numa triste solidão (De linda constelação)
Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

[5]Quando o verde dos teus olhos (Quando lembro que o Expresso)
Se espalhar na plantação (No Chile foi campeão)
Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)
Gilson, muito legal a música! Gostei e acho que seria arrepiante ver a torcida pulando (como os argentinos) e cantando essa música.
Só uma ressalva: Música muito grande, a torcida não grava. Vide a música Camisas Negras. A galera canta errado e não adianta corrigir. Na humildade, tenta diminuir e colocar os trechos que achar mais interessantes. Acho que pode dar certo!
Abraço, mano! Estarei no Engenhão hoje!
Eu me empolguei. :fkc: Quando vou fazer uma paródia, gosto de fazer da letra toda. :cfe:

É só a torcida cantar uma ou duas estrofes trechos, por exemplo a 1ª e a 3ª. E a música toda serviria pra fazer uma gravação, tipo a paródia queo Mc Charles fez da música "Eu nasci há dez mil anos atrás" ("Eu nasci amando o Vasco demais"). :band: Mas fiz essa paródia sem pretensão nenhuma, foi só porque fiz a 1ª estrofe, aí não me contive e quis terminar a letra toda. :digi:

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 22 Mar 2018, 16:13
por GilsonVGPR
Barba Negra escreveu:
21 Mar 2018, 17:10
GilsonVGPR escreveu:
21 Mar 2018, 13:12
Barba Negra escreveu:
20 Mar 2018, 18:12


Bellini, Orlando e Barbosa
Vavá, Roberto e Ademir
Só o Edmundo mais o Romário
E o Coutinho nasceram aqui

Fora Eurico do meu Vasco
Sai pra lá assombração
Pega o Campello e leva embora
Com o Monteiro num camburão
Asa Branca - Luiz Gonzaga (Preta ou Branca - GilsonVGPR/Barba Negra)

Quando olhei a terra ardendo (No meu peito a Cruz de Malta)
Qual fogueira de São João (Simboliza uma paixão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)

Que braseiro, que fornalha (Lutei contra o preconceito)
Nem um pé de plantação (Fiz do negro um campeão)
Por falta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Por farta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Até mesmo a asa branca (Minha camisa é preta ou branca)
Bateu asas do sertão (Com faixa de campeão)
Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Hoje longe, muitas léguas (Hoje vejo essa bandeira)
Numa triste solidão (De linda constelação)
Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Quando o verde dos teus olhos (Quando lembro que o Expresso)
Se espalhar na plantação (No Chile foi campeão)
Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

ASA BRANCA (GilsonVGPR/Barba Negra)

Quando olhei a terra ardendo (No meu peito a Cruz de Malta)
Qual fogueira de São João (Simboliza uma paixão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Quando perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão

Que braseiro, que fornalha (Lutei contra o preconceito)
Nem um pé de plantação (Fiz do negro um campeão)
Por falta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que aqui ergui sim meu pavilhão)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão

Até mesmo a asa branca (Bellini, Orlando e Barbosa)
Bateu asas do sertão (Vavá, Roberto e Ademir)
Depois eu disse, adeus Rosinha (Soma o Edmundo mais o Romário)
Guarda contigo meu coração (E o Coutinho nasceram aqui)

vamo vamo vamo vamo vamo vamo meu Vascão
Pra torcida cantar pode ser até a 3ª estrofe. Mas acho que fica melhor mantendo as rimas parecidas (asa branca +/-= preta ou branca; sertão +/-= campeão; etc), questão de gosto apenas.

Pra incluir nomes de personagens (bons: Ademir, Edmundo e Romário; ruins: Eurico e Campelo) pode usar outras músicas, e fazer as rimas ficarem parecidas.

Só como exemplo: (Emoções - Roberto Carlos) (Coloquei todos os jogadores campeões de 1948, um de 1923, e outros mais contemporâneos).

Vavá, Roberto e Ademir (Quando eu estou aqui)
Barbosa, Orlando e Bellini (Eu vivo esse momento lindo)
Felipe, Edmundo e Romário (Olhando pra você)
Os dois Juninhos e o Coutinho (E as mesmas emoções sentindo)
Rafagnelli e Danilo (São tantas já vividas)
Augusto, Friaça e Elii (São momentos que eu não esqueci)
Maneca, Lelé e Chico (Detalhes de uma vida)
Djalma, Jorge e Cecy (Histórias que eu contei aqui)

Como diria o Barba Negra, julguem o argumento, não a poesia.

Ou fazer como Fernanda Abreu, que fez uma música original usando os nomes dos jogadores do Vasco.

Obs.: Eu não gosto muito de fazer paródia, e estragar as músicas colocando nomes de dirigentes. Só opinião também.

Mas tô vendo que vocês estão levando essas ideias de música a sério mesmo.

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 01 Abr 2018, 15:40
por KG_Vasco
Viniiicius escreveu:
21 Mar 2018, 10:25
Tão cantando só uma parte de Camisas negras
Não tinha visto mais ninguém comentando sobre isso, achei que era só impressão minha

A melhor atualmente pra mim é aquela que a torcida canta "na Barreira eu vou festejar"
Pqp, eu já escutei esse canto umas duzentas vezes e a cada vez que escuto a música parece ficar mais foda

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 26 Jan 2019, 20:58
por puckspock
Tem duas músicas (paródias) que apareceram já esse ano no NetVasco que ficaram bem legais e gostaria muito de cantar na arquibancada. Tem que ver se pega. Uma delas, é essa, que saiu hoje:

https://m.radioglobo.globo.com/media/au ... -vasco.htm

Achei a estrofe especialmente boa. Só falta uma galera cantando, em vez de um cara sozinho, pra mostrar o potencial da música.

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 26 Jan 2019, 21:02
por puckspock
A segunda música, que ficou MUITO boa, na minha opinião, é essa, feita pela GDA:

Guerreiros Do Almirante - GDA A Cruz de Malta é quem me guia
Ritmo: Descobridor dos sete mares – Tim Maia

⁠⁠⁠⁠⁠A Cruz de Malta é quem me guia
Com a certeza da união racial
A "Classe Nobre" me excluía
Mas um dia nossa luta fez chegar
Com o trem bala veio a copa
Só Rio-São Paulo trouxe três pra cá!
Já conquistei o continente
E o sentimento não pode parar
Também ganhei
Libertadores na vontade
Sem a ajuda do juiz
Meus brasileiros são verdade
E da América eu sou tri

Só cantando sozinho, já gravei o refrão. Tomara que essa pegue.

https://www.facebook.com/gdavg/posts/24 ... 2R%2348%22%7D

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 01 Fev 2019, 10:46
por GilsonVGPR
Segue o áudio mp3 que que gravei da paródia de Asa Branca. A qualidade não é muito boa, porque gravei a voz no celular, não canto muito bem, mas, dá pra ouvir.

https://vocaroo.com/i/s0cuIjzvP8JM

Asa Branca - Luiz Gonzaga (Preta ou Branca - GilsonVGPR/Barba Negra)

Quando olhei a terra ardendo (No meu peito a Cruz de Malta)
Qual fogueira de São João (Simboliza uma paixão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)
Eu perguntei a Deus do céu, ai (Me perguntam porque te sigo)
Por que tamanha judiação (Porque te amo, ó meu Vascão)

Que braseiro, que fornalha (Lutei contra o preconceito)
Nem um pé de plantação (Fiz do negro um campeão)
Por falta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Por farta d'água perdi meu gado (E foi com pobres e operários)
Morreu de sede meu alazão (Que eu ergui meu pavilhão)

Até mesmo a asa branca (Minha camisa é preta ou branca)
Bateu asas do sertão (Com faixa de campeão)
Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Depois eu disse, adeus Rosinha (A Cruz de Malta sobre meu peito)
Guarda contigo meu coração (Vasco da Gama, minha paixão)

Hoje longe, muitas léguas (Hoje vejo essa bandeira)
Numa triste solidão (De linda constelação)
Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Espero a chuva cair de novo (Essas estrelas trazem o brilho)
Pra mim voltar pro meu sertão (Das conquistas de um campeão)

Quando o verde dos teus olhos (Quando lembro que o Expresso)
Se espalhar na plantação (No Chile foi campeão)
Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

Eu te asseguro não chore não, viu (Foi pioneiro, foi o primeiro)
Que eu voltarei, viu (Em outras terras)
Meu coração (Ser campeão)

Re: MÚSICAS DO VASCO

Enviado: 19 Fev 2019, 10:56
por GilsonVGPR
Segue o áudio mp3 que que gravei da paródia de Emoções (Roberto Carlos). A qualidade não é muito boa, porque gravei a voz no celular, não canto muito bem, mas, dá pra ouvir.

https://vocaroo.com/i/s09Zw6PyP9HV

Vasco Emoções – GilsonVGPR (Emoções – Roberto Carlos)

Vavá, Roberto e Ademir (Quando eu estou aqui)
Barbosa, Orlando e Bellini (Eu vivo esse momento lindo)
Felipe, Edmundo e Romário (Olhando pra você)
Ramon, Juninhos e o Pedrinho (E as mesmas emoções sentindo)

Rafagnelli e Danilo (São tantas já vividas)
Augusto, Friaça e Eli (São momentos que eu não esqueci)
Maneca, Lelé e Chico (Detalhes de uma vida)
Djalma, Jorge e Cecy (Histórias que eu contei aqui)

Campeonatos eu ganhei (Amigos eu ganhei)
Um estádio construí, tão lindo (Saudades eu senti, partindo)
Por negros eu lutei (E às vezes eu deixei)
Quiseram macular, os excluindo (Você me ver chorar, sorrindo)

Torcedores com amor (Sei tudo que o amor)
Vieram me ajudar (É capaz de me dar)
Doações recebi (Eu sei já sofri)
Pra um terreno comprar (Mas não deixo de amar)

São Januário eu construí (Se chorei ou se sorri)
E importantes histórias eu vivi (O importante é que emoções eu vivi)

Vamos todos cantar de coração / A Cruz de Malta é meu pendão / Vasco da Gama Paixão Religião (Na parte instrumental.)

São tantas as conquistas (São tantas já vividas)
São tantas taças que eu venci (São momentos que eu não esqueci)
Mercosul e Libertadores (Detalhes de uma vida)
E fui campeão no Morumbi (Histórias que eu contei aqui)

O Expresso com Ademir (Mas eu estou aqui)
Marcando um período lindo (Vivendo esse momento lindo)
Ganhei tri brasileiro (De frente pra você)
Com Edmundo destruindo (E as emoções se repetindo)

Em cada partida (Em paz com a vida)
Cada gol que se faz (E o que ela me traz)
O amor se refaz (Na fé que me faz)
Gigante demais (Otimista demais)

São Januário eu construí (Se chorei ou se sorri)
E importantes histórias eu vivi (O importante é que emoções eu vivi)

São Januário eu construí (Se chorei ou se sorri)
E importantes histórias eu vivi (O importante é que emoções eu vivi)