Página 44 de 44

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 13:23
por Wesley Safadão
Enquanto a politica do vasco só pensar mais no poder do que no clube nada mudará, para mim conta-se nos dedos quem pensa realmente no clube. Espero que esses projetos saiam do papel independente do presidente, o vasco se fortalecendo e se modernizando não importa se o presidente é brant ou campello, tem que se profissionalizar urgente.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 13:28
por Bacurau
Projeto legal, bonito, etc. e tal... Só não vejo ninguém no Vasco com capacidade para concretizar algo assim.
Lembro da tal Lusoarenas que era minuta daqui, reunião dali e acabou foi dando em nada. Se já tinha algum projeto pronto ninguém sabe, ninguém viu - Talvez os Miranda...

Aquela meia sola na casa e um CT próprio mesmo que simples já me parecem objetivos bastante distantes.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 13:31
por walace90
Eu acho que o estádio é a última coisa a ser feita.. Primeiro é organizar as finanças, montar times fortes, ter um CT e depois disso uma grande reforma no Estádio

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 14:34
por Bruno Vascaíno
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 12:31
vascabista escreveu:
21 Dez 2018, 05:26
Porra tá cheio de arquiteto e engenheiro aqui pra ficar criticando. Não fode porra. O projeto tá lá. Perguntem aos arquitetos que os criaram. Converso com o Felipe Nicolau direto. A reforma começa a partir do ano que vem. Vão trocar a iluminação do estádio todo. Depois passar os vestiários pra arquibancada leste. Ah mas não tem como elevar o piso ..porra se os arquitetos tão falando que dá. Se dá pra fazer aos poucos, pq essa frescura toda ? A choradeira do caralho para uma obra que pode ficar pronta lá em 2027. Se tiver grana antes mas dificilmente vai ter. O que estão fazendo serão as intervenções na leste e tentar vender os camarotes pra fazer primeiro na social.
1º - Claro que o projeto tá lá, e é muito bem feito. Mas arquitetura não é 2 + 2 apenas, assim como há esse projeto, houve muitos outros, feitos por outros engenheiros e arquitetos. Essa não é a única opção, e não tem problema algum questionar certas coisas. O piso elevado, por exemplo: é óbvio que dá pra fazer, senão não botariam no projeto, mas será que vale a pena? Será que vale a pena uma reforma dessa magnitude? Quantos anos de bilheteria vamos perder após a obra, pra pagar o fundo imobiliário? Será que conseguem vender todos camarotes e cativas a esse custo mesmo? O Corinthians, que é a maior torcida da maior cidade da América, não vendeu todos seus camarotes e os que vendeu foi por um preço muito abaixo do que esperavam.

Entendo seu ponto, respeito sua opinião e concordo com algumas coisas. Mas vou te falar um risco de começarem fazendo isso aos poucos, especialmente a parte da social: é capaz de botarem aqueles camarotes horrorosos lá, diminuindo provisoriamente a capacidade do estádio, e depois o projeto de reforma completo não andar, desistirem, acharem que não vai ser tão viável financeiramente, algo do tipo. E aí fica aquela porcaria de camarotes horríveis em frente à TV, nosso patrimônio histórico mudado sem vantagem, e SJ cabendo 15mil.

Do ponto de vista da engenharia e arquitetura certas coisas são lógicas (como começar pela social). Analisando política, finanças e outras variáveis, há de se pensar melhor.

Por isso defendo um projeto mais simples, que feche a ferradura e pronto. Pode botar uns camarotes acima da leste também. Mas sem mexer na social.

Querem fazer o projeto apresentado? Ok, respeito, vai ficar bonito tbm. Mas tem que pensar direitinho em como pagar depois e, principalmente, NÃO COMEÇAR A OBRA PELA SOCIAL!


Saudações Vascaínas!
Concordo plenamente. Pra mim o maior problema desse projeto é teimarem que não tem nada a ver com arena, quando na verdade vai ficar quase igual as arenas "padrão FIFA". Não precisa fazer nada mirabolante. Se derrubar os muros, melhorar os acessos, banheiros, lanchonetes e fechar a ferradura em curva já tá de bom tamanho. Final da libertadores agora é em jogo único e acho que exigência pra semifinal é de 20 ou 30 mil lugares.

Social e cobertura deveriam ficar pra uma segundo momento pq certamente vai ser a parte mais cara da obra de longe. É legal manter a fachada tombada intacta, mas a verdade é que esse tipo de reforma é muito mais cara (vide Maracanã)...

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 14:55
por MichelFilho
Bruno Vascaíno escreveu:
21 Dez 2018, 14:34
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 12:31
vascabista escreveu:
21 Dez 2018, 05:26
Porra tá cheio de arquiteto e engenheiro aqui pra ficar criticando. Não fode porra. O projeto tá lá. Perguntem aos arquitetos que os criaram. Converso com o Felipe Nicolau direto. A reforma começa a partir do ano que vem. Vão trocar a iluminação do estádio todo. Depois passar os vestiários pra arquibancada leste. Ah mas não tem como elevar o piso ..porra se os arquitetos tão falando que dá. Se dá pra fazer aos poucos, pq essa frescura toda ? A choradeira do caralho para uma obra que pode ficar pronta lá em 2027. Se tiver grana antes mas dificilmente vai ter. O que estão fazendo serão as intervenções na leste e tentar vender os camarotes pra fazer primeiro na social.
1º - Claro que o projeto tá lá, e é muito bem feito. Mas arquitetura não é 2 + 2 apenas, assim como há esse projeto, houve muitos outros, feitos por outros engenheiros e arquitetos. Essa não é a única opção, e não tem problema algum questionar certas coisas. O piso elevado, por exemplo: é óbvio que dá pra fazer, senão não botariam no projeto, mas será que vale a pena? Será que vale a pena uma reforma dessa magnitude? Quantos anos de bilheteria vamos perder após a obra, pra pagar o fundo imobiliário? Será que conseguem vender todos camarotes e cativas a esse custo mesmo? O Corinthians, que é a maior torcida da maior cidade da América, não vendeu todos seus camarotes e os que vendeu foi por um preço muito abaixo do que esperavam.

Entendo seu ponto, respeito sua opinião e concordo com algumas coisas. Mas vou te falar um risco de começarem fazendo isso aos poucos, especialmente a parte da social: é capaz de botarem aqueles camarotes horrorosos lá, diminuindo provisoriamente a capacidade do estádio, e depois o projeto de reforma completo não andar, desistirem, acharem que não vai ser tão viável financeiramente, algo do tipo. E aí fica aquela porcaria de camarotes horríveis em frente à TV, nosso patrimônio histórico mudado sem vantagem, e SJ cabendo 15mil.

Do ponto de vista da engenharia e arquitetura certas coisas são lógicas (como começar pela social). Analisando política, finanças e outras variáveis, há de se pensar melhor.

Por isso defendo um projeto mais simples, que feche a ferradura e pronto. Pode botar uns camarotes acima da leste também. Mas sem mexer na social.

Querem fazer o projeto apresentado? Ok, respeito, vai ficar bonito tbm. Mas tem que pensar direitinho em como pagar depois e, principalmente, NÃO COMEÇAR A OBRA PELA SOCIAL!


Saudações Vascaínas!
Concordo plenamente. Pra mim o maior problema desse projeto é teimarem que não tem nada a ver com arena, quando na verdade vai ficar quase igual as arenas "padrão FIFA". Não precisa fazer nada mirabolante. Se derrubar os muros, melhorar os acessos, banheiros, lanchonetes e fechar a ferradura em curva já tá de bom tamanho. Final da libertadores agora é em jogo único e acho que exigência pra semifinal é de 20 ou 30 mil lugares.

Social e cobertura deveriam ficar pra uma segundo momento pq certamente vai ser a parte mais cara da obra de longe. É legal manter a fachada tombada intacta, mas a verdade é que esse tipo de reforma é muito mais cara (vide Maracanã)...

Concordo, só acho que não precisa mexer em nada na social... põe as cadeiras cativas na leste, e camarotes em cima dela... ou então se for o caso, como vc falou, põe aqueles camarotes na social só no fim da obra. Quanto à cobertura, é isso mesmo, deixa pra depois. É caro demais.

Essa reforma simples que estamos falando aqui (sem cobertura) não passaria de uns 80 milhões. Poderia ser financiada agora mesmo, em 2019, com a venda das cativas, camarotes + vaquinha da torcida e patrocinador. Nem de fundo precisaria.

Se a nova arq for reta, caberiam 31mil. Se for em curva (com a capela dentro), subiria pra uns 36mil, o que eu já acho suficiente.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 14:55
por MichelFilho
Bruno Vascaíno escreveu:
21 Dez 2018, 14:34
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 12:31
vascabista escreveu:
21 Dez 2018, 05:26
Porra tá cheio de arquiteto e engenheiro aqui pra ficar criticando. Não fode porra. O projeto tá lá. Perguntem aos arquitetos que os criaram. Converso com o Felipe Nicolau direto. A reforma começa a partir do ano que vem. Vão trocar a iluminação do estádio todo. Depois passar os vestiários pra arquibancada leste. Ah mas não tem como elevar o piso ..porra se os arquitetos tão falando que dá. Se dá pra fazer aos poucos, pq essa frescura toda ? A choradeira do caralho para uma obra que pode ficar pronta lá em 2027. Se tiver grana antes mas dificilmente vai ter. O que estão fazendo serão as intervenções na leste e tentar vender os camarotes pra fazer primeiro na social.
1º - Claro que o projeto tá lá, e é muito bem feito. Mas arquitetura não é 2 + 2 apenas, assim como há esse projeto, houve muitos outros, feitos por outros engenheiros e arquitetos. Essa não é a única opção, e não tem problema algum questionar certas coisas. O piso elevado, por exemplo: é óbvio que dá pra fazer, senão não botariam no projeto, mas será que vale a pena? Será que vale a pena uma reforma dessa magnitude? Quantos anos de bilheteria vamos perder após a obra, pra pagar o fundo imobiliário? Será que conseguem vender todos camarotes e cativas a esse custo mesmo? O Corinthians, que é a maior torcida da maior cidade da América, não vendeu todos seus camarotes e os que vendeu foi por um preço muito abaixo do que esperavam.

Entendo seu ponto, respeito sua opinião e concordo com algumas coisas. Mas vou te falar um risco de começarem fazendo isso aos poucos, especialmente a parte da social: é capaz de botarem aqueles camarotes horrorosos lá, diminuindo provisoriamente a capacidade do estádio, e depois o projeto de reforma completo não andar, desistirem, acharem que não vai ser tão viável financeiramente, algo do tipo. E aí fica aquela porcaria de camarotes horríveis em frente à TV, nosso patrimônio histórico mudado sem vantagem, e SJ cabendo 15mil.

Do ponto de vista da engenharia e arquitetura certas coisas são lógicas (como começar pela social). Analisando política, finanças e outras variáveis, há de se pensar melhor.

Por isso defendo um projeto mais simples, que feche a ferradura e pronto. Pode botar uns camarotes acima da leste também. Mas sem mexer na social.

Querem fazer o projeto apresentado? Ok, respeito, vai ficar bonito tbm. Mas tem que pensar direitinho em como pagar depois e, principalmente, NÃO COMEÇAR A OBRA PELA SOCIAL!


Saudações Vascaínas!
Concordo plenamente. Pra mim o maior problema desse projeto é teimarem que não tem nada a ver com arena, quando na verdade vai ficar quase igual as arenas "padrão FIFA". Não precisa fazer nada mirabolante. Se derrubar os muros, melhorar os acessos, banheiros, lanchonetes e fechar a ferradura em curva já tá de bom tamanho. Final da libertadores agora é em jogo único e acho que exigência pra semifinal é de 20 ou 30 mil lugares.

Social e cobertura deveriam ficar pra uma segundo momento pq certamente vai ser a parte mais cara da obra de longe. É legal manter a fachada tombada intacta, mas a verdade é que esse tipo de reforma é muito mais cara (vide Maracanã)...

Concordo, só acho que não precisa mexer em nada na social... põe as cadeiras cativas na leste, e camarotes em cima dela... ou então se for o caso, como vc falou, põe aqueles camarotes na social só no fim da obra. Quanto à cobertura, é isso mesmo, deixa pra depois. É caro demais.

Essa reforma simples que estamos falando aqui (sem cobertura) não passaria de uns 80 milhões. Poderia ser financiada agora mesmo, em 2019, com a venda das cativas, camarotes + vaquinha da torcida e patrocinador. Nem de fundo precisaria.

Se a nova arq for reta, caberiam 31mil. Se for em curva (com a capela dentro), subiria pra uns 36mil, o que eu já acho suficiente.

Em 2020 ou 2021 teria tudo pra já estar pronto.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 15:45
por Bruno Vascaíno
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 14:55
Bruno Vascaíno escreveu:
21 Dez 2018, 14:34
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 12:31


1º - Claro que o projeto tá lá, e é muito bem feito. Mas arquitetura não é 2 + 2 apenas, assim como há esse projeto, houve muitos outros, feitos por outros engenheiros e arquitetos. Essa não é a única opção, e não tem problema algum questionar certas coisas. O piso elevado, por exemplo: é óbvio que dá pra fazer, senão não botariam no projeto, mas será que vale a pena? Será que vale a pena uma reforma dessa magnitude? Quantos anos de bilheteria vamos perder após a obra, pra pagar o fundo imobiliário? Será que conseguem vender todos camarotes e cativas a esse custo mesmo? O Corinthians, que é a maior torcida da maior cidade da América, não vendeu todos seus camarotes e os que vendeu foi por um preço muito abaixo do que esperavam.

Entendo seu ponto, respeito sua opinião e concordo com algumas coisas. Mas vou te falar um risco de começarem fazendo isso aos poucos, especialmente a parte da social: é capaz de botarem aqueles camarotes horrorosos lá, diminuindo provisoriamente a capacidade do estádio, e depois o projeto de reforma completo não andar, desistirem, acharem que não vai ser tão viável financeiramente, algo do tipo. E aí fica aquela porcaria de camarotes horríveis em frente à TV, nosso patrimônio histórico mudado sem vantagem, e SJ cabendo 15mil.

Do ponto de vista da engenharia e arquitetura certas coisas são lógicas (como começar pela social). Analisando política, finanças e outras variáveis, há de se pensar melhor.

Por isso defendo um projeto mais simples, que feche a ferradura e pronto. Pode botar uns camarotes acima da leste também. Mas sem mexer na social.

Querem fazer o projeto apresentado? Ok, respeito, vai ficar bonito tbm. Mas tem que pensar direitinho em como pagar depois e, principalmente, NÃO COMEÇAR A OBRA PELA SOCIAL!


Saudações Vascaínas!
Concordo plenamente. Pra mim o maior problema desse projeto é teimarem que não tem nada a ver com arena, quando na verdade vai ficar quase igual as arenas "padrão FIFA". Não precisa fazer nada mirabolante. Se derrubar os muros, melhorar os acessos, banheiros, lanchonetes e fechar a ferradura em curva já tá de bom tamanho. Final da libertadores agora é em jogo único e acho que exigência pra semifinal é de 20 ou 30 mil lugares.

Social e cobertura deveriam ficar pra uma segundo momento pq certamente vai ser a parte mais cara da obra de longe. É legal manter a fachada tombada intacta, mas a verdade é que esse tipo de reforma é muito mais cara (vide Maracanã)...

Concordo, só acho que não precisa mexer em nada na social... põe as cadeiras cativas na leste, e camarotes em cima dela... ou então se for o caso, como vc falou, põe aqueles camarotes na social só no fim da obra. Quanto à cobertura, é isso mesmo, deixa pra depois. É caro demais.

Essa reforma simples que estamos falando aqui (sem cobertura) não passaria de uns 80 milhões. Poderia ser financiada agora mesmo, em 2019, com a venda das cativas, camarotes + vaquinha da torcida e patrocinador. Nem de fundo precisaria.

Se a nova arq for reta, caberiam 31mil. Se for em curva (com a capela dentro), subiria pra uns 36mil, o que eu já acho suficiente.

Em 2020 ou 2021 teria tudo pra já estar pronto.
80 milhões? Se fizer a arquibancada em concreto pré-moldado, ainda mais se for reta como você comentou, nem chega perto disso. As outras mudanças comentadas não envolveriam grandes mudanças estruturais. 50 milhões e olhe lá!!! O que encarece é reforma estrutural e a cobertura...

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 16:09
por bruninhobr
primeiramente não precisa se preocupar com a barreira do vasco pois lá é e está sendo uma das comunidades mais tranquilas do rj .
av brasil até lá deve terminar a obra da pista .
são cristóvão é um bairro que a longo prazo pode se tornar uma mina de ouro .
esse projeto de reforma de sj só falta melhorar uns detalhes mais está bom e tem como fazer .
já frequentei a região naquele miolo de curtir aqueles bailes na quelas proximidades do sj e região e vou ti falar se fazer tudo direitinho vai ser o estádio com maior rentabilidade e custo benefício do estado do rj a médio e longo prazo .

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 20:58
por MichelFilho
Bruno Vascaíno escreveu:
21 Dez 2018, 15:45
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 14:55
Bruno Vascaíno escreveu:
21 Dez 2018, 14:34

Concordo plenamente. Pra mim o maior problema desse projeto é teimarem que não tem nada a ver com arena, quando na verdade vai ficar quase igual as arenas "padrão FIFA". Não precisa fazer nada mirabolante. Se derrubar os muros, melhorar os acessos, banheiros, lanchonetes e fechar a ferradura em curva já tá de bom tamanho. Final da libertadores agora é em jogo único e acho que exigência pra semifinal é de 20 ou 30 mil lugares.

Social e cobertura deveriam ficar pra uma segundo momento pq certamente vai ser a parte mais cara da obra de longe. É legal manter a fachada tombada intacta, mas a verdade é que esse tipo de reforma é muito mais cara (vide Maracanã)...

Concordo, só acho que não precisa mexer em nada na social... põe as cadeiras cativas na leste, e camarotes em cima dela... ou então se for o caso, como vc falou, põe aqueles camarotes na social só no fim da obra. Quanto à cobertura, é isso mesmo, deixa pra depois. É caro demais.

Essa reforma simples que estamos falando aqui (sem cobertura) não passaria de uns 80 milhões. Poderia ser financiada agora mesmo, em 2019, com a venda das cativas, camarotes + vaquinha da torcida e patrocinador. Nem de fundo precisaria.

Se a nova arq for reta, caberiam 31mil. Se for em curva (com a capela dentro), subiria pra uns 36mil, o que eu já acho suficiente.

Em 2020 ou 2021 teria tudo pra já estar pronto.
80 milhões? Se fizer a arquibancada em concreto pré-moldado, ainda mais se for reta como você comentou, nem chega perto disso. As outras mudanças comentadas não envolveriam grandes mudanças estruturais. 50 milhões e olhe lá!!! O que encarece é reforma estrutural e a cobertura...
[ resposta com texto grande ]

Também acho, mas sempre é bom botar o valor pra cima. O Pedro hoje estimou a reforma nas sociais em 20 milhões, e disse que captaria 60 milhões com os camarotes de lá. Porra, não sei o que vão fazer nessa social então, pelo visto vão mudar toda estrutura interna, o que é uma pena.

De qualquer forma, eu acho que dá mais de 50MM porque além da arq. reta, que realmente não é tão caro, é fundamental tirar o ginásio dali pra poder abrir os muros. Isso demandaria construir o ginásio em outro lugar (no campo anexo ou outro), além de fazer vagas de estacionamento pros novos camarotes e cativas.

Enfim, não deve rolar isso. A ideia é esse plano diretor aí, e vão começar pelas sociais. Já tô vendo eles reformando toda a social e o resto da reforma ficando pelo caminho. O dinheiro da venda dos camarotes indo pra pagar salários atrasados etc. Não duvido de nada. Torcer para que sejam criativos na captação de recursos, pois fazer todo o resto (100 e poucos milhões) só com fundo imobiliário NÃO VALE A PENA. Essa merda tem que dar retorno pro investidor, vamos ficar uns 10 anos SEM GANHAR RECEITA DE BILHETERIA, só pra pagar isso. Afinal, o estádio não é justamente pra aumentar nossa receita? Não deveria ser de curto-médio prazo justamente pra torcida chegar junto e tirar o clube da lama?

Pensando nisso, aproveitando o fato deu estar doente de cama e sem porra nenhuma pra fazer, elaborei algumas sugestões, que gostaria de tentar mandar para alguém da diretoria, se estiverem a ouvidos:

- A principal fonte de recurso, fora a venda de camarotes e cativas (que podem chegar aos 80, 90 MM), pode ser a "vaquinha recompensada". O Pedro falou hoje na live que a vaquinha serviria só pra coisas como reforma de banheiros, que o grosso do projeto é o fundo, o que não tenho dúvidas de que é um erro.
O que seria a vaquinha recompensada?

1ª Faixa: torcedores pagam valores como 150, 200 e 280 reais e ganham 1, 2 e 3 ingressos de recompensa para quando o estádio for reformado, além de placa de torcedor ''construtor do estádio''.

2ª Faixa: 30 mil torcedores (o total de lugares na arquibancada) que pagarem valores como 1.500 e 2.000 reais vão ganhar uma série de benefícios: primeiramente, terão seu NOME escrito nas novas paredes (ou muros) do estádio. Os que pagarem 2mil têm o nome melhor localizado a olho nu, os de 1mil ficam um pouco mais alto na parede, algo assim. Além disso, esses 30mil torcedores serão os que ganharão os 30mil ingressos para o jogo da inauguração do estádio, além de, sei lá, mais uns 4 ingressos, camisa oficial, uma placa de ''construtor do estádio'', coisas do tipo. Pode botar também o direito de ganharem um ''ingresso vip'', do tipo que eles poderão usar em qualquer jogo quando quiserem (esse torcedor pode esperar pra usar seu ingresso vip pra uma final de Copa do Brasil, brasileiro, algum jogo importante que ele queira ir). Isso daria motivação pro torcedor de fora do Rio pagar, pois teria a garantia de lugar numa eventual final.

3ª Faixa: algo como 500 placas de mármore, no molde "calçada da fama", para os torcedores mais abastados, a colocar essa calçada no piso da arquibancada leste (assim como tem no piso das sociais). Também dar os benefícios citados anteriormente. Cobrar algo como 10mil reais pra ter seu nome em mármore no lugar privilegiado do estádio. Isso é pro torcedor rico, por isso apenas 500 placas, que queira apenas ajudar e ter um prestígio de retorno. Segue o modelo norte-americano de doações a universidades e outras coisas, em que botam o nome do laboratório de fulano de tal, que doou a verba etc.

4ª Sugestão: Tentar a construção das ditas torres norte e sul a partir de uma parceria com patrocinador, com naming-right da torre por alguns anos. Uma é a torre brahma, a outra é a torre OLX, por exemplo. "O Vasco vai apresentar a contratação do Alex Teixeira na Torre Brahma às 16h". Inclusive pode botar logo da marca durante uns anos na torre, que é espaço privilegiadíssimo na transmissão televisiva.

--------------

Acredito que tudo que foi dito acima é perfeitamente exequível, inclusive a ideia dos 30mil, que é o grosso dessa geração de receita, sem que o Vasco tenha que pagar retorno a esses investidores. Seguem os valores:

1ª Faixa: Se 50mil torcedores pagando uma média de 200$, teremos arrecadado 10 milhões.

2ª Faixa: 15mil pagando 1.500$ dá 22,5M. 15mil pagando 2.000$, dá 30M. No total, 52,5 milhões.

3ª Faixa: Com os 500 vascaínos ricos pagando (cheio de ex-jogador, torcedor ilustre, benemérito abastado, etc), dá 5 milhões de reais.

4ª Sugestão: Com patrocinadores custeando as torres, teríamos uma economia de, pelo menos, uns 2 ou 3milhões.

TOTAL: 70 milhões de reais arrecadados, com o 'custo' de não ganhar receita de bilheteria de apenas meia-dúzia de jogos (pelos ingressos cedidos). Somados à venda de cativas e camarotes, praticamente pagaria toda a reforma do estádio (cujo projeto eu discordo, mas OK). Faltariam cerca de 50 milhões que, aí sim, poderiam vir do tal fundo de investimento, ou da venda de algum jogador, se o clube estiver com caixa bom até lá. Isso sem contar a possibilidade de fazer uma vaquinha sem recompensa, pro torcedor doar 10, 20 reais e tal.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 21:22
por RafaelG.
[quote=walace90 post_id=754967 time=1545406317 user_id=1232]
Eu acho que o estádio é a última coisa a ser feita.. Primeiro é organizar as finanças, montar times fortes, ter um CT e depois disso uma grande reforma no Estádio
[/quote]

Exato. Mas sabe pq o cara não coloca um CT como prioridade? Pq isso não da visibilidade para o presidente. Esse merda tá fazendo isso pra dar uma vislumbrada na torcida, começa umas pequenas reformas ano que vem, tenta limpar o filme com a torcida pra conseguir ser reeleito. Todo vascaíno que se importa com o Club sabe que as prioridades são equilibrar as finanças e a construção de um centro de treinamento. Essas duas atitudes tornariam o Vasco grande de novo, respeitado e atrativo para os jogadores. Mas a questão não é essa, como sempre, querem se manter no poder. Como vi um pessoal dizendo, projeto pra modernização de São Januário já teve aos montes, mas nada saiu do papel, ai esse boçal coloca uma previsão de término pra daqui não sei quantos anos, faz uma reforma aqui outra ali, engana meia dúzia de vascaínos e tá feito toda a merda mais uma vez.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 22:01
por PCVasconautaRM
Também concordo que o CT deveria ser prioridade. Já temos estádio, ele pode esperar por uma grande reforma. Mas não temos um CT nosso e daqui a pouco seremos o único dos grandes do RJ a não ter um

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 22:05
por vascabista
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 12:31
vascabista escreveu:
21 Dez 2018, 05:26
Porra tá cheio de arquiteto e engenheiro aqui pra ficar criticando. Não fode porra. O projeto tá lá. Perguntem aos arquitetos que os criaram. Converso com o Felipe Nicolau direto. A reforma começa a partir do ano que vem. Vão trocar a iluminação do estádio todo. Depois passar os vestiários pra arquibancada leste. Ah mas não tem como elevar o piso ..porra se os arquitetos tão falando que dá. Se dá pra fazer aos poucos, pq essa frescura toda ? A choradeira do caralho para uma obra que pode ficar pronta lá em 2027. Se tiver grana antes mas dificilmente vai ter. O que estão fazendo serão as intervenções na leste e tentar vender os camarotes pra fazer primeiro na social.
1º - Claro que o projeto tá lá, e é muito bem feito. Mas arquitetura não é 2 + 2 apenas, assim como há esse projeto, houve muitos outros, feitos por outros engenheiros e arquitetos. Essa não é a única opção, e não tem problema algum questionar certas coisas. O piso elevado, por exemplo: é óbvio que dá pra fazer, senão não botariam no projeto, mas será que vale a pena? Será que vale a pena uma reforma dessa magnitude? Quantos anos de bilheteria vamos perder após a obra, pra pagar o fundo imobiliário? Será que conseguem vender todos camarotes e cativas a esse custo mesmo? O Corinthians, que é a maior torcida da maior cidade da América, não vendeu todos seus camarotes e os que vendeu foi por um preço muito abaixo do que esperavam.

Entendo seu ponto, respeito sua opinião e concordo com algumas coisas. Mas vou te falar um risco de começarem fazendo isso aos poucos, especialmente a parte da social: é capaz de botarem aqueles camarotes horrorosos lá, diminuindo provisoriamente a capacidade do estádio, e depois o projeto de reforma completo não andar, desistirem, acharem que não vai ser tão viável financeiramente, algo do tipo. E aí fica aquela porcaria de camarotes horríveis em frente à TV, nosso patrimônio histórico mudado sem vantagem, e SJ cabendo 15mil.

Do ponto de vista da engenharia e arquitetura certas coisas são lógicas (como começar pela social). Analisando política, finanças e outras variáveis, há de se pensar melhor.

Por isso defendo um projeto mais simples, que feche a ferradura e pronto. Pode botar uns camarotes acima da leste também. Mas sem mexer na social.

Querem fazer o projeto apresentado? Ok, respeito, vai ficar bonito tbm. Mas tem que pensar direitinho em como pagar depois e, principalmente, NÃO COMEÇAR A OBRA PELA SOCIAL!

Saudações Vascaínas!
Palavras do Felipe Nicolau: Os camarotes diminuem a capacidade da social simplesmente pq escondem as pilastras. se reparar nas imagens as pilastras estão lá, logo não vai gastar dinheiro derrubando as mesmas e nem derrubando cobertura e construindo nem colocando as treliças. Ah mas não dá pra conseguir o dinheiro pra fazer a social ? Então vai ter que começar quando tiver dinheiro próprio uai. Simples assim.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 21 Dez 2018, 23:10
por Bruno Vascaíno
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 20:58
Bruno Vascaíno escreveu:
21 Dez 2018, 15:45
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 14:55



Concordo, só acho que não precisa mexer em nada na social... põe as cadeiras cativas na leste, e camarotes em cima dela... ou então se for o caso, como vc falou, põe aqueles camarotes na social só no fim da obra. Quanto à cobertura, é isso mesmo, deixa pra depois. É caro demais.

Essa reforma simples que estamos falando aqui (sem cobertura) não passaria de uns 80 milhões. Poderia ser financiada agora mesmo, em 2019, com a venda das cativas, camarotes + vaquinha da torcida e patrocinador. Nem de fundo precisaria.

Se a nova arq for reta, caberiam 31mil. Se for em curva (com a capela dentro), subiria pra uns 36mil, o que eu já acho suficiente.

Em 2020 ou 2021 teria tudo pra já estar pronto.
80 milhões? Se fizer a arquibancada em concreto pré-moldado, ainda mais se for reta como você comentou, nem chega perto disso. As outras mudanças comentadas não envolveriam grandes mudanças estruturais. 50 milhões e olhe lá!!! O que encarece é reforma estrutural e a cobertura...
[ resposta com texto grande ]

Também acho, mas sempre é bom botar o valor pra cima. O Pedro hoje estimou a reforma nas sociais em 20 milhões, e disse que captaria 60 milhões com os camarotes de lá. Porra, não sei o que vão fazer nessa social então, pelo visto vão mudar toda estrutura interna, o que é uma pena.

De qualquer forma, eu acho que dá mais de 50MM porque além da arq. reta, que realmente não é tão caro, é fundamental tirar o ginásio dali pra poder abrir os muros. Isso demandaria construir o ginásio em outro lugar (no campo anexo ou outro), além de fazer vagas de estacionamento pros novos camarotes e cativas.

Enfim, não deve rolar isso. A ideia é esse plano diretor aí, e vão começar pelas sociais. Já tô vendo eles reformando toda a social e o resto da reforma ficando pelo caminho. O dinheiro da venda dos camarotes indo pra pagar salários atrasados etc. Não duvido de nada. Torcer para que sejam criativos na captação de recursos, pois fazer todo o resto (100 e poucos milhões) só com fundo imobiliário NÃO VALE A PENA. Essa merda tem que dar retorno pro investidor, vamos ficar uns 10 anos SEM GANHAR RECEITA DE BILHETERIA, só pra pagar isso. Afinal, o estádio não é justamente pra aumentar nossa receita? Não deveria ser de curto-médio prazo justamente pra torcida chegar junto e tirar o clube da lama?

Pensando nisso, aproveitando o fato deu estar doente de cama e sem porra nenhuma pra fazer, elaborei algumas sugestões, que gostaria de tentar mandar para alguém da diretoria, se estiverem a ouvidos:

- A principal fonte de recurso, fora a venda de camarotes e cativas (que podem chegar aos 80, 90 MM), pode ser a "vaquinha recompensada". O Pedro falou hoje na live que a vaquinha serviria só pra coisas como reforma de banheiros, que o grosso do projeto é o fundo, o que não tenho dúvidas de que é um erro.
O que seria a vaquinha recompensada?

1ª Faixa: torcedores pagam valores como 150, 200 e 280 reais e ganham 1, 2 e 3 ingressos de recompensa para quando o estádio for reformado, além de placa de torcedor ''construtor do estádio''.

2ª Faixa: 30 mil torcedores (o total de lugares na arquibancada) que pagarem valores como 1.500 e 2.000 reais vão ganhar uma série de benefícios: primeiramente, terão seu NOME escrito nas novas paredes (ou muros) do estádio. Os que pagarem 2mil têm o nome melhor localizado a olho nu, os de 1mil ficam um pouco mais alto na parede, algo assim. Além disso, esses 30mil torcedores serão os que ganharão os 30mil ingressos para o jogo da inauguração do estádio, além de, sei lá, mais uns 4 ingressos, camisa oficial, uma placa de ''construtor do estádio'', coisas do tipo. Pode botar também o direito de ganharem um ''ingresso vip'', do tipo que eles poderão usar em qualquer jogo quando quiserem (esse torcedor pode esperar pra usar seu ingresso vip pra uma final de Copa do Brasil, brasileiro, algum jogo importante que ele queira ir). Isso daria motivação pro torcedor de fora do Rio pagar, pois teria a garantia de lugar numa eventual final.

3ª Faixa: algo como 500 placas de mármore, no molde "calçada da fama", para os torcedores mais abastados, a colocar essa calçada no piso da arquibancada leste (assim como tem no piso das sociais). Também dar os benefícios citados anteriormente. Cobrar algo como 10mil reais pra ter seu nome em mármore no lugar privilegiado do estádio. Isso é pro torcedor rico, por isso apenas 500 placas, que queira apenas ajudar e ter um prestígio de retorno. Segue o modelo norte-americano de doações a universidades e outras coisas, em que botam o nome do laboratório de fulano de tal, que doou a verba etc.

4ª Sugestão: Tentar a construção das ditas torres norte e sul a partir de uma parceria com patrocinador, com naming-right da torre por alguns anos. Uma é a torre brahma, a outra é a torre OLX, por exemplo. "O Vasco vai apresentar a contratação do Alex Teixeira na Torre Brahma às 16h". Inclusive pode botar logo da marca durante uns anos na torre, que é espaço privilegiadíssimo na transmissão televisiva.

--------------

Acredito que tudo que foi dito acima é perfeitamente exequível, inclusive a ideia dos 30mil, que é o grosso dessa geração de receita, sem que o Vasco tenha que pagar retorno a esses investidores. Seguem os valores:

1ª Faixa: Se 50mil torcedores pagando uma média de 200$, teremos arrecadado 10 milhões.

2ª Faixa: 15mil pagando 1.500$ dá 22,5M. 15mil pagando 2.000$, dá 30M. No total, 52,5 milhões.

3ª Faixa: Com os 500 vascaínos ricos pagando (cheio de ex-jogador, torcedor ilustre, benemérito abastado, etc), dá 5 milhões de reais.

4ª Sugestão: Com patrocinadores custeando as torres, teríamos uma economia de, pelo menos, uns 2 ou 3milhões.

TOTAL: 70 milhões de reais arrecadados, com o 'custo' de não ganhar receita de bilheteria de apenas meia-dúzia de jogos (pelos ingressos cedidos). Somados à venda de cativas e camarotes, praticamente pagaria toda a reforma do estádio (cujo projeto eu discordo, mas OK). Faltariam cerca de 50 milhões que, aí sim, poderiam vir do tal fundo de investimento, ou da venda de algum jogador, se o clube estiver com caixa bom até lá. Isso sem contar a possibilidade de fazer uma vaquinha sem recompensa, pro torcedor doar 10, 20 reais e tal.
Gostei do seu "textão" kkkkkkk.

Só tem 2 probleminhas:
1) Esse ingresso VIP pra 2° faixa não poderia ser pra qualquer jogo, numa final o clube não ia ter renda se todos tivessem a mesma ideia rsrsrs

2) E eu de classe média não posso doar 10 mil? Kkkkkkkkkkk. É que pra rico 10 mil é troco de restaurante, tinha que ser uns 50 mil pra cima kkkkkkkkkkk.

Claro que é só uma brincadeira valeu? Melhoras parceiro!

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 22 Dez 2018, 00:02
por MichelFilho
Bruno Vascaíno escreveu:
21 Dez 2018, 23:10
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 20:58
Bruno Vascaíno escreveu:
21 Dez 2018, 15:45

80 milhões? Se fizer a arquibancada em concreto pré-moldado, ainda mais se for reta como você comentou, nem chega perto disso. As outras mudanças comentadas não envolveriam grandes mudanças estruturais. 50 milhões e olhe lá!!! O que encarece é reforma estrutural e a cobertura...

[ resposta com texto grande ]

Também acho, mas sempre é bom botar o valor pra cima. O Pedro hoje estimou a reforma nas sociais em 20 milhões, e disse que captaria 60 milhões com os camarotes de lá. Porra, não sei o que vão fazer nessa social então, pelo visto vão mudar toda estrutura interna, o que é uma pena.

De qualquer forma, eu acho que dá mais de 50MM porque além da arq. reta, que realmente não é tão caro, é fundamental tirar o ginásio dali pra poder abrir os muros. Isso demandaria construir o ginásio em outro lugar (no campo anexo ou outro), além de fazer vagas de estacionamento pros novos camarotes e cativas.

Enfim, não deve rolar isso. A ideia é esse plano diretor aí, e vão começar pelas sociais. Já tô vendo eles reformando toda a social e o resto da reforma ficando pelo caminho. O dinheiro da venda dos camarotes indo pra pagar salários atrasados etc. Não duvido de nada. Torcer para que sejam criativos na captação de recursos, pois fazer todo o resto (100 e poucos milhões) só com fundo imobiliário NÃO VALE A PENA. Essa merda tem que dar retorno pro investidor, vamos ficar uns 10 anos SEM GANHAR RECEITA DE BILHETERIA, só pra pagar isso. Afinal, o estádio não é justamente pra aumentar nossa receita? Não deveria ser de curto-médio prazo justamente pra torcida chegar junto e tirar o clube da lama?

Pensando nisso, aproveitando o fato deu estar doente de cama e sem porra nenhuma pra fazer, elaborei algumas sugestões, que gostaria de tentar mandar para alguém da diretoria, se estiverem a ouvidos:

- A principal fonte de recurso, fora a venda de camarotes e cativas (que podem chegar aos 80, 90 MM), pode ser a "vaquinha recompensada". O Pedro falou hoje na live que a vaquinha serviria só pra coisas como reforma de banheiros, que o grosso do projeto é o fundo, o que não tenho dúvidas de que é um erro.
O que seria a vaquinha recompensada?

1ª Faixa: torcedores pagam valores como 150, 200 e 280 reais e ganham 1, 2 e 3 ingressos de recompensa para quando o estádio for reformado, além de placa de torcedor ''construtor do estádio''.

2ª Faixa: 30 mil torcedores (o total de lugares na arquibancada) que pagarem valores como 1.500 e 2.000 reais vão ganhar uma série de benefícios: primeiramente, terão seu NOME escrito nas novas paredes (ou muros) do estádio. Os que pagarem 2mil têm o nome melhor localizado a olho nu, os de 1mil ficam um pouco mais alto na parede, algo assim. Além disso, esses 30mil torcedores serão os que ganharão os 30mil ingressos para o jogo da inauguração do estádio, além de, sei lá, mais uns 4 ingressos, camisa oficial, uma placa de ''construtor do estádio'', coisas do tipo. Pode botar também o direito de ganharem um ''ingresso vip'', do tipo que eles poderão usar em qualquer jogo quando quiserem (esse torcedor pode esperar pra usar seu ingresso vip pra uma final de Copa do Brasil, brasileiro, algum jogo importante que ele queira ir). Isso daria motivação pro torcedor de fora do Rio pagar, pois teria a garantia de lugar numa eventual final.

3ª Faixa: algo como 500 placas de mármore, no molde "calçada da fama", para os torcedores mais abastados, a colocar essa calçada no piso da arquibancada leste (assim como tem no piso das sociais). Também dar os benefícios citados anteriormente. Cobrar algo como 10mil reais pra ter seu nome em mármore no lugar privilegiado do estádio. Isso é pro torcedor rico, por isso apenas 500 placas, que queira apenas ajudar e ter um prestígio de retorno. Segue o modelo norte-americano de doações a universidades e outras coisas, em que botam o nome do laboratório de fulano de tal, que doou a verba etc.

4ª Sugestão: Tentar a construção das ditas torres norte e sul a partir de uma parceria com patrocinador, com naming-right da torre por alguns anos. Uma é a torre brahma, a outra é a torre OLX, por exemplo. "O Vasco vai apresentar a contratação do Alex Teixeira na Torre Brahma às 16h". Inclusive pode botar logo da marca durante uns anos na torre, que é espaço privilegiadíssimo na transmissão televisiva.

--------------

Acredito que tudo que foi dito acima é perfeitamente exequível, inclusive a ideia dos 30mil, que é o grosso dessa geração de receita, sem que o Vasco tenha que pagar retorno a esses investidores. Seguem os valores:

1ª Faixa: Se 50mil torcedores pagando uma média de 200$, teremos arrecadado 10 milhões.

2ª Faixa: 15mil pagando 1.500$ dá 22,5M. 15mil pagando 2.000$, dá 30M. No total, 52,5 milhões.

3ª Faixa: Com os 500 vascaínos ricos pagando (cheio de ex-jogador, torcedor ilustre, benemérito abastado, etc), dá 5 milhões de reais.

4ª Sugestão: Com patrocinadores custeando as torres, teríamos uma economia de, pelo menos, uns 2 ou 3milhões.

TOTAL: 70 milhões de reais arrecadados, com o 'custo' de não ganhar receita de bilheteria de apenas meia-dúzia de jogos (pelos ingressos cedidos). Somados à venda de cativas e camarotes, praticamente pagaria toda a reforma do estádio (cujo projeto eu discordo, mas OK). Faltariam cerca de 50 milhões que, aí sim, poderiam vir do tal fundo de investimento, ou da venda de algum jogador, se o clube estiver com caixa bom até lá. Isso sem contar a possibilidade de fazer uma vaquinha sem recompensa, pro torcedor doar 10, 20 reais e tal.
Gostei do seu "textão" kkkkkkk.

Só tem 2 probleminhas:
1) Esse ingresso VIP pra 2° faixa não poderia ser pra qualquer jogo, numa final o clube não ia ter renda se todos tivessem a mesma ideia rsrsrs

2) E eu de classe média não posso doar 10 mil? Kkkkkkkkkkk. É que pra rico 10 mil é troco de restaurante, tinha que ser uns 50 mil pra cima kkkkkkkkkkk.

Claro que é só uma brincadeira valeu? Melhoras parceiro!
Hahaha valeu irmão.
Pode ser, talvez seja melhor mais caro mesmo kkkk. A ideia da 2ª faixa é justamente pra estimular que nego pague os 1.5mil ... abriríamos mão da renda de uma final, é verdade. Mas se estamos numa final, é pq a situação já tá melhor financeiramente e vamos ganhar dinheiro de qualquer forma! Kkkkk

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 22 Dez 2018, 00:59
por mmafonso
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 14:55


[ resposta com texto grande ]

Também acho, mas sempre é bom botar o valor pra cima. O Pedro hoje estimou a reforma nas sociais em 20 milhões, e disse que captaria 60 milhões com os camarotes de lá. Porra, não sei o que vão fazer nessa social então, pelo visto vão mudar toda estrutura interna, o que é uma pena.

De qualquer forma, eu acho que dá mais de 50MM porque além da arq. reta, que realmente não é tão caro, é fundamental tirar o ginásio dali pra poder abrir os muros. Isso demandaria construir o ginásio em outro lugar (no campo anexo ou outro), além de fazer vagas de estacionamento pros novos camarotes e cativas.

Enfim, não deve rolar isso. A ideia é esse plano diretor aí, e vão começar pelas sociais. Já tô vendo eles reformando toda a social e o resto da reforma ficando pelo caminho. O dinheiro da venda dos camarotes indo pra pagar salários atrasados etc. Não duvido de nada. Torcer para que sejam criativos na captação de recursos, pois fazer todo o resto (100 e poucos milhões) só com fundo imobiliário NÃO VALE A PENA. Essa merda tem que dar retorno pro investidor, vamos ficar uns 10 anos SEM GANHAR RECEITA DE BILHETERIA, só pra pagar isso. Afinal, o estádio não é justamente pra aumentar nossa receita? Não deveria ser de curto-médio prazo justamente pra torcida chegar junto e tirar o clube da lama?

Pensando nisso, aproveitando o fato deu estar doente de cama e sem porra nenhuma pra fazer, elaborei algumas sugestões, que gostaria de tentar mandar para alguém da diretoria, se estiverem a ouvidos:

- A principal fonte de recurso, fora a venda de camarotes e cativas (que podem chegar aos 80, 90 MM), pode ser a "vaquinha recompensada". O Pedro falou hoje na live que a vaquinha serviria só pra coisas como reforma de banheiros, que o grosso do projeto é o fundo, o que não tenho dúvidas de que é um erro.
O que seria a vaquinha recompensada?

1ª Faixa: torcedores pagam valores como 150, 200 e 280 reais e ganham 1, 2 e 3 ingressos de recompensa para quando o estádio for reformado, além de placa de torcedor ''construtor do estádio''.

2ª Faixa: 30 mil torcedores (o total de lugares na arquibancada) que pagarem valores como 1.500 e 2.000 reais vão ganhar uma série de benefícios: primeiramente, terão seu NOME escrito nas novas paredes (ou muros) do estádio. Os que pagarem 2mil têm o nome melhor localizado a olho nu, os de 1mil ficam um pouco mais alto na parede, algo assim. Além disso, esses 30mil torcedores serão os que ganharão os 30mil ingressos para o jogo da inauguração do estádio, além de, sei lá, mais uns 4 ingressos, camisa oficial, uma placa de ''construtor do estádio'', coisas do tipo. Pode botar também o direito de ganharem um ''ingresso vip'', do tipo que eles poderão usar em qualquer jogo quando quiserem (esse torcedor pode esperar pra usar seu ingresso vip pra uma final de Copa do Brasil, brasileiro, algum jogo importante que ele queira ir). Isso daria motivação pro torcedor de fora do Rio pagar, pois teria a garantia de lugar numa eventual final.

3ª Faixa: algo como 500 placas de mármore, no molde "calçada da fama", para os torcedores mais abastados, a colocar essa calçada no piso da arquibancada leste (assim como tem no piso das sociais). Também dar os benefícios citados anteriormente. Cobrar algo como 10mil reais pra ter seu nome em mármore no lugar privilegiado do estádio. Isso é pro torcedor rico, por isso apenas 500 placas, que queira apenas ajudar e ter um prestígio de retorno. Segue o modelo norte-americano de doações a universidades e outras coisas, em que botam o nome do laboratório de fulano de tal, que doou a verba etc.

4ª Sugestão: Tentar a construção das ditas torres norte e sul a partir de uma parceria com patrocinador, com naming-right da torre por alguns anos. Uma é a torre brahma, a outra é a torre OLX, por exemplo. "O Vasco vai apresentar a contratação do Alex Teixeira na Torre Brahma às 16h". Inclusive pode botar logo da marca durante uns anos na torre, que é espaço privilegiadíssimo na transmissão televisiva.

--------------

Acredito que tudo que foi dito acima é perfeitamente exequível, inclusive a ideia dos 30mil, que é o grosso dessa geração de receita, sem que o Vasco tenha que pagar retorno a esses investidores. Seguem os valores:

1ª Faixa: Se 50mil torcedores pagando uma média de 200$, teremos arrecadado 10 milhões.

2ª Faixa: 15mil pagando 1.500$ dá 22,5M. 15mil pagando 2.000$, dá 30M. No total, 52,5 milhões.

3ª Faixa: Com os 500 vascaínos ricos pagando (cheio de ex-jogador, torcedor ilustre, benemérito abastado, etc), dá 5 milhões de reais.

4ª Sugestão: Com patrocinadores custeando as torres, teríamos uma economia de, pelo menos, uns 2 ou 3milhões.

TOTAL: 70 milhões de reais arrecadados, com o 'custo' de não ganhar receita de bilheteria de apenas meia-dúzia de jogos (pelos ingressos cedidos). Somados à venda de cativas e camarotes, praticamente pagaria toda a reforma do estádio (cujo projeto eu discordo, mas OK). Faltariam cerca de 50 milhões que, aí sim, poderiam vir do tal fundo de investimento, ou da venda de algum jogador, se o clube estiver com caixa bom até lá. Isso sem contar a possibilidade de fazer uma vaquinha sem recompensa, pro torcedor doar 10, 20 reais e tal.
Achei suas sugestões muito interessantes e até factíveis, assisti hoje ao vídeo do Pedro e do Adriano e também gostei da postura deles, pés no chão sem prometer mundos e fundos e me passaram estar atentos às ideias vindo de torcedores.
Tomara que essa sua ideia possa ser aprimorada e de alguma forma ajudar seja na remodelação do estádio ou na reconstrução de um Vasco mais forte.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 22 Dez 2018, 02:42
por Barba de Malta
Acho que os camarotes na parte de cima das Sociais foi uma excelente ideia (assim como todo o projeto). Primeiro pq é horrível assistir aos jogos de lá do jeito que é hj, com aquele monte de pilastras, tanto é, q a parte de baixo fica superlotada e lá em cima vazio, mesmo em jogos cheios. A economia em não precisar retirar as pilastras, e nem colocar as treliças. E por último, achei q o visual ficou bem legal, discordando de alguns q se incomodaram bastante com a parte estética.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 22 Dez 2018, 07:42
por vascabista
Barba de Malta escreveu:
22 Dez 2018, 02:42
Acho que os camarotes na parte de cima das Sociais foi uma excelente ideia (assim como todo o projeto). Primeiro pq é horrível assistir aos jogos de lá do jeito que é hj, com aquele monte de pilastras, tanto é, q a parte de baixo fica superlotada e lá em cima vazio, mesmo em jogos cheios. A economia em não precisar retirar as pilastras, e nem colocar as treliças. E por último, achei q o visual ficou bem legal, discordando de alguns q se incomodaram bastante com a parte estética.
Exatamente é esse o ponto. Não gastar em demolição nem retirada das pilastras que iam aumentar os custos absurdamente.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 22 Dez 2018, 08:33
por puckspock
zcpinheiro escreveu:
21 Dez 2018, 13:12
vascabista escreveu:
21 Dez 2018, 05:26
Porra tá cheio de arquiteto e engenheiro aqui pra ficar criticando. Não fode porra. O projeto tá lá. Perguntem aos arquitetos que os criaram. Converso com o Felipe Nicolau direto. A reforma começa a partir do ano que vem. Vão trocar a iluminação do estádio todo. Depois passar os vestiários pra arquibancada leste. Ah mas não tem como elevar o piso ..porra se os arquitetos tão falando que dá. Se dá pra fazer aos poucos, pq essa frescura toda ? A choradeira do caralho para uma obra que pode ficar pronta lá em 2027. Se tiver grana antes mas dificilmente vai ter. O que estão fazendo serão as intervenções na leste e tentar vender os camarotes pra fazer primeiro na social.
Sabe o que acontece é q politica no Brasil virou futebol, escolho um time e não importa o que aconteça sempre meu time vai estar certo e o outro time vai estar errado, toda as relações politicas estão sofrendo isso desde a eleição de sindico de prédio até eleições de clubes de futebol.

Algumas coisas boas estão sendo feitas, como o plano diretor de são Januário.


Acho que quando tiver a próxima eleição deverá ter vários embates e entrevistas perguntando aos candidatos o que ele acha do plano diretor de São Januário, se vai continuar, se irá modificar, se vai acelerar ou atrasar. Mas foi um grande avanço, com certeza.
Por essa questão de continuidade, eu acho que a equipe do Brant devia chegar junto nesse projeto do Plano Diretor para contribuir também. Não sei, claro, se tentaram e receberam uma recusa, mas sendo algo que vá durar algumas gestões, ter que uma só gestão defina tudo é perigoso. Esses projetos tem que ser levados a sério por todos os lados políticos.

Tem o outro lado da moeda também, o Brant não confia no Campello por motivos óbvios e pedir que trabalhem juntos não é trivial. Pode ser que o projeto esteja cheio de maracutaia e garrancho.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 22 Dez 2018, 11:10
por Ted Mosby
Até hoje nao me conformo com os bancos de reservas do lado errado do campo. Deveriam estar do lado da social, assim como é feito em campos como o do Manchester United, por exemplo. Até no Camp Nou eles são so lado da entrada principal. SJ é o único campo q conheço que tem os bancos do lado errado. Meu TOC não aguenta ver isso não

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 22 Dez 2018, 12:09
por LucasR.
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 20:58
Bruno Vascaíno escreveu:
21 Dez 2018, 15:45
MichelFilho escreveu:
21 Dez 2018, 14:55



Concordo, só acho que não precisa mexer em nada na social... põe as cadeiras cativas na leste, e camarotes em cima dela... ou então se for o caso, como vc falou, põe aqueles camarotes na social só no fim da obra. Quanto à cobertura, é isso mesmo, deixa pra depois. É caro demais.

Essa reforma simples que estamos falando aqui (sem cobertura) não passaria de uns 80 milhões. Poderia ser financiada agora mesmo, em 2019, com a venda das cativas, camarotes + vaquinha da torcida e patrocinador. Nem de fundo precisaria.

Se a nova arq for reta, caberiam 31mil. Se for em curva (com a capela dentro), subiria pra uns 36mil, o que eu já acho suficiente.

Em 2020 ou 2021 teria tudo pra já estar pronto.
80 milhões? Se fizer a arquibancada em concreto pré-moldado, ainda mais se for reta como você comentou, nem chega perto disso. As outras mudanças comentadas não envolveriam grandes mudanças estruturais. 50 milhões e olhe lá!!! O que encarece é reforma estrutural e a cobertura...
[ resposta com texto grande ]

Também acho, mas sempre é bom botar o valor pra cima. O Pedro hoje estimou a reforma nas sociais em 20 milhões, e disse que captaria 60 milhões com os camarotes de lá. Porra, não sei o que vão fazer nessa social então, pelo visto vão mudar toda estrutura interna, o que é uma pena.

De qualquer forma, eu acho que dá mais de 50MM porque além da arq. reta, que realmente não é tão caro, é fundamental tirar o ginásio dali pra poder abrir os muros. Isso demandaria construir o ginásio em outro lugar (no campo anexo ou outro), além de fazer vagas de estacionamento pros novos camarotes e cativas.

Enfim, não deve rolar isso. A ideia é esse plano diretor aí, e vão começar pelas sociais. Já tô vendo eles reformando toda a social e o resto da reforma ficando pelo caminho. O dinheiro da venda dos camarotes indo pra pagar salários atrasados etc. Não duvido de nada. Torcer para que sejam criativos na captação de recursos, pois fazer todo o resto (100 e poucos milhões) só com fundo imobiliário NÃO VALE A PENA. Essa merda tem que dar retorno pro investidor, vamos ficar uns 10 anos SEM GANHAR RECEITA DE BILHETERIA, só pra pagar isso. Afinal, o estádio não é justamente pra aumentar nossa receita? Não deveria ser de curto-médio prazo justamente pra torcida chegar junto e tirar o clube da lama?

Pensando nisso, aproveitando o fato deu estar doente de cama e sem porra nenhuma pra fazer, elaborei algumas sugestões, que gostaria de tentar mandar para alguém da diretoria, se estiverem a ouvidos:

- A principal fonte de recurso, fora a venda de camarotes e cativas (que podem chegar aos 80, 90 MM), pode ser a "vaquinha recompensada". O Pedro falou hoje na live que a vaquinha serviria só pra coisas como reforma de banheiros, que o grosso do projeto é o fundo, o que não tenho dúvidas de que é um erro.
O que seria a vaquinha recompensada?

1ª Faixa: torcedores pagam valores como 150, 200 e 280 reais e ganham 1, 2 e 3 ingressos de recompensa para quando o estádio for reformado, além de placa de torcedor ''construtor do estádio''.

2ª Faixa: 30 mil torcedores (o total de lugares na arquibancada) que pagarem valores como 1.500 e 2.000 reais vão ganhar uma série de benefícios: primeiramente, terão seu NOME escrito nas novas paredes (ou muros) do estádio. Os que pagarem 2mil têm o nome melhor localizado a olho nu, os de 1mil ficam um pouco mais alto na parede, algo assim. Além disso, esses 30mil torcedores serão os que ganharão os 30mil ingressos para o jogo da inauguração do estádio, além de, sei lá, mais uns 4 ingressos, camisa oficial, uma placa de ''construtor do estádio'', coisas do tipo. Pode botar também o direito de ganharem um ''ingresso vip'', do tipo que eles poderão usar em qualquer jogo quando quiserem (esse torcedor pode esperar pra usar seu ingresso vip pra uma final de Copa do Brasil, brasileiro, algum jogo importante que ele queira ir). Isso daria motivação pro torcedor de fora do Rio pagar, pois teria a garantia de lugar numa eventual final.

3ª Faixa: algo como 500 placas de mármore, no molde "calçada da fama", para os torcedores mais abastados, a colocar essa calçada no piso da arquibancada leste (assim como tem no piso das sociais). Também dar os benefícios citados anteriormente. Cobrar algo como 10mil reais pra ter seu nome em mármore no lugar privilegiado do estádio. Isso é pro torcedor rico, por isso apenas 500 placas, que queira apenas ajudar e ter um prestígio de retorno. Segue o modelo norte-americano de doações a universidades e outras coisas, em que botam o nome do laboratório de fulano de tal, que doou a verba etc.

4ª Sugestão: Tentar a construção das ditas torres norte e sul a partir de uma parceria com patrocinador, com naming-right da torre por alguns anos. Uma é a torre brahma, a outra é a torre OLX, por exemplo. "O Vasco vai apresentar a contratação do Alex Teixeira na Torre Brahma às 16h". Inclusive pode botar logo da marca durante uns anos na torre, que é espaço privilegiadíssimo na transmissão televisiva.

--------------

Acredito que tudo que foi dito acima é perfeitamente exequível, inclusive a ideia dos 30mil, que é o grosso dessa geração de receita, sem que o Vasco tenha que pagar retorno a esses investidores. Seguem os valores:

1ª Faixa: Se 50mil torcedores pagando uma média de 200$, teremos arrecadado 10 milhões.

2ª Faixa: 15mil pagando 1.500$ dá 22,5M. 15mil pagando 2.000$, dá 30M. No total, 52,5 milhões.

3ª Faixa: Com os 500 vascaínos ricos pagando (cheio de ex-jogador, torcedor ilustre, benemérito abastado, etc), dá 5 milhões de reais.

4ª Sugestão: Com patrocinadores custeando as torres, teríamos uma economia de, pelo menos, uns 2 ou 3milhões.

TOTAL: 70 milhões de reais arrecadados, com o 'custo' de não ganhar receita de bilheteria de apenas meia-dúzia de jogos (pelos ingressos cedidos). Somados à venda de cativas e camarotes, praticamente pagaria toda a reforma do estádio (cujo projeto eu discordo, mas OK). Faltariam cerca de 50 milhões que, aí sim, poderiam vir do tal fundo de investimento, ou da venda de algum jogador, se o clube estiver com caixa bom até lá. Isso sem contar a possibilidade de fazer uma vaquinha sem recompensa, pro torcedor doar 10, 20 reais e tal.

Manda esse texto pra mídia social de algum diretor. Não pode ficar só aqui no forum po

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 28 Dez 2018, 09:17
por Aluizio_Junior
Imagem

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 28 Dez 2018, 09:19
por Aluizio_Junior
Imagem

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 28 Dez 2018, 09:21
por Slash Cruzmaltino
Ted Mosby escreveu:
22 Dez 2018, 11:10
Até hoje nao me conformo com os bancos de reservas do lado errado do campo. Deveriam estar do lado da social, assim como é feito em campos como o do Manchester United, por exemplo. Até no Camp Nou eles são so lado da entrada principal. SJ é o único campo q conheço que tem os bancos do lado errado. Meu TOC não aguenta ver isso não
Mas geralmente os bancos são do mesmo lado onde ficam as cabines de imprensa, então...

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 28 Dez 2018, 14:05
por VAS_GLÓRIA [CRVG]
Alguém sabe qual o primeiro módulo que vão começar a reformar nesse Plano Diretor do Campello? Se é que vão...

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 28 Dez 2018, 14:28
por Léo Carvalho
Se não me engano, iniciarão pelas Sociais, prevendo a comercialização dos novos camarotes como autofinanciamento de boa parte do orçamento inicialmente previsto para a execução das demais fases do projeto.

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 04 Jan 2019, 07:21
por VAS_GLÓRIA [CRVG]
Léo Carvalho escreveu:
28 Dez 2018, 14:28
Se não me engano, iniciarão pelas Sociais, prevendo a comercialização dos novos camarotes como autofinanciamento de boa parte do orçamento inicialmente previsto para a execução das demais fases do projeto.
Acho que é isso mesmo :LIKE:

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 18 Jan 2019, 15:37
por GilsonVGPR
Reforma com orçamento de R$ 208 milhões, e finalização prevista para 2027 (abril? 21?). Viria a ser uma grande festa na inauguração da reforma, e comemoração dos 100 anos do Estádio São Januário. :beber:

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 18 Jan 2019, 17:50
por VAS_GLÓRIA [CRVG]
GilsonVGPR escreveu:
18 Jan 2019, 15:37
Reforma com orçamento de R$ 208 milhões, e finalização prevista para 2027 (abril? 21?). Viria a ser uma grande festa na inauguração da reforma, e comemoração dos 100 anos do Estádio São Januário. :beber:
Quem viver, verá

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 02 Mar 2019, 20:11
por lcn88
Show de bola o retorno da rede véu de noiva. É linda demais esse tipo de rede.

OBS: É impressão minha ou o gramado de São Januário tá horrível?

Re: ESTÁDIO VASCO DA GAMA II

Enviado: 02 Mar 2019, 20:58
por luizeduardosn
São Janú sempre lindo!