SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Informações Históricas sobre o Club de Regastas Vasco da Gama em todos os tempos.
Avatar do usuário
pszybylski
Promessa
Promessa
Mensagens: 60
Registrado em: 30 Dez 2015, 18:03
Localização: Maringá-Pr

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por pszybylski » 18 Mar 2019, 08:26

Obrigado pelas respostas!

Agora, quem assistir o Fala Vascaíno e se inteirar do assunto, por favor, post aqui para sabermos da atual situação!
Obrigado

"Dia 24, num desses programas da internet de vascaínos, esqueci o nome, acho que é o "Fala Vascaíno", vai alguém da diretoria pra falar sobre isso. Acho que o Vasco vai voltar a tentar junto a FIFA, reconhecimento desses títulos."
Vasco Sempre!

Ronan
Craque
Craque
Mensagens: 18251
Registrado em: 30 Dez 2015, 17:53
Localização: Aracruz ( Espírito Santo )

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Ronan » 18 Mar 2019, 12:18

Conquistas históricas que até mesmo parte da torcida do Vasco ignora ou desconhece, falta valorização e reconhecimento pra esses títulos.
Imagem

Avatar do usuário
Marcelo 19
Júnior
Júnior
Mensagens: 1071
Registrado em: 08 Dez 2018, 18:38

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Marcelo 19 » 18 Mar 2019, 22:34

Eurico conseguiu que esse título de 1948 fosse reconhecido como libertadores.

Avatar do usuário
Victor_92
Capitão
Capitão
Mensagens: 9184
Registrado em: 30 Dez 2015, 19:51
Localização: Rio de Janeiro - RJ

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Victor_92 » 19 Mar 2019, 06:51

Marcelo 19 escreveu:
18 Mar 2019, 22:34
Eurico conseguiu que esse título de 1948 fosse reconhecido como libertadores.
Errado ! Eurico conseguiu que o título fosse considerado oficial pela Conmebol e mais nada. O Vasco participou da Supercopa Libertadores não como campeão da mesma mas sim por ter sido oficialmente o primeiro campeão sul-americano em nenhum momento a Conmebol disse que é libertadores ou que o Vasco foi bicampeão da libertadores em 1998, vamos deixar isso claro aqui sem paixões apenas com fatos. Libertadores pra Conmebol APENAS de 1960 pra cá.

A situação é a mesma que ocorria no Brasil com a Taça Brasil e o Brasileirão antes da unificação em 2010. Na época pra CBF até então os Campeões Brasileiros eram APENAS os de 1971 pra cá (2010).

Só pra esclarecer pq vejo muito torcedor reverberando algo que não é oficial

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2950
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por GilsonVGPR » 19 Mar 2019, 14:31

"Eurico conseguiu que esse título de 1948 fosse reconhecido como libertadores."

Eurico conseguiu, blá blá blá... Eurico e o filho Mário fizeram um trabalho de pesquisa (história contada pelos casaquistas), blá blá blá e mimimi... Só que não!

Em 1990 a Conmebol lanço um livro sobre a Libertadores, e citou o Sul-Americano de 1948 como antecessora da mesma. Em 1996, com base nesse livro, o Vasco solicitou ser reconhecido o 1º Campeão Sul-Americano e o direito de participar da Supercopa. Logo, o reconhecimento já havia sido feito pela própria Conmebol, o que foi conseguido (não só pelo Eurico, mas, por um grupo de trabalho) foi a oficialização de tal reconhecimento. Veja:

"No início dos anos 1990, a Conmebol lançou um livro, 30 Anõs de Pasión Y Fiesta, que contava a história da Copa Libertadores[84][85] e que afirmava que a competição de 1948 havia sido a antecedente da mesma. Sobre o Campeonato Sul-Americano de 1948, o livro dizia:

En 1929, los dirigentes de Nacional de Montevideo Roberto Espil y José Usera Bermúdez idearon una competencia. El mismo Espil en 1946, analizando las distancias y la distribución geográfica, incluyó a los subcampeones en el proyecto. Sin embargo fueron los chilenos los primeros en llevarlo a la práctica. Don Robinson Alvarez Marín, dirigente del Colo Colo, fue quien pergeño la idea, a fines de la década del '30. En 1948, con Don Luis Valenzuela como presidente de la Confederación, se jugó el antecedente más concreto y orgánico (tradução: o antecedente mais concreto e orgânico): la Copa de Campeones. Fue en Santiago de Chile, durante febrero y marzo de ese año, con los vencedores de la temporada anterior en cada país. La ganó Vasco da Gama de Río (Brasil) y participaron también River Plate (Buenos Aires, Argentina), Nacional (Montevideo, Uruguay), Colo Colo (Santiago, Chile), Emelec (Guayaquil, Ecuador), Litoral (La Paz, Bolivia) y Deportivo Municipal (Lima, Perú).

Em 1996, com base neste livro, o Vasco da Gama solicitou à Conmebol que o reconhecesse oficialmente como o primeiro clube campeão sul-americano, permitindo-lhe participar da Supercopa Libertadores, competição oficial da Conmebol da qual participavam apenas os campeões da Copa Libertadores. O pedido vascaíno foi aceito pelo Comitê Executivo da Conmebol em sua reunião de 29/04/1996 e o Vasco da Gama participou da Supercopa em 1997.[34][35][86][87][88][89] O reconhecimento da CONMEBOL ao torneio foi publicado no site[30] que a entidade usava na época e também em um informe de imprensa[90][91] sobre as decisões desta reunião do Comitê Executivo da entidade, que é o órgão da Conmebol com competência estatutária para o reconhecimento de competições sul-americanas.[31]:

El tradicional club Vasco Da Gama, de Río de Janeiro, por conducto de la Confederación Brasileña de Fútbol, solicitó participar anualmente en la Supercopa "Joâo Havelange". El pedido se basó en que esta entidad se había adjudicado, en 1948, el primer torneo sudamericano de clubes campeones (tradução foi premiado, em 1948, o primeiro torneio sul-americano de clubes campeões), celebrado en Santiago, Chile. El Comité Ejecutivo, tras analizar la petición, resolvió aceptarla en reconocimiento al logro deportivo y a su verdad histórica (tradução reconhecimento da realização esportiva e sua verdade histórica). En consecuencia, Vasco Da Gama intervendrá en la Supercopa desde 1997, con lo que ya sumarán 18 equipos."

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Campeonat ... pe%C3%B5es
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Avatar do usuário
pszybylski
Promessa
Promessa
Mensagens: 60
Registrado em: 30 Dez 2015, 18:03
Localização: Maringá-Pr

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por pszybylski » 25 Mar 2019, 08:10

Obrigado Marcos Baptista pela resposta!
Agora, sei que deve ter outro tópico, mas o o Mundial de 1953, será que vai ser reconhecido?
O Palmeiras foi reconhecido com o título de 1951, mas depois a FIFA deu um migué dizendo que era campeão mundial mas não era padrão FIFA. kkk
Como ficou o de 1951, é mundial ou não? E o de 1952 e 1953, será que o Vasco tem como conseguir o reconhecimento?
Obrigado
[/quote]

Dia 24, num desses programas da internet de vascaínos, esqueci o nome, acho que é o "Fala Vascaíno", vai alguém da diretoria pra falar sobre isso. Acho que o Vasco vai voltar a tentar junto a FIFA, reconhecimento desses títulos.
[/quote]

Bom Dia

Alguém conseguiu assistir o tal programa "Fala Vascaíno"?
Ou saber se foi alguém da diretoria para falar do reconhecimento destes títulos?
Obrigado
Vasco Sempre!

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2950
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por GilsonVGPR » 14 Jun 2019, 16:43

Há 62 anos o Vasco se sagrava campeão do Torneio de Paris derrotando o Real Madrid na final


Sexta-feira, 14/06/2019 - 16:09

hojediadevasco

Hoje é dia 14 de junho. Dia de título com sabor de mundial. Em 1957, nesta data, o Vasco conquistou o Torneio de Paris. O caneco veio com uma virada sensacional sobre o Real Madrid, maior time do mundo naquele momento. ❤️💢 #diadevasco #crvg #vascodagama #vasco #saojanuario #gigantedacolina #futebol #crvasco #timedavirada #cruzmaltino #meucaldeirao

Imagem

Imagem

Fonte: Instagram Hoje é Dia de Vasco
Matéria NetVasco: Há 62 anos o Vasco se sagrava campeão do Torneio de Paris derrotando o Real Madrid na final
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2950
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por GilsonVGPR » 14 Jun 2019, 17:03

Dario lembra vitória do Vasco sobre Real, em 1957: ‘Não há clube igual’

Ex-lateral do Gigante da Colina participou da final do Torneio de Paris, na qual o time carioca derrotou os espanhóis por 4 a 3 e se sagrou campeão



Cinquenta e cinco anos depois, as lembranças de um certo jogo em Paris ainda são fortes na memória de Dario. Lateral-direito do Vasco nos anos 50, o ex-jogador participou de um capítulo marcante na história do Gigante da Colina: a vitória de virada sobre o Real Madrid, na capital francesa.

- Não há clube melhor ou igual a esse aí – relembra orgulhoso o ex-atleta.

Em 1957, o Brasil ainda não era campeão mundial, e futebol verde e amarelo não era tão respeitado na Europa. Mas o triunfo sobre a equipe espanhola chamou a atenção para os cariocas. Depois de bater o Racing Club, da França, o cruzmaltino enfrentaria o Real na final do Torneio de Paris. Na época, o time de Madri tinha acabado de conquistar o segundo de cinco títulos europeus consecutivos. Dario lembra que todos estavam ansiosos para enfrentar Di Stéfano, o argentino naturalizado espanhol.

Imagem
Após vencer Real Madrid, Vasco levanta a taça do
Torneio de Paris (Foto: Reprodução TV Globo)

- Ele jogava muito. E depois tem o seguinte: a humildade dele também valia muito.

- Ele era considerado o maior jogador do mundo, representava a excelência do futebol - explica João Ernesto da Costa, vice presidente de patrimônio.

O ídolo foi o autor do primeiro gol do duelo, mas Vavá fez o dele. Apelidado de peito de aço, o atacante – que foi bicampeão mundial com a Seleção - iniciou a virada cruzmaltina. No fim do jogo, quando o Vasco já vencia por 4 a 3, houve pancadaria em campo. Segundo Dario, foi Di Stéfano quem começou tudo.

- Ele deu um soco no Pinga. Os caras lá de Paris falaram que não queriam dar a bola para ele e ele foi lá tomar satisfação com a gente.

Imagem
Revista do Real Madrid dá destaque à vitória do
Vasco (Foto: Reprodução TV GLOBO)

Após a vitória, até a revista do Real Madrid se rendeu ao Vasco e deu destaque de duas páginas para o confronto. Uma semana depois, o time de Dario e Vavá conseguiu mais um triunfo: bateu o Barcelona por 7 a 2.

- O Vasco mostrou ao mundo o que era o verdadeiro futebol brasileiro, isso viria a ser ratificado logo depois na Copa da Suécia - relembra João Ernesto.

Fonte: Dario lembra vitória do Vasco sobre Real, em 1957: ‘Não há clube igual’
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

BeJimmiebar
Promessa
Promessa
Mensagens: 9
Registrado em: 25 Ago 2019, 12:24

SUL AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por BeJimmiebar » 22 Set 2019, 21:34

Os Europeus estão de olho neste torneio. Se o cara jogar bem já é meio caminho andado para receber uma proposta generosa.
Nenhum time sul americano consegue segurar um proposta européia.

Online
Julio CRVG
Júnior
Júnior
Mensagens: 1621
Registrado em: 13 Dez 2017, 18:17

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Julio CRVG » 03 Nov 2019, 10:05

Em minha opiniao , o Vasco deveria se juntar a Palmeiras e Fluminense , em busca do reconhecimento.dos seus titulos como mundiais , os do Vasco entao.nem se fala , valem muito mais que uma Copa Toyota !!!

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2950
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por GilsonVGPR » 27 Nov 2019, 10:56

Em resposta ao Julio, no tópico História do Vasco, estou postando um abaixo assinado eletrônico que encontrei. Não pretendo colocar isso em votação, apenas responder ao Julio, de que existe um movimento, ainda que não oficial no sentido do reconhecimento do título de 1957. Quem quiser assinar, assina. Quem não quiser, não assina, a intenção é trazer mais informações acerca do assunto.

Vasco da Gama Campeão Intercontinental (1953/1957)


Imagem

Michel Alves da S. começou essa petição para Fédération Internationale de Football Association (FIFA), FIFA, fifa.com

FIFA por favor, reconheça o Vasco como BI‐Campeão Mundial, conforme os fatos e a história por si própria diz. Respeitem a história do nosso futebol. FAMÍLIA VASCAÍNA, ASSINE!

Prezados como mostra a história e os fatos, é que Clube de Regatas Vasco da Gama foi um dos primeiros a conquistar títulos intercontinentais, assim dito, em 1953 o Torneio Octogonal Rivadavia Corrêa Meyer conquistado pelo Vasco da Gama, em que participaram também as equipes Hibernian (Escócia), Olimpia (Paraguai), Sporting (Portugal), o torneio foi autorizado pela FIFA, comprovada pela participação do presidente da Federação Italiana e vice‐presidente e Secretário‐Geral da FIFA Ottorino Barassi na sua organização. Porém, para o Torneio Rivadavia de 1953, é registrada nos jornais da época a participação de Ottorino Barassi no recrutamento apenas do representante italiano, que poderia ser Juventus, Internazionale ou Milan (sem haver menções a que ele recrutaria clubes de outros países), o campeão português Sporting Lisboa (campeão português em 1951, 1952 e 1953) fez um "tour de force", não querendo perder nem a Copa Latina nem o torneio brasileiro, participando de ambas as competições, esse mesmo formato e torneio internacional em que o Palmeiras foi reconhecido a pouco tempo pela FIFA como campeão mundial de 1951, agora em 1957 o titulo mundial Vascaíno é ainda mais explicito.

Torneio Internacional de Paris de 1957, torneio esse organizado claramente para definir qual a maior potencial America x Europa, a imprensa da época observou a natureza intercontinental da disputa final, como uma disputa Rio de Janeiro X Europa: antes da partida entre Vasco e Real Madrid, o jornal Tribuna da Imprensa escreveu: Ambas as equipes estão credenciadas à conquista do rico troféu que está em jogo e representam a força máxima dos dois centros futebolísticos, pois enquanto os vascaínos ostentam o título de campeões cariocas(que era o principal titulo nacional brasileiro e das Américas da época), os espanhóis levam o galhardão de haverem conquistado por duas vezes consecutivas a Taça da Europa.

Ainda no caso da edição de 1957 do Torneio de Paris, um vídeo, com imagens da partida e narrado em francês (atribuído à TV francesa) cita a final entre Vasco e Real Madrid como o jogo entre "a melhor equipe da América do Sul X o campeão europeu" àquela final do Torneio de Paris. (FONTE: https://www.youtube.com/watch?v=BULRdd2n-tE)



A derrota do Real Madrid para o Vasco da Gama teve impacto na imprensa européia, que registrou que a derrota do Real Madrid para o Vasco elevava o nome do futebol brasileiro na Europa, mostrava que "o Real Madrid não era invencível", que "com brasileiros em campo, nada mais existia, nem mesmo o Real Madrid", que "o Real Madrid, campeão da Europa, estava inferior à equipe do Vasco da Gama", e que o Vasco, "representante sul‐americano" naquele torneio, era uma prova de que o futuro do futebol não era a Europa mas sim a América do Sul.

Segundo um dirigente do Vasco da Gama, no Torneio de Paris o clube mostrou ao mundo o que era o verdadeiro futebol brasileiro, o que viria a ser ratificado logo depois na Copa do Mundo de 1958 e que também o Vasco era a base da seleção.

Segundo o jornal Tribuna da Imprensa de 1958, a ideia para a criação da Copa Intercontinental veio de João Havelange e Jacques Goddet, este do jornal L'Equipe. Segundo a matéria, Jacques Goddet era o proprietário e residia no estádio Parc des Princes, onde o Racing Club de Paris mandava suas partidas e onde ocorreu a final do Torneio de Paris de 1957. Obviamente foi tomado como base esse torneio para a criação da Copa Intercontinental.

Lembrando que no mesmo ano o Vasco derrotou o Barcelona por 7x2, marcada na história como a maior goleada sofrida pelo Barcelona em jogos internacionais. Façam me o favor, Vasco da Gama foi imbatível e sem sobras de dúvidas o melhor time do mundo.

FIFA por favor, reconheça o Vasco como BI‐Campeão Mundial, conforme os fatos e a história por si própria diz. Respeitem a história do nosso futebol.

Fonte: https://secure.avaaz.org/po/community_p ... _19531957/
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Online
Avatar do usuário
knaziozeno
Júnior
Júnior
Mensagens: 1006
Registrado em: 22 Set 2016, 11:43

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por knaziozeno » 27 Nov 2019, 12:00

KG_Vasco escreveu:
16 Mar 2019, 18:54
Eu já sustentei a ideia de dizer que o Vasco é bicampeão da Libertadores considerando esse título de 48, mas hoje eu já prefiro a ideia de tratar o Sul-Americano como ele é, porque a Conmebol já o definiu como um título de nível de Libertadores e é um título que só o Vasco tem.

Quanto ao Torneio de Paris de 57, eu acho que o clube poderia tentar um reconhecimento junto à FIFA, mas sem ficar nesse desespero de tentar fazer todo mundo reconhecer como Mundial a qualquer custo, como o Palmeiras fez na época, até porque foi isso que deu motivo pras piadas. Tenta o reconhecimento. Se aceitarem, ótimo. Se não aceitarem, paciência. Não é saudável para a imagem do clube ficar insistindo.
É exatamente isso. Somos bi-campeões continentais, não bi da Libertadores.
Da mesma forma que somos campeões também do torneio B do continente, mesmo nunca tendo ganhado uma Sulamericana.
Competições mudam de nome. O que vale é o título (o que ganhar àquela competição te torna). E nós fomos duas vezes melhor da América.

Sobre o Torneio de Paris, eu tenho dúvidas se um dia ele será reconhecido. São fatos: enfrentamos o campeão europeu, e éramos donos do título de campeão sulamericano (pelo torneio de 1948). A única coisa falha aí é a origem do torneio. Bem ou mal, era um torneio com mais caráter amistoso do que uma competição com a finalidade de definir o melhor do mundo. Mas, como na prática a disputa acabou se tornando a mesma de um mundial, existe a chance.
Só que sendo bem sincero, eu meio que prefiro o pioneirismo de ser o primeiro não europeu a bater o campeão europeu, do que cagar goma de vencer a copa Toyota.
And everything under the sun is in tune, but the sun is eclipsed by the moon.

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2950
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por GilsonVGPR » 27 Nov 2019, 13:24

knaziozeno escreveu:
27 Nov 2019, 12:00
KG_Vasco escreveu:
16 Mar 2019, 18:54
Eu já sustentei a ideia de dizer que o Vasco é bicampeão da Libertadores considerando esse título de 48, mas hoje eu já prefiro a ideia de tratar o Sul-Americano como ele é, porque a Conmebol já o definiu como um título de nível de Libertadores e é um título que só o Vasco tem.

Quanto ao Torneio de Paris de 57, eu acho que o clube poderia tentar um reconhecimento junto à FIFA, mas sem ficar nesse desespero de tentar fazer todo mundo reconhecer como Mundial a qualquer custo, como o Palmeiras fez na época, até porque foi isso que deu motivo pras piadas. Tenta o reconhecimento. Se aceitarem, ótimo. Se não aceitarem, paciência. Não é saudável para a imagem do clube ficar insistindo.
É exatamente isso. Somos bi-campeões continentais, não bi da Libertadores.
Da mesma forma que somos campeões também do torneio B do continente, mesmo nunca tendo ganhado uma Sulamericana.
Competições mudam de nome. O que vale é o título (o que ganhar àquela competição te torna). E nós fomos duas vezes melhor da América.

Sobre o Torneio de Paris, eu tenho dúvidas se um dia ele será reconhecido. São fatos: enfrentamos o campeão europeu, e éramos donos do título de campeão sulamericano (pelo torneio de 1948). A única coisa falha aí é a origem do torneio. Bem ou mal, era um torneio com mais caráter amistoso do que uma competição com a finalidade de definir o melhor do mundo. Mas, como na prática a disputa acabou se tornando a mesma de um mundial, existe a chance.
Só que sendo bem sincero, eu meio que prefiro o pioneirismo de ser o primeiro não europeu a bater o campeão europeu, do que cagar goma de vencer a copa Toyota.
Quando criei o tópico, tive o cuidado (e algum trabalho) na hora de escolher o título.

Minha intenção não era trazer à baila a discussão sobre o reconhecimento oficial, se a conmebol ou a fifa consideram ou devem considerar, essa discussão seria consequência do debate.

Eu quis na verdade mostrar o contexto histórico, lembrar que o Sul-Americano de Clubes Campeões de 1948 serviu de inspiração para a criação da Taça dos Clubes Campeões Europeus ou Copa dos Clubes Campeões Europeus (antecessora da atual UCL Uefa Champions League), além da própria Libertadores, e que o Torneio Internacional de Paris de 1957 serviu de inspiração para a criação da Copa Intercontinental, ou seja, o Vasco ganhou as competições que deram origem às maiores competições de clubes do mundo que existem atualmente. Por isso essas conquistas são precursoras.

Quanto ao Torneio de Paris de 1957, não confundamos com o Torneio Octogonal Rivadávia Meyer de 1953 (que o Vasco também ganhou, após Palmeiras em 1951 e Fluminense em 1952, inclusive teve um reconhecimento do título do Palmeiras), são situações parecidas (ambos torneios internacionais de caráter intercontinental), mas, são contextos diferentes, como escrevi no parágrafo anterior.

Antes de qualquer reconhecimento externo, é necessário o conhecimento e o reconhecimento interno, a torcida conhecer e reconhecer.

Quanto a (se acontecer) um reconhecimento externo, não precisamos que seja dito que foi mundial, mas, tão somente que o Vasco foi campeão do Torneio Internacional de Paris de 1957, coloca a história junto com o título, e quem souber ler e interpretar, vai entender, quem não quiser entender, paciência.
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Online
Alexandre Campos
Júnior
Júnior
Mensagens: 3092
Registrado em: 03 Dez 2016, 14:28

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Alexandre Campos » 27 Nov 2019, 13:28

Quero ganhar os atuais.

E vamos.

Avatar do usuário
Us The Change
Promessa
Promessa
Mensagens: 417
Registrado em: 04 Mai 2017, 13:57

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Us The Change » 27 Nov 2019, 13:42

O Sulamericano de 48 sempre será o melhor título continental que poderíamos ter. Um privilégio único ser o primeiro club campeão continental do mundo da bola.
Torneio de Paris foi amistoso, infelizmente nunca será reconhecido como deveria ser. Acho muito mais legal que a Rivadávia (que acaba por ser um intercontinental oficial), porque batemos no maior Real de todos os tempos no auge. O q o time de 57 fez foi digno de melhor time do Mundo!
La Maquina fue VASCO!

Um clube lutou contra o racismo e escreveu a Resposta Histórica, os outros a receberam.

Gu1 CRVG
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 644
Registrado em: 02 Dez 2017, 18:43
Localização: Rio de Janeiro

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Gu1 CRVG » 27 Nov 2019, 14:08

Então somos tri campeões sul-americanos e campeões da Libertadores, correto?

Online
Avatar do usuário
knaziozeno
Júnior
Júnior
Mensagens: 1006
Registrado em: 22 Set 2016, 11:43

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por knaziozeno » 27 Nov 2019, 14:09

GilsonVGPR escreveu:
27 Nov 2019, 13:24
knaziozeno escreveu:
27 Nov 2019, 12:00
KG_Vasco escreveu:
16 Mar 2019, 18:54
Eu já sustentei a ideia de dizer que o Vasco é bicampeão da Libertadores considerando esse título de 48, mas hoje eu já prefiro a ideia de tratar o Sul-Americano como ele é, porque a Conmebol já o definiu como um título de nível de Libertadores e é um título que só o Vasco tem.

Quanto ao Torneio de Paris de 57, eu acho que o clube poderia tentar um reconhecimento junto à FIFA, mas sem ficar nesse desespero de tentar fazer todo mundo reconhecer como Mundial a qualquer custo, como o Palmeiras fez na época, até porque foi isso que deu motivo pras piadas. Tenta o reconhecimento. Se aceitarem, ótimo. Se não aceitarem, paciência. Não é saudável para a imagem do clube ficar insistindo.
É exatamente isso. Somos bi-campeões continentais, não bi da Libertadores.
Da mesma forma que somos campeões também do torneio B do continente, mesmo nunca tendo ganhado uma Sulamericana.
Competições mudam de nome. O que vale é o título (o que ganhar àquela competição te torna). E nós fomos duas vezes melhor da América.

Sobre o Torneio de Paris, eu tenho dúvidas se um dia ele será reconhecido. São fatos: enfrentamos o campeão europeu, e éramos donos do título de campeão sulamericano (pelo torneio de 1948). A única coisa falha aí é a origem do torneio. Bem ou mal, era um torneio com mais caráter amistoso do que uma competição com a finalidade de definir o melhor do mundo. Mas, como na prática a disputa acabou se tornando a mesma de um mundial, existe a chance.
Só que sendo bem sincero, eu meio que prefiro o pioneirismo de ser o primeiro não europeu a bater o campeão europeu, do que cagar goma de vencer a copa Toyota.
Quando criei o tópico, tive o cuidado (e algum trabalho) na hora de escolher o título.

Minha intenção não era trazer à baila a discussão sobre o reconhecimento oficial, se a conmebol ou a fifa consideram ou devem considerar, essa discussão seria consequência do debate.

Eu quis na verdade mostrar o contexto histórico, lembrar que o Sul-Americano de Clubes Campeões de 1948 serviu de inspiração para a criação da Taça dos Clubes Campeões Europeus ou Copa dos Clubes Campeões Europeus (antecessora da atual UCL Uefa Champions League), além da própria Libertadores, e que o Torneio Internacional de Paris de 1957 serviu de inspiração para a criação da Copa Intercontinental, ou seja, o Vasco ganhou as competições que deram origem às maiores competições de clubes do mundo que existem atualmente. Por isso essas conquistas são precursoras.

Quanto ao Torneio de Paris de 1957, não confundamos com o Torneio Octogonal Rivadávia Meyer de 1953 (que o Vasco também ganhou, após Palmeiras em 1951 e Fluminense em 1952, inclusive teve um reconhecimento do título do Palmeiras), são situações parecidas (ambos torneios internacionais de caráter intercontinental), mas, são contextos diferentes, como escrevi no parágrafo anterior.

Antes de qualquer reconhecimento externo, é necessário o conhecimento e o reconhecimento interno, a torcida conhecer e reconhecer.

Quanto a (se acontecer) um reconhecimento externo, não precisamos que seja dito que foi mundial, mas, tão somente que o Vasco foi campeão do Torneio Internacional de Paris de 1957, coloca a história junto com o título, e quem souber ler e interpretar, vai entender, quem não quiser entender, paciência.
Sim. Acho que esse tópico é extremamente importante. Outro dia tava conversando com um amigo varmenguista e, trouxe a pauta do sulamericano de 48. Segundo ele, eu era o único Vascaíno que sabia da existência desse título, e o único que falava sobre ele. Inclusive, (segundo ele) ele comentou com um outro amigo Vascaíno, que disse que eu era maluco em afirmar que o Vasco era bi-campeão continental (ironicamente, quando informei que pra ele invalidar meu continental, ele teria que invalidar o suposto nacional de 87 dele [não foi criado por uma confederação, não foram convidados todos os clubes campeões do continente/estaduais, foi um torneio mais curto que o comum], ele desconversou e fez a tática do pombo enxadrista).
Ou seja, como a imprensa só destaca conquistas futebolísticas pós-1980 (que coincidência, não é mesmo?), muitos dos nossos não possuem ciência da própria história.
And everything under the sun is in tune, but the sun is eclipsed by the moon.

Avatar do usuário
Gustavo Queiroz
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 698
Registrado em: 30 Dez 2015, 20:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Gustavo Queiroz » 27 Nov 2019, 17:55

knaziozeno escreveu:
27 Nov 2019, 12:00
KG_Vasco escreveu:
16 Mar 2019, 18:54
Eu já sustentei a ideia de dizer que o Vasco é bicampeão da Libertadores considerando esse título de 48, mas hoje eu já prefiro a ideia de tratar o Sul-Americano como ele é, porque a Conmebol já o definiu como um título de nível de Libertadores e é um título que só o Vasco tem.

Quanto ao Torneio de Paris de 57, eu acho que o clube poderia tentar um reconhecimento junto à FIFA, mas sem ficar nesse desespero de tentar fazer todo mundo reconhecer como Mundial a qualquer custo, como o Palmeiras fez na época, até porque foi isso que deu motivo pras piadas. Tenta o reconhecimento. Se aceitarem, ótimo. Se não aceitarem, paciência. Não é saudável para a imagem do clube ficar insistindo.
É exatamente isso. Somos bi-campeões continentais, não bi da Libertadores.
Da mesma forma que somos campeões também do torneio B do continente, mesmo nunca tendo ganhado uma Sulamericana.
Competições mudam de nome. O que vale é o título (o que ganhar àquela competição te torna). E nós fomos duas vezes melhor da América.

Sobre o Torneio de Paris, eu tenho dúvidas se um dia ele será reconhecido. São fatos: enfrentamos o campeão europeu, e éramos donos do título de campeão sulamericano (pelo torneio de 1948). A única coisa falha aí é a origem do torneio. Bem ou mal, era um torneio com mais caráter amistoso do que uma competição com a finalidade de definir o melhor do mundo. Mas, como na prática a disputa acabou se tornando a mesma de um mundial, existe a chance.
Só que sendo bem sincero, eu meio que prefiro o pioneirismo de ser o primeiro não europeu a bater o campeão europeu, do que cagar goma de vencer a copa Toyota.
Perfeito, knaziozeno. Penso da mesma forma.
Imagem

Sidrom
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 546
Registrado em: 01 Jan 2016, 16:37

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Sidrom » 27 Nov 2019, 22:44

Eu sou meio sonhador, pra mim o título de 48 deveria ser considerado Libertadores, com placa na taça e número 2 na camisa dos jogadores na competição. É direito nosso, enquanto isso nao existir ninguém da imprensa ou do mundo do futebol vai nos considerar bi da liberatdores. Tem que se mexer politicamente de todas as formas (CBF, Conmebol, etc.) e acertar isso de um vez por todas. Pode parecer besteira mas isso muda o patamar do clube.

Sidrom
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 546
Registrado em: 01 Jan 2016, 16:37

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Sidrom » 27 Nov 2019, 22:49

As copas Toyota, taças Brasil com 4 jogos e disputadas 2 vezes no ano não viraram mundial e brasileiro respectivamente? Pq o sul americano de 48 não pode virar Libertadores pura com placa e menção da Conmebol?

Bacurau
Júnior
Júnior
Mensagens: 1934
Registrado em: 02 Jan 2017, 20:46

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Bacurau » 27 Nov 2019, 23:21

Não penso que o título de 1948 perca qualquer importância ou "peso" por não ser Libertadores. Basta dizer que disputamos a última edição da Supercopa em 1997 que reunia todos os campeões continentais até então.

Este assunto só ganhou mesmo intensidade após a CBF reconhecer os títulos da antiga Taça Brasil e Roberto Gomes Pedrosa como campeonatos brasileiros. Competições diferentes mas também não menos meritórias.

pai santana
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 602
Registrado em: 03 Jan 2016, 16:30

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por pai santana » 27 Nov 2019, 23:41

Não entendi esta reportagem. Segundo o cara, a Conmebol considera que o Vasco tem 2 taças internacionais. Procurei no site e não achei. Diretoria tem que olhar isso.

https://blogdorafaelreis.blogosfera.uol ... a-ranking/

Avatar do usuário
Paz /+/
Júnior
Júnior
Mensagens: 1551
Registrado em: 06 Fev 2017, 14:47

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Paz /+/ » 28 Nov 2019, 00:15

pai santana escreveu:
27 Nov 2019, 23:41
Não entendi esta reportagem. Segundo o cara, a Conmebol considera que o Vasco tem 2 taças internacionais. Procurei no site e não achei. Diretoria tem que olhar isso.

https://blogdorafaelreis.blogosfera.uol ... a-ranking/
Quando a CONMEBOL colocou o Vasco na Supercopa de 97, ela considerou isso.
"Eu já lutei por negros e operários"
A História do meu Vasco é de respeito e luta social!


Deu a todos de Sua plenitude e Graça sobre Graça. ♥

Online
Avatar do usuário
TheBeatles
Júnior
Júnior
Mensagens: 2707
Registrado em: 01 Jan 2016, 21:43
Localização: Niterói

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por TheBeatles » 28 Nov 2019, 01:17

Quando dizem q o Vasco é bi da libertadores, discordo, é MUITO mais q uma libertadores esse o Sulamericano de 48. Reconhecimento de competição de mesmo patamar a conmebol fez ao nos colocar na supercopa de 97, ponto, isso não se discute.
Porém a importância de se ganhar o torneio de 48 é muito maior, é simplesmente o primeiro torneio de clubes a nível continental na história do futebol, inspirou todos os seguintes, incluindo a liga dos campeões da europa. O Vasco é o primeiro clube do mundo a ter um título continental, ainda de forma invicta. Pra mim esse negócio de colocar plaquinha com 2 é o de menos, deviam msm é ter colocado, no ano passado qquando jogamos a libertadores, num ombro o patch com 1 libertadores e no outro o troféu de 48, o Condor, com um 48 embaixo, isso sim. Pra mim é um dos títulos mais importantes do Vasco, sem sombra de dúvidas e com ctz o de maior orgulho.
Imagem

Avatar do usuário
GilsonVGPR
Júnior
Júnior
Mensagens: 2950
Registrado em: 31 Dez 2015, 12:13
Localização: Campos dos Goyta City - RJ

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por GilsonVGPR » 28 Nov 2019, 12:25

TheBeatles escreveu:
28 Nov 2019, 01:17
Quando dizem q o Vasco é bi da libertadores, discordo, é MUITO mais q uma libertadores esse o Sulamericano de 48. Reconhecimento de competição de mesmo patamar a conmebol fez ao nos colocar na supercopa de 97, ponto, isso não se discute.
Porém a importância de se ganhar o torneio de 48 é muito maior, é simplesmente o primeiro torneio de clubes a nível continental na história do futebol, inspirou todos os seguintes, incluindo a liga dos campeões da europa. O Vasco é o primeiro clube do mundo a ter um título continental, ainda de forma invicta. Pra mim esse negócio de colocar plaquinha com 2 é o de menos, deviam msm é ter colocado, no ano passado qquando jogamos a libertadores, num ombro o patch com 1 libertadores e no outro o troféu de 48, o Condor, com um 48 embaixo, isso sim. Pra mim é um dos títulos mais importantes do Vasco, sem sombra de dúvidas e com ctz o de maior orgulho.
Esse trecho do seu texto em negrito é mais um argumento forte.

O Vasco conquistou o 1º título do futebol brasileiro (seja de clube ou seleção) no exterior (Sul-Americano de Clubes Campeões de 1948).

Se houvesse um julgamento, e nós Vascaínos atuássemos como advogados de defesa, teríamos vários argumentos para demonstrar a importância do Sul-Americano de Clubes Campeões de 1948.
𝒞. 𝑅. 𝒱𝒜𝒮𝒞𝒪 𝒟𝒜 𝒢𝒜𝑀𝒜 -> 𝒞𝒪𝒩𝒬𝒰𝐼𝒮𝒯𝒪𝒰: 𝒮𝒰𝐿-𝒜𝑀𝐸𝑅𝐼𝒞𝒜𝒩𝒪 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮 𝒞𝒜𝑀𝒫𝐸𝒪̃𝐸𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟦𝟪 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒯𝒜Ç𝒜 𝐿𝐼𝐵𝐸𝑅𝒯𝒜𝒟𝒪𝑅𝐸𝒮 𝒟𝒜 𝒜𝑀𝐸́𝑅𝐼𝒞𝒜 𝐸 𝒟𝒜 𝒰𝐸𝐹𝒜 𝒞𝐻𝒜𝑀𝒫𝐼𝒪𝒩𝒮 𝐿𝐸𝒜𝒢𝒰𝐸). | 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒩𝒜𝒞𝐼𝒪𝒩𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒫𝒜𝑅𝐼𝒮 𝒟𝐸 𝟣𝟫𝟧𝟩 (𝒫𝑅𝐸𝒞𝒰𝑅𝒮𝒪𝑅 𝒟𝒜 𝒞𝒪𝒫𝒜 𝐼𝒩𝒯𝐸𝑅𝒞𝒪𝒩𝒯𝐼𝒩𝐸𝒩𝒯𝒜𝐿 / 𝒯𝒪𝑅𝒩𝐸𝐼𝒪 𝑀𝒰𝒩𝒟𝐼𝒜𝐿 𝒟𝐸 𝒞𝐿𝒰𝐵𝐸𝒮). 𝒞𝒪𝒩𝐹𝐼𝑅𝒜 𝒜𝒬𝒰𝐼.

Avatar do usuário
Gustavo Queiroz
Juvenil
Juvenil
Mensagens: 698
Registrado em: 30 Dez 2015, 20:42
Localização: Rio de Janeiro

Re: SUL-AMERICANO DE 1948 E TORNEIO PARIS DE 1957 – CONQUISTAS PRECURSORAS

Mensagem por Gustavo Queiroz » 07 Dez 2019, 13:21

Pra mim o Vasco tinha que manter apenas 1 estrela sob a Cruz de Malta, em alusão à conquista do Sul-americano. Somos o primeiro campeão da América, não troco isso nem por 5 Libertadores.
Imagem

Responder

Voltar para “História do Vasco”